Amigo de Temer, Coronel Lima deve ser ouvido ainda hoje pela PF

Foto: Agência Brasil

Por Flávia Albuquerque

Da Agência Brasil

Preso ontem em São Paulo durante a Operação Skala, da Polícia Federal (PF), o coronel aposentado João Batista Lima, amigo do presidente Michel Temer, deve ser ouvido ainda hoje (30), de acordo com Hebert Mesquita, da Procuradoria Geral da República (PGR), que chegou há pouco na sede da Superintendência da PF, na capital paulista.

Segundo ele, dos nove presos na operação, oito já depuseram, faltando apenas o ex-militar. Entretanto, não se descarta a possibilidade de Lima não depor, alegando problemas de saúde.

“Existe essa possibilidade. A informação é superficial, foi o advogado que trouxe. Contamos com o laudo médico que o liberou para vir para cá e ele está aqui e vai ser chamado para falar. Esperamos que ele fale”, disse.

De acordo com o procurador, a esposa de Lima já foi ouvida. No início da tarde, advogados de defesa de Lima chegaram à sede da PF, mas não adiantaram qual será a estratégia para o depoimento.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  STF retoma julgamento sobre compartilhamento de dados

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome