Ela é linda, loura … e tão óbvia, por Sérgio Saraiva

Minha linda loura, musa da elite branca, é a pessoa de alma mais transparente que eu conheço.

eliane4

Mas como assim: que país é esse?

eliane1

Minha linda loura, deixa eu olhar no profundo dos seus olhos azuis.

eliane2.jpg

Ela é linda, loura e … tão óbvia.

eliane

Para não dizer que não falei de flores.

 

PS: Oficina de Concertos Gerais e Poesia: você diz a verdade e a verdade é o seu dom de iludir.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

10 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

lenita

- 2017-11-10 21:07:29

Juliano

Em MG foi a Vale/Samarco . Acabou uma cidadezinha ;

E todo o Brasil, as Operadoreas de telefonia. Passei a tarde de ontem no PROCON para receber minha conta vencida dia 3/11, que não recebi até hoje. E a tarde de hoje para pagar a dita cuja, necessitando de ajuda, em vista do atrazo no recebimento.

Jamais perdoarei o FHC/Serra pelos aborrecimentos que temos de passar, refém da OI .

PauloBR

- 2017-11-10 20:12:36

Alguém, por favor!

Alguém por favor, funda as fotos de Eliane e Temer com  o afresco de MIchelngelo em que o dedo de Deus toca o de Adão!

[email protected]

- 2017-11-10 15:40:33

Da Massa Cheirosa à Sem Banho, Lá Vai a Musa da Febre Amarela

Doutora Cantanhêde, "nossa" eterna "Musa da Febre Amarela", poetisa porta-bandeira mor da G.R.E.S da "Massa Cheirosa", não pode ficar sem energia e consequentemente sem seus quentes banhos de sais, sem os quais, deixa de ser da "Massa Cheirosa" e passa à malcheirosa, encardidinha, suarenta, sabe..., como é, pensa e diz nos bastidores, nosso chocolate branco, Uíliam Vaacka, "coisa de preto!", se expandido, o mesmo que, "coisa de pobre!". 

Privatiza djá!..., Privatiza djá!..., Privatiza djá! 

[para agradar o "Walter"] 

Orlando Soares Varêda

- 2017-11-10 15:03:03

Ah!!!...dona cantanhêde tá

Ah!!!...dona cantanhêde tá coberta de talento, argúcia e cordura, suficientes, para avaliar com alto gráu de precisão, a cheirosice dos brancos de colarinhos ídem, do tucanato paulistano.

Não é o caso desse vira-lata do Temer, estrupício da qual não há registro de procedência. Portanto, trata-se de um cão-sem-dono, diriam veterinários especialistas.

Orlando

 

 

 

Rei

- 2017-11-10 14:31:21

Nem linda mais... virou uma mocoronga dissimulada

Feia, partidária e inútil... o retrato do jornalismo atual... a união do inútil com o desagradável.

Defende o indefensável... ataca inimigos invisíveis... vive de delírio e dissimulação... não vale 1/5 do que ganha....

Qualquer cidadão minimamente politizado desmonta com um simples tuite as teses cuidadosamente elaboradas pelos "brilhantes" jornalistas da grande mídia... geralmente basta recuperar algo que eles mesmos disseram meses atrás.

Conejo 10

- 2017-11-10 14:06:05

O passado me condena

Não dá para esquecer que essa senhora fez parte do bloco carnavalesco patronicinada por diversas associações médicas contra os 14 mil médicos cubanos que aceitaram trabalhar onde nenhum médico branquelo nativo aceitava ir.

Ela cunhou a famosa expressão racista AVIÃO NEGREIRO, com relação aos aviões de carreira que traziam os médicos cubanos, quase todos negros, pardos e mulatos.

Álvaro Noites

- 2017-11-10 11:49:13

Linda? Oi?

Linda?

Oi?

WALDOMIRO PEREIRA DA SILVA

- 2017-11-10 11:22:13

Eliane, Proponho que se

Eliane,

Proponho que se começe a separação das populações atraves do relogio de energia.

Classes altas, a "zelite" nunca terão seus relogios desligados.

Classe "mérdia", aquela que acredita na "zelite" terão seus relogios de energia desligados durante o dia, enquanto estão prestando serviços para a "zelite".

Classe de baixo, terão os relogios de energia desligados sempre que as demais classes precisarem de energia.

 

Ricardo Cesar

- 2017-11-10 11:05:35

O temer-larápio parece

O temer-larápio parece preferir as louras, lindas e burras.

Juliano Santos

- 2017-11-10 10:57:48

"Coisa de loura" PS: Aqui no

"Coisa de loura"

PS: Aqui no Rio a Light foi privatizada. Bueiros explodem em nossa cabeças de vez em quando. Está bom para voce Eliane? Queres um bueiro na cabeça?

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador