Tricolor do Morumba vence Timão e encosta no Flamengo, por João Sucata

Tricolor do Morumba vence Timão e encosta no Flamengo

por João Sucata

O Tricolor Paulista convenceu na vitória contra o Timão, 3 x 1, no Morumbi, neste sábado, ainda que se considere a ajuda dada pelo goleiro Cassio, culpado por dois dos gols sãopaulinos. Nenê no meio de campo do Tricolor foi o herói do jogo, o velhote (37) ainda joga muito.  Do lado corintiano o que se viu foi uma grave fragilidade, pouca eficiência tanto na defesa como no ataque. Rodriguinho esteve muito bem, mas está vendido, indo embora. Nas arquibancadas 58 mil torcedores mostraram a sede por ter um time confiável, vencedor, depois de tanto tempo de jejum. Foi muito saudável se livrar de jogadores ambiciosos e encrenqueiros, que fazem fofocas e geram cizânia no grupo. Quem sabe os corneteiros do Morumbi, cartolas em especial, fiquem de boca calada e não atrapalhem a formação de um time à altura de sua torcida.  O time pejorativamente chamado de pó de arroz (deixou de ser vizinho da favela do Canindé e mudou para o sofisticado do Morumbi, ganhou o apelido), encostou no Flamengo e tudo indica que haverá disputa feroz nas próximas rodadas.

OS DEMAIS QUE DISPUTAM

O Mengo não entregará fácil os pontos e o campeonato brasileiro irá crescer em emoção. O Urubu venceu o Fogão, 2 x 0, manteve-se líder. No Allianz o Palmeiras venceu o Atlético MG 3 x 2, mas não convenceu. Dos  gols, o primeiro marcado por Moisés foi falha clamorosa de Juninho e o segundo foi marcado por Bruno Henrique, de falta, batida primorosamente, como não se via no time há três anos; ao contrário, o Atlético construiu seus gols. O Verdão ia indo para o quarto jogo em que saiu na frente e permitiu empate, quando Bruno marcou novamente, já nos descontos. A fragilidade do alviverde já ficara claro no meio da semana, quando empatou com o Santos no Pacaembu, 1 x 1, outro time que vem se arrastando no campeonato, tendo empatado neste domingo com o Chapecoense, no campo deste, por 0 x 0.

Como o Grêmio foi vencido pelo Vasco, 1 x 0, no Rio, Flamengo e São Paulo tem amplas possibilidades de se distanciarem ainda mais e um deles de levar a taça. O São Paulo é quem mais precisa, distante que está da Libertadores. O Tricolor paulista está há um ponto do Flamengo, mas seu perseguidor mais próximo, o Cruzeiro, está cinco pontos atrás. O Fla tem 30 pontos ganhos, oi São Paulo 29, o Cruzeiro 24 e só então temos Palmeiras, Grêmio e Internacional com 23.

BRASIL S/A:  EXPORTAÇÃO DE JOGADORES

A expansão do futebol no mundo tem ajudado o Brasil a obter divisas e reduzir seu endividamento. Com Rodriguinho o país exportou 46 jogadores este ano. E se formos considerar os que estão negociando ou até agora resistiram a propostas fechadas, teremos mais outro tanto. Infelizmente os times e jogadores ficam impacientes demais pelos euros e não esperam maior valorização  para as transferências.  Há situações em que olheiros dos grandes times europeus já indicam contratações logo que percebem um craque em potencial aparecendo. Vinicius Jr do Mengo foi adquirido pelo Real Madrid há um bom tempo, amadureceu (só o futebol) e só agora embarcou. Na Europa os times investem em academias, muitos jogadores adquiridos na América Latina ou na África são contratados para esses times juniores, de onde, confirmado o talento, são promovidos. Mesmo em um craque como Neymar, que o Santos soube segurança no freio por um bom tempo, o país não recebeu 1/10 do ganho pelo Barcelona na venda para o PSG. Mas assim mesmo, para quem só exporta commodities, somado preços de transferências e mais os que os jogadores mandam para as famílias no Brasil, as divisas são consideráveis.

VINICIUS JR TEM UM LIDER: NEYMAR

Não poderia ser de outra forma, o atleta Vinicius Jr, ex  Flamengo, atual Real Madrid, vê em Neymar “Cai-Cai”, (o maior motivo de piadas atualmente pelo mundo inteiro), seu ídolo e acha que as críticas a ele são motivadas por inveja. Como tantos meninos saídos das camadas mais miseráveis da população brasileira, Vinicius acha seu direito mudar de nível, ficar com as novas amizades, ir falando para ser aceito pelos de cima, esquecer origens. Falta apenas apoiar políticos que querem manter o sistema, poucos por cima e milhões por baixo (5% da população tem mais que 95%). Os jornais noticiam que Dória comprou uma rua pública em Campos do Jordão, era o único concorrente na licitação, agregou-a ao terreno de sua mansão, levantou muros impedindo que as pessoas que transitavam por ela. Mas tem o apoio de Neymar, que deve achar isso muita esperteza, instrutivo (ahhh se fosse o Lula). Neymar e Vinicius vivem no sistema e com seus valores.

 

João Sucata

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora