Apoiadores de Lula planejam greve de fome e acampamento em Brasília pela liberdade do ex-presidente

Foto: Ricardo Stuckert

Jornal GGN – Cerca de 11 militantes de movimentos sociais ligados ao PT planejam uma greve de fome e acampamento em Brasília até que a situação do ex-presidente Lula seja reavaliada pelo Judiciário. É o que informa o Painel da Folha desta quarta (7).

Segundo o jornal, o protesto será deflagrado no fim de julho, tem o respaldo da direção do PT, mas não há previsão de que Lula possa aderir à greve de fome. 

“Os militantes que estarão à frente da greve de fome são da Via Campesina, organização formada por 15 entidades, entre elas o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra”, acrescentou a coluna.

A Folha classificou a ação como “extremada” e disse ainda que ela faz “parte de uma série de movimentos que o PT vai promover para tentar reverter a prisão de Lula.” Entre elas, a entrega de um “abaixo-assinado a tribunais superiores em 15 de agosto, quando haverá ato para o registro da candidatura do petista.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  EUA receberão informações sigilosas da Petrobras graças à Lava Jato

2 comentários

  1. Greve de fome ? Caraca, esses
    Greve de fome ? Caraca, esses caras vão morrer por inanição. Os golpistas não estão preocupados com a vida de vocês.

    Tem que fazer greve geral. Parar setores importantes e produtivos do país.

    Parar a Petrobrás. Cortar energia nas grandes cidades, manter os serviços básicos funcionando.

    Parar a indústria, e convocar povo às ruas.
    Greve de fome não vai adiantar nada.

  2.   Esse é o nível de inocência

      Esse é o nível de inocência do pessoal que acredita na “mídia técnica” e outros mitos republicanos.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome