A OAB em defesa do CNJ

Da Folha

Insatisfeita com Supremo, OAB lança movimento em defesa do CNJ

DE SÃO PAULO

Insatisfeita com decisões do STF (Supremo Tribunal Federal) que anularam o afastamento de juízes acusados de corrupção, a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) lançará no dia 21, em Brasília, o Movimento em Defesa do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), informa o “Painel” da Folha, editado por Renata Lo Prete (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL).

Segundo o presidente da entidade, Ophir Cavalcante, Eliana Calmon, corregedora do CNJ, aceitou convite para participar do evento.

CritCriticada por entidades de magistrados, Calmon foi aconselhada a renunciar no final de 2010 –mas não o fez.

A OAB teme que a partir de junho, com a escolha de novos conselheiros, o órgão de controle externo do Judiciário ganhe um perfil mais afinado com o ministro Cezar Peluso, que preside o conselho e o STF.

No ano passado, os ministros do STF Celso de Mello, Gilmar Mendes e Marco Aurélio Mello reconduziram juízes afastados pelo CNJ em três Estados. “Na Ordem e no meio jurídico em geral, há um temor de que isso possa levar ao esvaziamento do órgão de controle”, diz o presidente da OAB.

Leia a coluna completa na Folha desta terça-feira, que já está nas bancas.

http://www1.folha.uol.com.br/poder/885658-insatisfeita-com-supremo-oab-l…

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador