Indústria de material de construção perde faturamento

Jornal GGN – A indústria nacional de materiais de construção registrou queda de 11,5% no faturamento em janeiro, na comparação com o mesmo mês no ano passado, já descontado o efeito inflacionário do período, de acordo com levantamento elaborado pela Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat). Em relação a dezembro de 2014, as vendas recuaram 2,9%.

Este foi o 11º resultado negativo consecutivo apresentado pelo indicador. Com isso, o total acumulado de fevereiro de 2014 a janeiro deste ano apresentou queda queda de 7,6% em relação aos 12 meses anteriores, ou seja, de fevereiro de 2013 a janeiro de 2014.

Os números do estudo mostram também que os empregos na indústria em janeiro tiveram queda de 6,7% em relação a dezembro de 2014. Já em comparação ao mesmo mês do ano anterior houve queda de 12,6%.

“O resultado das vendas de materiais de construção neste primeiro mês de 2015 está ainda muito abaixo da previsão de crescimento de 1% para o ano. Essa expectativa para 2015 está apoiada na manutenção dos atuais incentivos do Governo ao setor (que já foram alterados), assim como na expansão dos investimentos e do Programa Minha Casa Minha Vida, na melhoria do nível de atividade das construtoras, na manutenção dos programas de emprego e renda e no câmbio mais desvalorizado, que dificulta importações de materiais”, afirma Walter Cover, presidente da ABRAMAT

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  São Paulo – acelerando rumo a quê?, por Regina Pekelmann Markus

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome