Acampamento Lula Livre é atacado de novo, agora por delegado da Polícia Federal

Jornal GGN – O acampamento Lula Livre em Curitiba sofreu mais um ataque que restou impune, nesta sexta-feira (4). Dessa vez, um delegado da Polícia Federal que atua no estado quebrou um equipamento de som no momento em que os apoiadores de Lula de preparavam para dizer bom dia ao ex-presidente, como fazem todas as manhãs.

Segundo reportagem da Folha, o responsável pelo ataque foi o delegado Gastão Schefer Netto. Ele foi identificado por duas deputadas (Márcia Lia, estadual, e Ana Perugini, federal; ambas do PT)  que estavam saindo da sede da PF. Os manifestantes também registraram a imagem do delegado em vídeo.

Pelos relatos ao jornal, Gastão foi apenas retirado do local pela Polícia Militar, mas não sofreu nenhuma sanção. As deputadas informaram que devem tomar alguma medida em Brasília, porque na “República de Curitiba”, nenhum ataque aos acampamentos têm sido repreendido.

O Cafézinho divulgou texto informando que Gastão foi candidato a deputado federal pelo PR em 2014, na coligação de Beto Richa (PSDB). Em vídeo de campanha, ele aparece defendendo agenda próximas a de Jair Bolsonaro. “Tenho 12 anos na Polícia Federal e defendo que todo o cidadão de bem possa ter porte de arma”, diz. Veja a matéria do Cafézinho, na íntegra, aqui.

Segundo relato de petistas, Gastão teria dito que quebrou o equipamento de som porque não conseguia dormir com os barulhos no acampamento.

Em nota, a Vígilia Lula Livre escreveu que apesar do apoio que os acampamentos recebem em Curitiba, ainda “há incidentes e manifestações esporádicos de ódio contra nossos espaços e militantes. Seguimos cobrando das autoridades proteção aos nossos espaços e medidas contra provocadores e fascistas.” 

Leia também:  Algumas observações sobre o capítulo 1 do livro Lawfare, por Fábio de Oliveira Ribeiro

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

9 comentários

  1. Aprenda com o mestre: ele não

    Aprenda com o mestre: ele não agiu como Delegado da PF e sim como um marginal, um bandido qualquer. Ele deve responder pelo crime de dano e perder o cargo em razão da condenação criminal. As pregas ele perderá quando virar mocinha numa cela de presídio comum.

  2. O que mais choca é a impunidade

    “Nada mais parecido com um fascista que um pequeno burguês assustado”
    – Brecht

     

    Assim nasce o conservador

    De todos os invernos
    De todas as noites sangrentas
    De todos os infernos
    De todos os céus desterrados de perdão.

    De toda obediência burra
    Ao oficial, burocrata,
    À coroa, ao cetro,
    Ao papa, ao cura.

    De todo medo
    “Agora não, ainda é cedo”,
    de todo gesto invertido para dentro,
    de toda palavra que morre na boca.

    Do obscurantismo, de todo preconceito,
    de tudo que te cega, de tudo que te cala,
    de tudo que lhe tolhe, de tudo que recolhes,
    de tudo que abdicas, de tudo que te falta.

    Um beijo o assusta,
    um abraço o enfurece,
    a dúvida o enlouquece,
    a razão se esvanece no vácuo.

    Germina, assim, uma impotência tão grande,
    que deforma as feições e torna tenso o corpo,
    o dedo em riste, a veia que salta no pescoço,
    a boca transformada em latrina.

    Assim nasce o conservador.
    Ele teme tudo que é novo e se move.
    É um ser frágil, arrogante, assustado…
    e violento.

    Mauro Iasi – professor adjunto da Escola de Serviço Social da UFRJ, pesquisador do NEPEM (Núcleo de Estudos e Pesquisas Marxistas), do NEP 13 de Maio e membro do Comitê Central do PCB. É autor do livro O dilema de Hamlet: o ser e o não ser da consciência (Boitempo, 2002) e colabora com os livros Cidades rebeldes: Passe Livre e as manifestações que tomaram as ruas do Brasil e György Lukács e a emancipação humana (Boitempo, 2013).

  3. PF = Polícia Fascista

    Os fascistas da Polícia Federal cometem crimes com liberdade de ação porque sabem que nada lhes acontecerá.

    O PT permitiu que fascistas desse tipo ganhassem desenvoltura.

    O que Dilma fez contra aquele policial federal que treinava tiro ao alvo contra seu rosto ?  Nada ! Um crime contra a segurança nacional e NADA !!!

    O PT precisa acabar com essa arrogâmcia de ser a “hegemonia da esquerda” e contribuir para que novas lideranças assumam a direção da unidade dos democratas contra os fascistas. E o PT reconstruir suas bases militantes.

  4. O Vale Tudo do Néo-Nazismo à brasileira.

    O que mais violenta nossa consciência cidadã é a certeza que todo brasileiro tem, hoje em dia, que absolutamente nada ocorrerá!  Virou uma “lei não escrita”, na Constituição e demais Códigos do Direito brasileiro: se for contra um inimigo, principalmente do PT, pode tudo…..

    O fato de não ter havido uma ação sumária e definitiva contra o gesto de extrema violência do COVARDE delegado Gastão Schefer Neto, por parte de seus superiores e até mesmo do Ministro da Justiça, revela por si o país que viramos.

    Todo COVARDE sabe “em quem bater”….    Nenhum Policial Federal ousaria uma agressão dessas contra um acampamento “pós-Moro”,  ou em uma manifestação contra Lula, feita por nossa classe média.

    É mais um gesto apodrecido, sórdido, infame, que nos joga ladeira abaixo no quesito civilidade.  É mais um gesto tolerado por uma sociedade enferma, tornada perversa, anazistada, que ri ou se cala se a selvageria é contra os “judeus brasileiros”, o PT.

    Num país em que juiz da primeira instância grava e vaza conversas da Presidente da República, um policial federal brinca de tiro ao alvo com a foto da Presidente, uma caravana pacífica de um ex-presidente é atacada a tiros, uma senadora comemora que “tenham baixado o relho nos petistas”, um reitor é morto depois de uma série de humilhações monstruosas, todas desnecessárias, uma juíza proibe praticamente todas as visitas a um líder de renome mundial como Lula só por ódio e mesquinhez de espírito, e o mesmo juiz enfrenta descaradamento às instâncias superiores, ora, nesse país, destuir o som de um acampamento em favor de Lula, é quase um cafezinho, de tão “inocente”.

    N]ao vivemos “apenas” numa ditadura. Ela já assumiu todos os contornos do Nazismo.  Se você for um dos “judeus”, cuide-se: A Lei não te protege mais.

     

     

  5. O PT só vai na boa.

    Os atentados contra o acampamento Lula Livre e os desmandos cometidos pela juiza contra o presidente Lula aumentam proporcionalmente ao aumento da omissão e da covardia do PT. O PT  resume sua reação utilizando-se dos meios jurídicos que como sabemos são burocráticos, lentos e nos dias de hoje mais grave ainda, inexistentes. Ou seja, a cada dia que passa mais e mais crimes são cometidos à luz do dia e na proporção direta, o PT se acovarda, se omite limitando-se a comunicados estéreis. Quantos parlamentares já vimos por exemplo invadir o plenário do STF e EXIGIR  justiça? Quantos parlamentares já vimos protestar em frente à PF exigindo proteção a quem pacificamente presta solidadriedade a Lula? Quantos parlamentares já vimos em frente à TV Globo, FSP, VEJA protestando contra a perseguição ao Lula e as fake news? A resposta a todas essas perguntas é NENHUM. O PT só vai na boa. O PT só aparece quando a CUT , o MST e os movimentos sociais vão na frente servindo de bucha de canhão, ai eles aparecem. Sozinhos, colocando a cara a tapa, num vôo solo, nem a pau Juvenal!  Até quando PT vocês vão começar a emparedar os golpistas pra valer com ações mais duras? Esperando a morte do Lula chegar? O mais trágico se não fosse cômico é que se perguntam, por que o povo não sai às ruas.

  6. o direito….sou eu????

    O afrodescendente estuprou o direito e a constituição na ap470 e a galera aplaudiu.

    A turba mandou a Presidenta da Republica tomar… e nada aconteceu.

    Os criminosos do estado atentam contra a sede do instituto Lula e do pt e nada acontece.

    Os criminosos do estado matam a vereadora e nada acontece.

    A pf não tem mais comando e respeito da hierarquia e nada acontece.

    O juizeco moro grava presidenta e nada acontece.

    O juizeco moro não respeita o direito a hierarquia e a constituição e nada acontece.

    Um ilegítimo golpista e asseclas devastam a nação e nada acontece.

    PQP

  7. Chama a carrocinha

    Deu a louca nos pitbull.

    Defende porte de armas para os cidadãos de bem. 

    O que seria, para esse quadrúpede, um cidadão do bem?

    ps: puxa a ficha, a capivara, porque esse tipo de cidadão do bem são uma folha corrida.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome