Testemunha de processo contra o dono da Gol é baleada

João Marques dos Santos foi atingido por três tiros quando saía de casa, em Águas Lindas (GO), na sexta-feira (18). O crime aconteceu a dez dias antes dele prestar depoimento contra Nenê Constantino.

João Marques dos Santos levou três tiros na última sexta-feira. Ele foi atingido assim que saiu no portão de casa, em Águas Lindas, Goiás. João é ex-funcionário do fundador da Gol, Nenê Constantino, e é a principal testemunha contra ele num processo em que o empresário é acusado de homícidio.

João Marques seria ex-pistoleiro de Nenê Constantino, e teria participado do assassinato de duas pessoas a mando dele. Uma dessas pessoas era o líder comunitário Márcio Leonardo Brito. Ele teria participado da invasão de um terreno de Nenê Constantino.

Segundo a polícia, João Marques não corre risco de vida. O depoimento dele está marcado para 1º de março.

http://g1.globo.com/jornal-da-globo/noticia/2011/02/testemunha-de-processo-contra-o-dono-da-gol-e-baleada.html

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome