Guedes coloca Salim Mattar, dono da Localiza, na Secretaria de Privatizações

Foto: Estadão
 
Jornal GGN – Paulo Guedes, superministro da Economia do governo Bolsonaro, escolheu o amigo e empresário Salim Mattar, dono da Localiza, para comentar a Secretaria de Privatizações. Mattar terá a missão de enxugar e vender estatais e administrar os desinvestimentos da União. O empresário é conhecido por ter feito da Localiza uma das maiores empresas de aluguel de automóveis da América Latina, avaliada em R$ 18 bilhões. Ele faz parte do Instituto Millenium, criado por Guedes para propagandear o liberalismo econômico.
 
Por Vitor Abdala
 
 
Na Agência Brasil
 
O executivo Salim Mattar, fundador da empresa de locação de automóveis Localiza, aceitou hoje (23) o convite para comandar a Secretaria de Privatizações, que será vinculada ao Ministério da Fazenda no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro. O órgão será responsável pelos projetos de desestatização e desinvestimentos.
 
A equipe econômica confirmou a informação em nota. “O empresário Salim Mattar aceitou o convite do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, para assumir a Secretaria-Geral de Desestatização e Desmobilização, que será criada como parte da estrutura do Ministério da Economia no novo governo”, diz a nota.
 
Anteriormente, o empresário foi sondado para ocupar a Secretaria de Indústria e Comércio – hoje ministério autônomo.
 
Neto de libaneses, Mattar costuma dizer que muito jovem descobriu como poderia criar o próprio negócio e ter lucros: a partir do aluguel de automóveis. De família grande, ele perdeu o pai precocemente, foi office boy e trabalhou em armazém até ser dono da sua empresa.
 
Nota
O comunicado da equipe econômica informa ainda que Mattar é fundador e presidente do conselho da Localiza, uma das maiores locadoras de veículos do mundo, e integrante do Instituto Millenium, fundado por Guedes para promover o liberalismo econômico.
 
A nova secretaria vai ser responsável pelos desinvestimentos, desmobilização e busca de maior eficiência na gestão dos ativos da União.
 
Equipe
Mattar vai integrar a equipe econômica do próximo governo que já conta com os nomes de Roberto Campos Neto, que irá para o Banco Central; Roberto Castello Branco, que assumirá o comando da Petrobras; e Joaquim Levy, que vai presidir o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). 
 
Ontem (22), Guedes também confirmou o professor da Fundação Getulio Vargas (FGV), Rubem de Freitas Novaes, para o comando do Banco do Brasil; Pedro Guimarães, para a Caixa Econômica Federal; e Carlos Von Doellinger para estar à frente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) a partir do ano que vem.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Guedes diz que vai "para o ataque" das privatizações no que falta de governo Bolsonaro

7 comentários

  1. Apostando.

    Quando vai ocorrer a nomeação daquela caricatura em forma de gente, o tal Luciano estátua da liberdade para uma secretaria ou ministério?

  2. Se Salim Mattar

    nóis morre!

    Nosso  povo de m…. vai ser administrado  diretamente pelas privadas.

    Não corremos maiores perigos.

    De um modo geral, todo mundo sabe que merda não afunda.

  3. #?

    A Localiza não é aquela “locadora” que a cada 10 carros vendidos aluga 1 ?

    Se aluga muito eu não sei, mas vende que é uma beleza!

    Seus comerciais de TV só se atém às vendas. Jamais vi uma propaganda do serviço de locação.

    Me parece mais uma lavagem de dinheiro que um locadora.

     

     

  4. É dando que se recebe…
    Vejam só… O Onyx Lorenzoni, fiel escudeiro do Bollsonaro, recebeu uma modesta “doação” de R$ 100.000,00 (cem mil reais) do Sr. Salim Mattar.

    https://g1.globo.com/politica/noticia/2018/11/23/indicado-para-comandar-privatizacoes-salim-mattar-foi-o-quarto-maior-doador-nas-eleicoes.ghtml

    Pois é, agora a “doação” está sendo retribuída.

    E o Onyx não foi o único candidato dito de “direita” a receber “doações” desse cidadão.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome