Cardozo e a celeuma sobre o cartel dos trens de São Paulo

Jornal GGN – O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, em entrevista coletiva, confirmou que recebeu do deputado licenciado de São Paulo, Simão Pedro, a documentação a respeito do cartel de trens. Estes documentos citam corrupção envolvendo políticos do estado de São Paulo. A entrega se deu em maio. O ministro ressaltou, durante a coletiva na tarde de terça-feira, dia 26, que está em curso uma investigação isenta, “sem qualquer vínculo político”.

Cardozo afirmou que a documentação foi entregue imediatamente ao diretor-geral da Polícia Federal (PF), Leandro Daiello, para que fosse analisada, verificando-se a possibilidade de anexação aos inquéritos “já existentes”, ou então que se instaurasse novos procedimentos investigativos junto à PF.

Leandro Daiello, diretor da PF, e Vinicius Carvalho, presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), acompanharam Cardozo nesta coletiva. O ministro afirmou que, diferente do que foi divulgado na imprensa, nenhum documento foi entregue ao Cade, mas exclusivamente à PF, para investigar os indícios de irregularidades, conforme anunicado em nota à Imprensa no dia 22 de novembro.

Para Cardozo são inadmissíveis as acusações de suposta instrumentalização da Polícia Federal e do Cade nas investigações realizadas em São Paulo. Disse ele que “são órgãos independentes e que têm um algo padrão de respeitabilidade e reconhecimento pela prestação de serviço”. E completou afirmando que “esses órgãos, da mesma forma que não perseguem e agem de forma isenta, não vão se curvar diante de pressões”.

Leia também:  Sentença “copia e cola” de Gabriela Hardt é anulada pelo TRF-4

Cardozo lembrou que há um paradoxo nas críticas atribuídas ao Ministério da Justiça em casos de investigações, aquelas contra aliados ou nos casos que envolvem membros de outros partidos políticos. “Quando aliados são investigados, há indisposição ou falta de entendimento com a Polícia Federal. Quando é o contrário, o que existe é instrumentalização dessas Instituições”, criticou ele.

No caso da Siemens, uma investigação à parte está sendo feita pelo Cade, pelo fato da empresa firmar o acordo de leniência com o Conselho Administrativo buscando uma forma de diminuir parcialmente algumas das penas a que está sujeita, caso se comprove a formação de cartel. O ministro lembrou que, caso não repassasse a denúncia à PF, estaria cometendo crime de prevaricação. “A autoridade policial, caso verifique indícios de corrupção, investiga e responsabiliza pessoas baseadas em fatos. Toda a tramitação oficial foi feita na própria PF”, disse ele.

Cardozo lembrou as competências de cada instituição, ao abordar a questão do não envio dos documentos ao Superior Tribunal Federal ou ao PGR (Procuradoria Geral da República). “Para o STF, entrega-se um documento quando ao longo da investigação é comprovado que há indícios contra alguém que possui foro privilegiado. Já a Procuradoria Geral da República mandaria de volta à PF”, concluiu.

Com informações do Ministério da Justiça

20 comentários

  1. Divisão de trabalho: o PSDB faz a farra, o PT paga.

    Ontem, para variar, o Jornal Nacional da rede Globo, menosprezou a inteligência de seus telespectadores. Indiretamente, como é do seu feitio, deixou transparecer que as falcatruas em SP no fundo, no fundo, é coisa do PT. 

    A Globo tá certa: PSDB e PT estão unidos: o PSDB faz a lambança e o PT, seguindo a cartilha de Taylor da divisão de trabalho, responde os inquéritos, são achincalhados e presos. 

    Isso aí, Rede Globo, grande trabalho jornalistico!!!

    Quem sabe um dia o PT aprende e para de encher o rabo de dinheiro púbico dessa corja? 

    Acho que o PT tá mesmo merecendo esta bela campanha publicitária da grande imprensa golpista.

     

     

  2. Não há vinculo politico na

    Não há vinculo politico na apuração, agora no mal feito há e muito…………..todos os tucanos possuem “cintos de castidade”……..

  3. Repetindo comentário;
    Leio e

    Repetindo comentário;

    Leio e assisto sobre as denúncias sobre propinas dadas pela Siemens e outras para obter vantagens em governos do PSDB em São Paulo. Até que enfim começa a aparecer a ponta do rabo, vamos puxar.

    Aí vem alguns indivíduos ligados ao PT,  que pelo menos as novas notícias alardeiam, me apresentam um documento, com falhas gritantes, que fornece munição para o  PSDB vir à mídia e mostrar a incompetência (não necessariamente inconsistência das denúncias) que grassa nesses indivíduos- denunciante. Será que não aprendem?

  4. Que palhaçada é essa?
    Em vez

    Que palhaçada é essa?

    Em vez de se discutir a apuração do escândalo e deixar a luz do sol desinfetar a podridão do ninho tucano, a mídia quer debater porque não se engavetou as denúncias. É inacreditável  !

  5. Novamente o PT tropeça no

    Novamente o PT tropeça no republicanismo. A tropa de choque do Psdb fez um monte de acusações e o ministro levou um delegado da PF para garantir que as investigações que estão sendo feitas não envolve ninguém com foro privilegiado. Com direito a dizer que tem amigos no Psdb. Pergunta se ele veio a público protestar contra as arbitrariedades que estão cometidas no mensalão?

    Idiotas  somos nós que ficamos nos torturando com as ações do Batcardoso. O PT tem que se danar com esse bando de covardes se exibindo como republicanos. 

    • não é republicanismo, é otarismo

      Essa bundão não tem que dar coletiva nenhuma. Tem que se empenhar em desmontar a banda tucana na PF, que é a que dá as cartas. Vide o episódio em que ela invadiu o escritório da presidencia em SP, para achar falcatrua de uma suposta namorada do Lula. E o ministro ficou sabendo pelo pig.

      Essa história de republicanismo já encheu o saco. E essa história da Dilma só ouvir o marketeiro invés de fazer um governo de “macho” também cansou. Estou cansado de defender um governo que apanha feito cão vira-lata e não reage.

  6. Nassif
    Porque a Madame ainda

    Nassif

    Porque a Madame ainda mantem esse Cardoso como ministro, ele não tem que discutir com os tucanos essa pantomima armada pelo pig.

    Ele que deixe os bicudos falando sozinho e traga luz a essa podridão que atrasa o desenvolvimento do brasil.

    • Tomar sastifação

      O pessoal que anda massacrado nos trens e ônibus de São Paulo deveriam ir pessoalmente encontrar os paladinos dos carteis e máfias para cobrar satisfação.

      Sofrer todos os dias no transporte público vergonhoso e no tráfico caótico ninguém merece.

      Não é a toa que o serviço é tão porcaria e o preço tão alto

      Os protestos de junho foram muito aquém do que deveriam, face a desfaçatez, cara de pau e roubalheira que existe.

       

      • Tem local certo para fazer a manifestação

        Na urna!

        Após mais de década de (des)governos emplumados, quem é o responsável?  Como o diz : “Follow the money, follow the power.” O “money” foi parar em uma conta “azul”  na Suiça ou em Jersey ou em outro paraiso fiscal. O “power” esta ali, no Morumbi. Não necessita ser muito sagaz para saber:  mais de uma década é tempo demais para alegações de desconhecimento do esquema!

  7. Por que responder ?

    O Ministério da Justiça, nem deveria vir a público, explicar, porque enviou esta documentação à P.F, e ao CADE, pois é um órgão federal e apartidário, ao qual cumpre a missão de resguaradr a órdem institucional e jurídica do país, e não deveria entrar na “guerra de nervos” que os “santinhos” do PSDB, querem, ou seja, as investigações devem prosseguir, envolva elas, pessoas influentes ou não, e integrantes ou não dos atuais governos PSDBistas, e/ou ex-integrantes destes.

  8. Não considero nem

    Não considero nem republicanismo nem otarismo a tucanada esta é se precavendo com medo da troca 

    ministerial  onde “Cardosão o lento” vai pegar sua malinha e vazar.No mais eles que biquem quem 

    quiser pois as investigações irão prosseguir  e dependendo de quem for para pasta…”penas azuis”

    irão voar..agora se haverá punição? Bem ..”globo”  Veja etc..certamente não deixararão, ..que bom se

    morressem abraçados…uma “quimera.

  9. Peraí.
    Um Ministro da

    Peraí.

    Um Ministro da Justiça, legalmente responsável pela Polícia Federal, convoca uma coletiva de imprensa para se defender das “acusações” de que teria cumprido o seu dever imposto por lei, ou seja, repassou notícia crime ao órgão que comanda?

    Às vezes me pergunto em que país ou mundo em que vivo.

  10. Sinceramente, o único fato

    Sinceramente, o único fato que chamou minha atenção foi que a fls apresentada para dizer que era uma fraude…era datada de junho/13 e seu nº.

    Passavam de mil folhas. 

  11. Quantas as matérias desta

    Quantas as matérias desta semana e que saíram na mídia, outra questão parei para observar :

     

    o tal pedido pra entrar na Vale – a matéria que trouxe tal parágrafo, foi no dia 21. (neste dia foi colocada na pauta do STJ julgamento para dia 26)

     

     

    A pergunta que eu faço, Existe isto na tal carta, ou foi inserido por aquele que recebeu notagrificamente seu depoimento?

    Teria ele enviado curriculum para esta empresa? Em que data? enviou para outras?

     

  12. Em relação a

    Em relação a “instrumentalizar” a PF, talvez o caro Senador Aécio poderia perguntar o que pensa Roseana Sarney. Esses tucanos tem problema de memória seletiva e saem falando m… que geralmente volta para eles como um bumerangue.

  13. Se coça Zé…

    Morrendo de receio ao investigar as falcatruas de corruptos (tucanos) e corruptores (propaganda) da mídia achou que colocando as barbas de molho seria poupado mesmo quan do evetualmente mostrasse serviço. Dantas meu…

    Tem outro cartel dessa turma aí estão no ali na João Mendes coronéis do café se estabelecem como norte coreanos de pai pra filho no TJSP.

    Bate de frente…quero ver abandonar a medíocridade(improvável).

  14. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome