Obama acredita em acordo comercial entre EUA e UE ainda este ano

Presidente norte-americano destacou queda das diferenças entre Washington e Bruxelas

Jornal GGN – Em entrevista coletiva, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse esperar pelo fechamento do tratado comercial entre seu país e a União Europeia ainda em seu mandato, que termina neste ano.

Segundo informações da agência de notícias EFE, o pronunciamento foi feito após a reunião de Obama com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, com quem abordou questões comerciais e temas como a situação na Síria e Líbia, o conflito da Ucrânia, as diferenças com a Rússia e a crise dos refugiados. “Não acho que possamos completar a ratificação até o final do ano. Mas sim uma antecipação de que teremos o acordo fechado”, disse.

O presidente norte-americano disse apostar na assinatura de uma Associação Transatlântica de Comércio e Investimentos (TTIP) e destacou que as “diferenças” entre Washington e Bruxelas na negociação “seguem diminuindo”.

Obama acrescentou que apesar da globalização, tem muita gente desempregada e disse que o comércio exterior traz “benefícios” à população e que os tratados comerciais, “indiscutivelmente”, fizeram as economias dos Estados Unidos e da Alemanha “mais fortes” e suas empresas “mais competitivas”. Já Merkel destacou que um acordo comercial entre EUA e a UE seria “uma ajuda absoluta” para o crescimento na Europa.

Tanto Obama como Merkel são os maiores defensores do acordo transatlântico, mas as críticas ao projeto avançam tanto na Europa como nos Estados Unidos.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  FBI mata homem que planejava ataque terrorista na crise de coronavírus

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome