A manobra do copyright na Nova Zelândia

Por foo

Nova Zelândia tenta passar lei de copyright em legislação de emergência sobre terremotos

O Governo da Nova Zelândia tentou aprovar uma controversa proposta de desconexão de usuários da internet após três avisos dos detentores de copyright [“3-strikes law”, similar à que tem sido aprovada em outras partes do mundo], colocando a proposta dentro de uma legislação de emergência, em decorrência do terremoto de Christchurch.

A lei 92A foi aprovada, mas depois rescindida, após massivas manifestações contrárias, campanhas online e ultrage. A lei permitiria a desconexão de famílias inteiras da internet depois de serem acusadas — mesmo sem prova, e sem possibilidade de defesa — de infração de copyright.

Usar a tragédia em Christchurch como maneira de avançar a agenda corporativa de gigantes estrangeiros é uma vergonha, para dizer o mínimo. É difícil imaginar o que se passa na mente de um lobista que tenta pegar carona numa legislação de emergência criada para aliviar as consequências de um desastre como o terremoto de Christchurch.

http://www.boingboing.net/2011/04/13/new-zealand-to-sneak.html

Vocês se lembram de outros casos em que um grupo utilizou-se de uma catástrofe para aprovar leis de seu interesse?

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  TV ANPR confirma que vídeo publicitário das "10 medidas" teve parceria da Rede Globo

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome