EUA preparam reforma tributária para empresas

Do Valor Online

WASHINGTON – O secretário do Tesouro dos EUA, Timothy Geithner, disse nesta terça-feira que o governo de Barack Obama divulgará em breve diretrizes para uma reforma tributária para as empresas. Essa reforma, segundo ele, vai reduzir as alíquotas, limitar a capacidade das companhias de transferir lucros para o estrangeiro e eliminar algumas isenções fiscais.

“Resumindo, a reforma vai ajudar a equilibrar o campo de atuação das empresas e permitir que o governo recolha a receita necessária enquanto promove o crescimento econômico”, disse ele, em discurso perante o Comitê Financeiro do Senado.

Geithner falou um dia após o presidente Barack Obama ter anunciado um orçamento de US$ 3,8 trilhões que prevê novos impostos sobre os ricos, reestruturação do código tributário e cortes de gasto no curto prazo. O Congresso não deverá aprovar esse plano, considerado em larga medida um esforço para ressaltar as diferenças entre o presidente e os republicanos nas eleições de novembro.

Em seu discurso, Geithner defendeu o orçamento e deu alguns detalhes. A respeito dos impostos sobre pessoas jurídicas, o secretário do Tesouro disse que o arcabouço ainda pendente “dará uma sensação de permanência a diversas provisões feitas no código do imposto de renda corporativo”.

Na audiência, Geithner também pediu ao Congresso que estenda os cortes sobre a folha de pagamento referentes à Previdência Social, bem como os benefícios federais aos desempregados, que vencerão no fim deste mês. “A extensão dessas medidas colocará mais dinheiro no bolso das famílias americanas na época em que elas mais precisam dele”, disse Geithner.

(Dow Jones Newswires)

Leia também:  Trump autoriza transição de Biden nos EUA, mas tenta reverter resultado

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome