Regime político? E preciso saber escolher

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

10 comentários

  1. É preciso saber escolher, e

    É preciso saber escolher, e não se esquecer de que a hipócrita emissora, autora desse video, apoiou o golpe da ditadura de 64 e o golpe atual de 2016… Agora, vão querer aconselhar bobos, quanto ao “melhor” golpista sujo para assumir o poder. Assim como apoiaram militares , que agora na maior cara de pau denunciam.

    Tudo isso “ungidos” por criminosos manipuladores de massa. 

    O bom da história, é que não existe mais uma massa única e acéfala a se manipular, para desgosto dos ladrões, charlatões, golpistas.

  2. Essa rede esgoto…

    Preparando o terreno para o novo: FHC, o grande traíra empolado, o Príncipe Privata, direto de Paris, num sacrifício patriótico,

    para salvar o Brasil!

  3. “Coxinha” é caso perdido.

    Vai explicar para os “prejudicados intelectuais” que foram para a Avenida Paulista sobre os “efeitos colaterais” das más escolhas que fizeram, e que pretendem fazer. 

    Hoje, tive a certeza de que aquela pesquisa que mostrou São Paulo como a metrópole com mais doentes mentais no mundo está correta.

    Será efeito de beber esgoto da SABESP por anos a fio? Acreditar que um apresentador de desfile de cachorros de madames é o “João trabalhador”? Ou confiar na imparcialidade do JN e do “porta-voz de Deus”, William Bonner?

    Acho que nem aquele culto dos “718 pastores” da Igreja Universal e seu “desencapetamento total” daria um “jeito” nos “coxinhas”.

  4. Depois da Rede Globo incitar

    Depois da Rede Globo incitar a criminalização e o ódio à política durante anos a fio, vem com essa peça cínica, ainda por cima afirmando que Dilma e Temer são iguais. Quando a esquerda está tão perdida a ponto de uma senadora do PCdoB divulgar o “lavo as minhas mãos” da Rede Globo, só resta desejar o apodrecimento final e completo do país para que chegue o caos e haja uma revolução.

  5. A esquete é boa mas, nada é

    A esquete é boa mas, nada é perfeito.

    No quadro final o redator esqueceu texto que arremataria:

    Escolhendo Modelo Militar 1964 madame levará de brinde, de graça, duas-tres famílias e seus jornais, televisões, rádios. E quando acabar a garantia não se preocupe nós divulgamos um mea culpa. Não garantimos a devolução das fortunas amealhadas que aí já não é problema nossa.

     

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome