MCTI lança programa Start-up Brasil

Da Assessoria de Imprensa do MCTI

O Brasil está se consolidando como um polo mundial de novos empreendedores e start-ups. Com o objetivo de apoiar as empresas nascentes de base tecnológica no país, o governo federal, por meio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), lançou no dia 29/11 o programa Start-up Brasil. 

O lançamento, em São Paulo, teve a presença do ministro Marco Antonio Raupp, do secretário de Política de Informática do MCTI, Virgilio Almeida, e do presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil/MDIC), Maurício Borges.

Na ocasião, o ministro Raupp lançou também o edital que selecionará as empresas aceleradoras que participarão do programa. Para acelerar o desenvolvimento das empresas nascentes de software e serviços, o Start-up Brasil contempla o apoio com marketing e vendas, suporte legal e outros serviços de auxílio ao empreendedor, além de suporte financeiro. Até 2015, serão contempladas 150 start-ups. O investimento do governo na ação é de R$ 40 milhões e faz parte do Programa Estratégico de Software e Serviços de Tecnologia da Informação (TI Maior).

De acordo com o Start-up Ecossystem Report 2012, a capital paulista é o 13º melhor ecossistema do mundo e o principal local no Brasil para o surgimento dessas empresas. Segundo o relatório, do Start-up Genome Project, as principais dificuldades das empresas recém-criadas no Brasil são semelhantes às encontradas no vale do Silício, como aquisição de clientes, construção do produto, financiamento e formação de equipe.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome