Com Kakay e advogados de Renato Freitas, TVGGN discute a polêmica cassação do vereador de Curitiba

Nassif recebe o vereador Renato Freitas (PT) e sua defesa, para comentar os últimos fatos de um processo de cassação marcado por racismo

Renato Freitas e Kakay no TVGGN Justiça

Nesta sexta-feira (20), o programa semanal TVGGN JUSTIÇA debate a tentativa de cassação contra o vereador de Curitiba, Renato Freitas (PT). Em fevereiro, o petista foi acusado de quebra de decoro parlamentar após fazer uma manifestação contra o racismo na Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos.

Porém, as gravações do local mostram que Freitas não interrompeu o culto, porque, no momento em que ele se aproximou do púlpito, não estava sendo celebrada missa.

Durante esta semana, o processo de cassação do mandato foi suspenso por liminar da Justiça. Há suspeita de parcialidade do relator, que teria enviado e-mail com injúrias raciais a Freitas. O e-mail chama o vereador de “seu negro” e diz que a Câmara de Curitiba será “branqueada”. “Volte para a senzala”, teria escrito o vereador Sidnei Toaldo (Patriotas), relator do processo de cassação.

Renato Freitas no GGN

No programa, o vereador falará sobre como o racismo tem movido o processo de cassação. Além dele, participam ainda os jornalistas Luis Nassif e Marcelo Auler, o juiz e professor de Direito Eduardo Appio e a defesa do vereador: Edson Abdala, Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, e Guilherme Gonçalves.

Assista à live a partir das 18h00 desta sexta (20). O vídeo fica gravado em nosso canal.

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ricardo

- 2022-06-03 10:01:19

Viva Renato Freitas!

zegomes

- 2022-05-21 17:42:51

Esse rapaz pode ser muito bom, uma promessa política, o Brasil precisa disso. Mas cometeu um erro gravíssimo. Ele precisa aprender uma boa lição para voltar mais maduro, mais inteligente, mais capaz de lutar pela população e pela democracia. Ele invadiu com sua turma, num arroubo de arrogância, uma igreja onde as pessoas estavam reunidas. Ele tinha a praça em frente, onde já tinha se manifestado, por que foi cometer esse ato grosseiro, inútil, que só mancha a Esquerda, a troco de que? Amadureça, Renato, e volte mais inteligente. O povo negro e o Brasil precisam de você.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador