A Seleção do Ano, por João Sucata

A Seleção do Ano

por João Sucata

Escolhidos por algumas dezenas de jornalistas esportivos, já temos a seleção dos melhores do ano no campeonato brasileiro: Vanderlei (Santos), Fágner (Corinthians), Geromel (Grêmio), Balbuena (Corinthians) e Guilherme Arana (Corinthians); Arthur (Grêmio), Bruno Silva (Botafogo), Hernanes (São Paulo) e Thiago Neves (Cruzeiro); Dourado (Fluminense) e Jô (Corinthians).

São quatro do Timão e dois do Grêmio, mais da metade; depois temos  Santos, Cruzeiro, São Paulo e Botafogo e  Fluminense com um cada entre os mais votados.  Seis jogando tem times paulistas, dois  em gaúchos, dois em cariocas, um em Minas. Por coincidência, a maioria dos jornalistas é paulista; o grande derrotado é o Rio, que antes que duas décadas atrás batia ou rivalizava com São Paulo.

Palmeiras, Flamengo e Atlético, os que mais gastaram com contratações e manutenção de jogadores, não tiveram um único escolhido como titular. Haja incompetência no contratar ou fazer jogar.

Jô foi considerado o craque do ano, superando Artur, do Grêmio, o que nos parece injusto. Olho no Arthur, ele vai longe. Claro que Jô tem méritos, e talvez tenha sido uma boa escolha por ter ele 30 anos; caso raro de alguém se destacar nessa idade, como se fosse um jovem talento.  Não faltarão prêmios ao jovem Arthur.

Quanto ao técnico, foi escolhido o Fabio Carrile, do Timão, superando em muito o Renato Gaúcho. Também não há nenhum disparate, exceto pela diferença imensa de votos. Renato fez milagre com o time do Grêmio.

SELEÇÃO DA FIFA: TRÊS BRASILEIROS, E NENHUM ARGENTINO.

A FIFA também divulgou sua seleção do ano :Buffon (Juventus), Daniel Alves (PSG), Sergio Ramos (Real Madrid), Bonucci (Milan) e Marcelo (Real Madrid),; Modric (Real Madrid), Kroos (Real Madrid) e Iniesta (Barcelona); Neymar (PSG), Messi (Barcelona) e Cristiano Ronaldo (Real Madrid)

O Real tem cinco, um exagero, o júri parece que não conhece a Premier League, deve ter maioria espanhola. Buffon recebe justa homenagem, próximo da aposentadoria; Daniel Alves está dando uma lição nos cartolas do Barcelona, que não quiseram recontratá-lo. No total são três brasileiros, e nenhum argentino.

SELEÇÃO BRASILEIRA IDEAL

Também é o momento de aparecerem as seleções brasileiras ideais. As que tem sido  eleitas por jornais e jornalistas são compostas por jogadores que jogam nos campeonatos de países europeus, totalmente feita de craques exportados. Nenhuma surpresa, afinal, o sujeito mal se destaca e já é vendido aos times do Velho Mundo.  Alguns acabam indo sem mesmo se destacar. Justo pois, como faz Juca Kfouri, considerar o brasileiro um campeonato de segunda divisão em termos mundiais, contrastando com a atual seleção, que é a melhor do mundo, mas, claro, por trazer os craques de volta quando vai jogar.

COPA DOS CAMPEÕES DA EUROPA

Sem jogos interessantes no país, mais que nunca, é hora de ver os jogos dos campeonatos dos países europeus e a Copa dos Campões, que está apresentando embates espetaculares, envolvendo PSG, Bayern de Munique, Real, Barça, Juventus, os times do disputado campeonato inglês. Praticamente todos têm um  ou mais craques brasileiros. O invicto Manchester City, que venceu neste domingo o Manchester United, 2 x 1, no campo deste (o que não conseguia há 40 anos), tem três deles como titulares: Ederson (goleiro), Fernandinho e Gabriel Jesus.

 

João Sucata

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

5 comentários

  1. A seleção do Ano….

    Na Defesa, atrás das quatro linhas, num esquema fechadinho tipo 4X4X2 : Andrés, J. Hawilla, R. Teixeira, Marin. Noutro quadradinho: Marcelo Campos Pinto,  Del Nero, Perrella, Kleber Leite. No ataque, só esperando a bola chegar, no banheirinho que é coletivo não individual: Picciani e Vicente Cândido. Comissão Técnica: Zveiter, Schmidt, Cel. Marinho..Reservas Carlos Artur Nuzmman, Eurico Miranda….’A Taça do Mundo é Nossa….Com esta máfia não há quem possa..Eheta!! Esquadrilhão de Ouro…Só que FBI vai dar no couro !!!!! Pocilga Latrinense FC. Nesse quesito somos Campeões. 

  2. MIOPIA NA ESCOLHA DOS MELHORES DO BRASILEIRÃO

    A imprensa esportiva sulista é míope. Não enxergaram Jean, goleiro do Bahia, tampouco Renê Júnior. Estivessem esses jogadores no São Paulo e no Corinthians e certamente eles teriam sido escohidos os melhores de sua posição.

    O Brasil é maior que o Sudeste! Se não entenderem isso, o futebol brasileiro continuará no patamar em que está. E não me venham justificá-lo tomando como referência o ótimo trabalho de Tite – uma bolha, que mais cedo ou mais tarde vai estourar e não será por culpa dele.

     

     

  3. Então, mesmo que o

    Então, mesmo que o Corinthians tenha dominado o campeonato de cabo a rabo, só foi campeão pelo esquema “pega-ratão”, ou seja, a defesa vai até o meio do campo e, de lá, chuta pra dentro da área: salve-se quem puder. Pois, na tal “seleção” não aparece nenhum corinthiano meio campista. Haja paciência.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome