Elizabeth Teixeira, a guerreira da reforma agrária

Jornal GGN – O Memorial das Ligas Camponesas organizou uma homenagem pelos 90 anos de Elizabeth Teixeira, viúva de João Pedro Teixeira, cuja história foi contada no filme de Eduardo Coutinho, Cabra marcado para morrer.

Nesta sexta-feira (13 de fevereiro), o Memorial celebra na Barra de Antas (Sapé, Paraíba) a trajetória de resistência e luta pela reforma agrária da dona Elizabeth.

E no sábado, dia 14, lança, no Centro de Formação João Pedro Teixeira, em Lagoa Seca (PB), o novo documentário de Eduardo Coutinho, A família de Elizabeth Teixeira.

Ela é uma guerreira, que sempre reivindicou melhores condições de sobrevivência para o povo do campo. Sua história precisa ser contada e esse evento merece ser bastante prestigiado.

Na Sessão das Dez de hoje, a história de seu marido, Pedro Teixeira, que é a história de todo um povo, oprimido e explorado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Vídeo: Alunos manifestam contra deputados que quebraram placa de Marielle

1 comentário

  1. Padre Josimo

    No Tocantins, temos a história similar do Padre Josimo, assassinado pelos grleiros da Sudam, na região do Bico do Papagaio.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome