Como seria o Escola sem Partido

"Alunos sem partido aparelhados para combater a doutrinação gayzista, ateísta, terrorista, abortista, maconhista, globalista e comunista das escolas"

Sugerido por Lúcio Vieira

O escola sem partido vai facilitar mesmo. Agora o país deslancha:

Do Porta dos Fundos

À direita do vídeo vocês vão ver alunos sem partido aparelhados para combater a doutrinação gayzista, ateísta, terrorista, abortista, maconhista, globalista e comunista das escolas. Diga não à doutrinação!

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Juristas internacionais pedem libertação de Lula e anulação do julgamento

2 comentários

  1. Quando um professor no meio de uma aula de matemática chama Bolsonaro de nazista ou fala que o governo do PT e a favor dos pobres.esse professor está doutrinado.sera que é difícil entender isso.se um professor de matemática ensinar seus alunos a fazer conta e fosse embora, não precisa hoje estarmos discutindo esse tema.

    • Quando um professor no meio de uma aula de matemática diz “Glória a Deus” ou exige que os seus alunos respondam “Aleluia”, ou fala que 2+2=4 mas “só Cristo salva”, ESSE PROFESSOR É DOUTRINADO E ESSE PROFESSOR ESTÁ DOUTRINANDO.
      Se um professor de matemática ensinasse os seus alunos a fazerem conta e fosse embora não precisaríamos hoje estar discutindo esse tema.
      Doutrinação ideológica é um termo genérico e, portanto, aplicável a qualquer tipo de doutrinamento.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome