O olhar de Sophia, por Jota A. Botelho


As duas atrizes na festa em Beverly Hills, Hollywood, 1957.
 

O olhar de Sophia, por Jota A. Botelho

Em 1957 a jovem e morena estrela ascendente Sophia Loren chega a Hollywood, e numa festa promovida pelo estúdio Paramount ela encontra a nova pretensão do Star System de criar uma impossível rival para Marilyn Monroe, a loura Jayne Mansfield, ela então observa o seu generoso decote e o seu olhar parece reprovador. Mas terá sido isso que a atriz italiana sentiu naquele momento? Sessenta anos depois, a grande diva do cinema italiano nos explica o motivo daquele olhar, cuja fotografia se tornou um ícone do cinema.

https://www.youtube.com/watch?v=_5csuJCt9As align:center]

SOPHIA LOREN E JAYNE MANSFIELD

 

Cerca de seis décadas depois, Sophia Loren conta, finalmente, a história desta foto. E de seu olhar. Hoje, com mais de 80 anos, Loren confirma, numa entrevista recente para a Entertainment Weekly que, sim, estava mesmo disposta a revelar o motivo. Sophia acabara de chegar aos EUA, depois de assinar um contrato com a Paramount. “Então, o estúdio de cinema decidira fazer uma enorme festa de boas-vindas e Jayne Mansfield estava na lista de convidados. Aquela que era considerada a rival de Marilyn Monroe foi a última a chegar”, recorda Sophia Loren.

Em abril de 1957, a Paramount, um dos principais estúdios de cinema de Hollywood, tinha-lhe organizado uma festa no Restaurante Romanoff, 240 South Rodeo Drive. A atriz italiana estava sentada na mesa com o ator Clifton Webb e a colunista de fofocas Louella Parsons. Todas as figuras mais importantes do cinema também estavam lá. E depois apareceu Jayne Mansfield, a última a chegar. Dirigiu-se de imediato para a mesa de Loren.

Leia também:  Samba do Sol celebra cinco anos de festas na Casa das Caldeiras

Segundo a própria Sophia, Jayne sabia que todos estavam observando e o inclinamento foi absolutamente intencional e tornou-se a característica de um notório furto publicitário destinado a desviar a atenção da estrela italiana. A imprensa apelidou de ‘The Battle of the Bulge’. Em um ponto, ela se inclinou sobre a mesa, permitindo que seus seios deslizassem pelo decote abaixo, expondo os mamilos. De onde Sophia estava sentada, ela tinha uma visão total da extravagância de Jayne.

Jayne Mansfield, que foi também uma das primeiras mulheres a posar para a Playboy, e seus acidentes públicos, cuidadosamente realizados, tornaram-se uma recorrência bastante esperada. No entanto, ela percorreu um longo caminho até que as proeminências de seus seios lhes permitissem ganhar algum protagonismo no cinema. E foi só, nada mais.

Apesar de Sophia Loren, ainda naquela noite, ter sido fotografada sorrindo ou divertindo com Mansfield, a sua mente continuava à atraiçoá-la, sempre focada no enorme decote do vestido da atriz. “Podem até existir outras fotos, mas esta em particular, espelha o que sucedeu. É a única que consegue revelar os motivos daquele olhar”. Mansfield se aproximou cordialmente de Sophia Loren, apertou sua mão e depois chegaram os fotógrafos que se aglomeravam em torno da mesa. E dispararam, enquanto a atriz se sentava à mesa de Sophia Loren, capturando algumas vezes seus olhares furtivos nos seios expostos de Jayne Mansfield.

Uma noite que deveria ter brilho nos holofotes sobre Sophia Loren foi roubada pela “nova rainha” sem talento algum. Já ouvimos o velho ditado – “se os olhares pudessem matar” – mas, afinal, nesta fotografia, o que Sophia Loren estava realmente pensando naquele momento?

Leia também:  Um show de cultura popular para Darcy Ribeiro com Arismar do Espírito Santo e convidados

Durante décadas perguntávamos o que passaria pela cabeça de Sophia Loren no momento em que a foto, aquela fotografia foi tirada: a de Loren olhando pouco discretamente (não há discrição possível com paparazzi por perto) para o decote da voluptuosa Jayne Mansfield?

https://www.youtube.com/watch?v=K5EyK2GBfq0 align:center]

Finalmente, sabemos agora. A atriz de apenas 23 anos à época, nascida em Roma e que viveu a infância em Pozzuoli, nos arredores de Nápoles, contou o que lhe passava pela cabeça: “Veja a foto. Onde estão os meus olhos? Estou olhando para os mamilos dela porque estava com medo que viessem parar no meu prato. Consegue ver o medo no meu rosto. Estava cheia de medo de que tudo no seu vestido pudesse se rebentar, explodir – Boom! – e que se derramasse pela mesa, sobre o meu prato”, revelou então a atriz já octogenária.

Mistério desfeito. Não, não era inveja. Era medo. A fotografia icônica tomada por Delmar Watson não era um momento capturado de comparações, disputas ou ciúmes de duas atrizes em ascensão em Hollywood.

Loren recorda-se que há outras fotografias das duas estrelas naquela noite, mas a mais emblemática é a que se tornou conhecida. “Pode haver outras fotos, mas esta é a imagem. Esta é a que mostra como foi. É a única imagem. Na verdade, muitas, muitas vezes me dão esta foto para autografar. E eu nunca a faço. Eu não quero ter nada a ver com isso. E também por respeito à Jayne Mansfield, porque ela já não está mais conosco”, explicou Sophia, a certa altura da entrevista de sua casa na Suíça.

Leia também:  Samba do Sol celebra cinco anos de festas na Casa das Caldeiras

Na verdade, pode ser o olhar mais famoso na história dos paparazzis: Sophia Loren, a beleza italiana da festa de Beverly Hills, projetada em seu batismo de Hollywood. A fotografia que captou o olhar sério de Loren para uma Mansfield alegre e descontraída tornou-se um ícone e é daquelas imagens emblemáticas perfeitas para aumentar o faturamento da indústria cinematográfica norte-americana

MOMENTOS CINEMATOGRÁFICOS DE SOPHIA LOREN E JAYNE MANSFIELD

FILMES: Sophia Loren no filme “Começou em Nápoles” (It Started in Naples, 1960)  / Jayne Mansfield no filme “Primitive Love” (1964)

[video:https://www.youtube.com/watch?v=ASTMYNJw9Wg align:center

FILMES: Sophia Loren no filme “Ontem, Hoje e Amanhã” (Ieri, Oggi, Domani, 1963) / Jayne Mansfield no filme “Primitive Love” (1964)

[video:https://www.youtube.com/watch?v=VdfDI_CqVsQ align:center
___

Referências em diversos sites & blogs pela internet afora.
Digite no ‘papai’ Google: “F
otografia de Sophia Loren e Jayne Mansfield”.
___

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

8 comentários

  1. De fato, Jane Mansfield

    De fato, Jane Mansfield chegou parecendo tanto Marily Monroe que dava pra confundir. Foi considera a artistas dos maiores peitos de Hollihood. As duas loiras foram tão importantes quanto Brigite Bardo: belas, porém sem o talento artístico que se espera de uma atriz. Diferente de Sophia, que rendeu muitos lucros à indústria cinematográfica por sua beleza extravagante, mais sensual entre tantas de sua época, que soube desempenhar diversos personagens, mostrando sua capacidade brilhante ao lado dos ícones do seu tempo.

    Ao ver os seios da loira, comparado ao de Sophia, penso que naquela foto ainda não teria a italiana se submetido a uma plástica de mamas. Nos anos 60 era comum ouvir dizer no Rio que Pitangui recebeu fortunas sendo contratado pelas grandes atrizes para fazer as plásticas no Extrangeiro. E os nomes de Sophia e de Gina Lolobrígida eram os mais citados como clientes do Patrimônio brasileiro. 

    Mais é de admirar que aquelas mulheres belíssimas do cinema não recorreram a nenhum tratamento para serem divinas. A cintura fina se obtinha à base de muito sofrimento com os espartilhos das avós. Foi a Natureza que as fez assim, e a diferença entre elas e as mulheres de agora são inumeráveis. Difícil ver uma estrela de hoje tão natural, e considerada das mais lindas, sem artifícios, como Giselle Bundtchen.

    Por fim, a resposta de Sophia às especulações não poderia ser outra, afinal ela é elegante em todos os sentidos. 

  2. Jayne Mansfield era uma atriz

    Jayne Mansfield era uma atriz sem talento mas bem que os mamilos dela poderiam ter caido no meu prato ! Mas se não acerto nem em mega sena como almejar tanta sorte ?

  3. Não há comparação entre a

    Não há comparação entre a densidade artistica de Sophia Loren e a figuração bem mais modesta de Mansfield. Sophia é atriz

    de dois mundos, atuou em Hollywood e no auge do cinema italiano, Mansfield era apenas uma tipica americana.

  4. “Senhoras e senhores, aqui

    “Senhoras e senhores, aqui estao elas:  Jayne Manshield”…  Carson em uma de suas tiradas mais famosas.

  5. A explicação é interessante e

    A explicação é interessante e pelo resto da noite, ela pode mesmo ter ficado angustiada com aquele vestido apertado e os seios a mostra. Mas o olhar imortalizado nessa foto nos diz que Sophia estava escandalizada e meio despeitada 🙂  com o “comportamento” da americana. E a outra fez de proposito ::))

  6. A loira americana por excelência

    foi Marilyn Monroe, indiscutível. Grande atriz, grande cantora e grande dançarina. Usada e abusada pela indústria cinematográfica pela sua ingenuidade, despreparo e problemas emocionais, que ganharam uma fortuna com a sua beleza escultural, sem nunca lhe atribuir o devido valor. Ela fez escolhas altamente explosivas: sexo, drogas e poder (os Kennedy). Terminou pobre e com um final trágico. 

    Filme: Marilyn Monroe, Some Like It Hot (Quanto Mais Quente Melhor, 1959), de Billy Wilder.

    [video:https://www.youtube.com/watch?v=C1pZzNbAutE align:center]

    Quanto à Jayne Mansfield, que morreu num acidente trágico, coitada, perto de Sophia Loren, nem os mamilos. Sophia Loren estava, sim, era escandalizada com a vulgaridade. Abaixo cenas de La Ciocara (Duas Mulheres, 1960), de Vittorio De Sica, talvez seu melhor filme, mas sem dúvida sua melhor interpretação, com um merecido Oscar.

    [video:https://www.youtube.com/watch?v=yDDrJMq6HpM align:center]

    Marilyn, Jayne & Sophia: As incomparáveis

    Filmes: Marilyn Monroe, O Fim dos Dias (Something’s Got to Give,1962), Jayne Mansfield, Promessas! Promessas! (Promises! Promises!, 1963) & Sophia Loren, Duas Noites com Cleópatra (Due Notti con Cleopatra, 1953, um dos seus primeiros filmes como protagonista).

    [video:https://www.youtube.com/watch?v=TUcVkYC0vcM align:center]
    ___

     

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome