Sistema prisional dos EUA pratica eugenia em detentas

Jornal GGN – Um relatório de investigação divulgado, na quinta-feira (11), nos Estados Unidos (EUA), revela que os médicos contratados pelo Departamento de Prisional da Califórnia esterilizaram cerca de 150 detentas entre 2006 e 2010. Uma delas, que trabalhava na enfermaria, afirmou ter ouvido a equipe médica incentivar a esterilização de várias detentas.

Como a Constituição norte-americana as leis estatais proíbem a esterilização de prisioneiros com verbas federais, o estado da Califórnia utiliza fundos próprios para viabilizar o programa. A Califórnia foi o segundo estado norte-americano a aprovar leis de eugenia, em 1909, dois anos após o de Indiana legalizar a esterilização de “débeis mentais”, afirma o bioético Paul Lombardo, da Universidade de Virginia.

A Lei de Dessexualização da Califórnia, de 1909, permite que o sistema prisional esterilize legalmente detentos do sexo masculino e remova os ovários das detentas. Em consonância com os princípios do darwinismo social, a lei permite aos administradores prisionais “selecionar” quem é apto a procriar.

Esterilização de cães

O governo também quer esterilizar cães, e começará por testar a vacina GonaCon em setembro deste ano em cães de duas diferentes reservas indígenas. No teste, “os cães serão capturados, receberão um microchip, serão tatuados, vacinados e liberados”, explicou a especialista Ruth Steinberger.

Não por coincidência, foi justamente nessas reservas que o governo dos EUA forçou as mulheres indígenas a serem esterilizadas na década de 1970.

Veja abaixo o a reportagem (em inglês) do site Infowars:

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Trump e Obama na criação da tempestade perfeita, e terrível, por Inderjeet Parmar e Mark Ledwidge

1 comentário

  1. esterilazação

    Trabalho no Sistema Penitenciário Brasileiro há 35 anos, não noto progresso. A criminalidade aumenta a partir de nova gravidez indesejada no âmbito prisional com visitas íntimas etc.. Sou a favor dos métodos “Eugênia” na construção de uma sociedade mais humana e equilibrada (avaliações psiquiatricas/sociais e etc.).

     

    Jediaél

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome