A misteriosa morte de Stalin

Por Motta Araujo

Poucos estadistas tiveram sua vida tão biografada quanto Stalin, mas a morte do ditador soviético continua um mistério não decifrado. Stalin e seus companheiros Kruschev, Bulganin, Malenkov e Beria viram um filme no Kremlin, Stalin era um aficionado por cinema e  em seguida foram todos para a dacha de Stalin em Kutsevo, nos arredores de Moscou (foto acima) para mais um dos longos jantares que costumavam acabar de madrugada, a data era 28 de fevereiro de 1953. Por volta das 4 horas todos foram embora e Stalin recolheu-se a  seus aposentos, onde a ordem era nunca despertá-lo ou chamá-lo, era ele quem deveria chamar seus empregados.

Estranhamente nessa noite a guarda recebeu ordens de ir para seus alojamentos, dispensados por Stalin através do chefe da guarda, Khrustalev. Stalin costumava acordar tarde mas quando chegou meio dia os guardas começaram a estranhar a demora de Stalin em chamar o serviço de quarto, quando deu 3 horas da tarde um dos guardas, Piotr Lozgachev, encostou o ouvido na porta do quarto e ouviu movimento e a luz se acendeu, às 6:30 da tarde a luz se apagou, Logaschev então abriu o quarto e  encontrou Stalin desacordado no chão. Imediatamente foram chamados seus companheiros da noite anterior, que era a cúpula do Governo. Novamente e estranhamente a ajuda médica demorou muito tempo para chegar, o médico constatou hemorragia cerebral. Depois de dias de agonia Stalin morreu às 9:50 da manhã do dia 5 de março de 1953.

Leia também:  O capital é masculino (parte I), por Wilton Moreira

A interpretação do historiador russo Edvard Radzinski, que conversou com o guarda Piotr Lozgachev e que Stalin foi envenenado pelo chefe da guarda a mando do Politburo (Kruschev, Malenkov,Bulganin e Beria) porque Stalin estava se tornando um perigo para todos, preparando um novo expurgo, pouco antes mandara executar os médicos judeus que tratavam dele por achar que estavam conspirando para matá-lo.

Na seguinte disputa pelo poder no Politburo pela sucessão de Stalin é  outro capítulo, nessa disputa Beria foi executado pela troika Kruschev, Bulganin e Malenkov, que foi o governo de transição entre Stalin e Kruschev.

10 comentários

  1.  
     
    Foi assassinado. Li em

     

     

    Foi assassinado. Li em algum livro que me esqueço o nome .

    Tenho na minha modesta biblioteca :  -STALIN – autor Henri Barbusse – 1945 ;      Stalin-História crítica de uma lenda

    negra-autor  Domenico Losurdo  –    Stalin-Um novo olhar- autor   Ludo Martens .

     

    Revolucionário de vibra . Transformou a URSS do ” arado de madeira aa bomba atômica ” palavras do Churchill  .

    Ganharam  a II Guerra Mundial sózinho, pois os EUA estavam lutando contra os derrotados japoneses na Pacífico .

    Homem temido até a presente data  por suas idéias . Não é atoa que ainda  é bombardeado por centenas de livros escritos por renegados trotskistas  e asseclas norte americanos .

    Na  Ucrânia atual  surgiram cartazes com sua foto juntamente com Lenin .

     

    Homem de carater .

  2. Não tenho livros sobre o tema

    Mas se foi um complô para matar Stalin, duvido que Beria estava no meio. Ele sabia que assim que Stalin morresse ele estaria condenado por tudo que aprontou na NKVD, antes, durante e depois da grande guerra patriótica!

    • Beria pretendia ser o

      Beria pretendia ser o sucessor de Stalin através do controle absoluto da policia politica, só não conseguiu porque foi liquidado antes pelos outros três. Exatamente porque não há certezas é que a morte de Stalin até hoje é um misterio.

    • A História contada no ocidente.

      As histórias contada sobre Stalin no ocidente foram escritas pelos mesmos que hoje transformaram alguns heróis em bandido e carniceiros. Veja a biografia que se constroi do governo Chaves. O papel de Stalin foi decisivo não somente na Segunda Guerra mas no início da Guerra Fria evitando a completa dominação dos EUA na Europa. Quando se fala de muitos dos tais crimes de Stalin foram semelhante a atitudes tomadas por Roosevelt ou Churchill. Pode ser que muito do que se fala seja verdade, mas eu tomaria mais cuidado ao criticar um grande lider socialista.

  3. Sobre a misteriosa morte de

    Sobre a misteriosa morte de Stálin, recomendo o livro de Alain Decaux: Mistérios da história.

     

    Até hoje há muitas controvérsias sobre a morte desse ditador. Pessoalmente, tenho inúmeras razões para crer que ele foi assassinado. Em seus últimos dias de vida, ele estava ficando completamente paranóico. Ele sempre desconfiou de tudo, mas naqueles dias estava demais. Os outros grandes nomes do Partido Comunista na URSS se preocuparam com o futuro da pátria e decidiram pôr um fim no sangüinário ditador.

     

    Nada extraordinário, já que os comunistas são conhecidos por matarem os outros líderes do partido depois que fazem a tal revolução. Stálin mandou matar todos os outros líderes que participaram da revolução com Lênin, de modo que somente ele restasse vivo. Entre as pessoas que ele mandou matar estava Trótsky (que, diga-se de passagem, seria mais sangüinário que Stálin).

     

    Reitero com veemência: essa é a história que, a meu ver, tem mais lógica. Ponto final.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome