Com Marcos Valério, Moro colhe hoje mais um depoimento para atingir Lula

Jornal GGN – Detrator do PT no mensalão (AP 470), o empresário Marcos Valério, transformado em réu na Lava Jato por lavagem de dinheiro, será ouvido pelo juiz federal Sergio Moro, em Curitiba, nesta segunda (12). Valério deve dar mais elementos para a ação da força-tarefa contra o ex-presidente Lula.

O publicitário é acusado de participar de uma suposta operação para repassar R$ 6 milhões ao empresário Ronan Maria Pinto, dono de empresas de ônibus do ABC paulista e do jornal Diário do Grande ABC. O caso teria ocorrido em 2004, após a morte do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel (PT). 

Segundo depoimento de Valério no âmbito do mensalão, Ronan teria cobrado o pagamento para não associar a cúpula do PT – incluindo Lula – à morte de Celso Daniel. O dinheiro teria sido obtido por meio de um empréstimo junto ao Banco Schahin. O pecuarista José Carlos Bumlai teria intermediado a transação, cujo total estaria na casa dos R$ 12 milhões. Metade teria sido repassado a Ronan.

O pagamento do empréstimo ao banco teria sido feito através de um contrato com a Petrobras para operação de navio-sonda, no valor de 1,6 bilhão de dólares, fechado cinco anos depois em 2009.

De acordo com a Lava Jato, os R$ 6 milhões de Ronan serviram “para a compra do controle acionário do jornal Diário do Grande ABC e também para aquisição de ônibus para suas empresas de transporte público coletivo”, apontou o Estadão.

Leia também:  Por que o miliciano Adriano da Nóbrega pode ser mais perigoso morto do que vivo?, por Juan Arias

Moro também ouve hoje o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, réu por lavagem de dinheiro para o partido.

Cumprindo pena, em Minas Gerais, a defesa de Marcos Valério tenta fechar um acordo de colaboração com o Ministério Público do Estado. Há rumores de que ele entregaria detalhes do chamado mensalão tucano, entre outros casos envolvendo o PSDB.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

16 comentários

  1. O judiciário brasileiro já

    O judiciário brasileiro já era ruim: elitista e um dos mais caros do mundo. 

    Agora, veio a superação com o doutô moro, o juiz da globo, querendo pegar Lula de qualquer jeito para não ameaçar a eleição dos tucanos em 2018.

    Pobre Brasil!

  2. Isso só mostra o quanto esse

    Isso só mostra o quanto esse juizéco está sem nenhuma prova contra Lula. Está indo buscar em todo lugar para ver se acha alguma coisa. Não me surpreenderia se fosse procurar a ex-namorada de Lula que deu um depoimento contra ele na época da campanha de 89.

  3. Moro, não tente perseguir um

    Moro, não tente perseguir um homem íntegro. O presidente Lula você sabe que é sério e não estar envolvido em maracutaias. Não abuse da serenidade da maioria dos brasileiros. O Brasil e o presidente Lula não merece essa perseguição…

  4. Infelizmente esse juiz canalha só será desmascarado e desmoraliz

    Infelizmente esse juiz canalha só será desmascarado e desmoralizado quando a ONU acolher a defesa do Lula e condenar o judiciário brasileiro pelos abusos da lava jato. Até lá, será esse circo deprimente que somos obrigados a assistir todos os dias. Não tenho a menor dúvida que a corte de direitos humanos da ONU irá fazer justiça e expor todas as entranhas nojentas desse judiciário brasileiro imundo.

  5. Provas?

    Desde quando, sob um governo totatilário, corrupto e golpista, a justiça igualmente corrompida, um juiz analfabeto necessita de provaspra condernar alguém que, na visão deles é um grande problema? Lula está sendo inocente. Ele vão prender o Lula sim.É simbolo que Lula represente, e este símbolo tem quer destruído e será.

  6. Cinquentenário

    O roubo de dinheiro público através de agências de publicidade completou 50 anos:ele foi “legalizado” pelo decreto 57.690, de 1de fevereiro de 1966, assinado pelo ministro Perachi Barcelos e, naturalmente, pelo ditador Castelo Branco. Esse ato introduziu na negociação entre duas partes – um comprador e um vendedor – uma terceira figura, que levaria obrigatoriamente 20% do dinheiro envolvido.  Bem, esse decreto objetivava regulamentar a lei 4680/65, que trata da profissão de publicitário, mas cometeu a fraude de trocar  documento agasalhado pelo art. 17 da lei – “os princípios e normas do Código de Ética dos Profissionais de Propaganda” – pelas Normas-Padrão da Asssociação Brasileira de Agências de Propaganda.  As normas-padrão é que estipulavam a cobrança dos 20%, que, diga-se de passagem, foram objeto de muitas emendas na tramitação da lei, TODAS ELAS RECUSADAS PELO CONGRESSO. A saida encontrada pelos facínoras, então, foi a trapaça na redação do decreto.  Mas o roubo não parou aí.  Como todas as agências envolvidas em licitações tinham que apresentar o mesmo preço – 20% do total da verba – os administradores podiam escolher a que mais lhes interessasse. Advinhem qual era… Mas o assalto aos cofres públicos não parou por aí: se a agência ia levar 20%, era melhor para ela que o anúncio custasse duzentos, e não cem. Qualquer dúvida pode ser esclarecida verificando o preço que uma estatal paga por determinado tempo de tv e qual o preço cobrado das Casas Bahia. Como o STF conseguiu julgar o “mensalão” sem descobrir nada disto?  Será que o Moro agora vai descobrir?

  7. Apontem na história da

    Apontem na história da Humanidade alguma Nação que prosperou, evoluiu, em cenários nos quais os interesses e os esforços em busca do bem comum foram ofuscados por ninharias e mesquinharias. Teriam Alemanha, França, Reino Unido, Estados Unidos, alcançados patamares tão elevados de civilização caso condicionassem a escalada a um eterno jogo de prioridades “negativas”? Todas elas em algum momento enfrentaram dificuldades iguais ou maiores, bem maiores que o nosso país. A começar por guerras e crises econômicas terríveis. 

    Já por estas paragens o grande projeto de Nação, a prioridade  das prioridades, é transformá-la numa grande e vistosa delegacia de Polícia.. O resto é secundário. 

    Há pouco saiu o resultado do IDEB(Índice de Educação Básica). Ceará, estado paupérrimo, deu um “banho”. Aqui e ali, quase que escondido, nos meios de comunicação apenas notas que se eclipsam frente ao realmente “importante”, “estratégico” para o país: a Lava a Jato e seus delatores, se Lula vai ou não preso, a “última” do Juiz Moro, e por aí vai. 

    Com todo o respeito aos que vão ler esse singelo comentário, mas tenho que desabafar: HAJA SACO!

     

  8. O juiz da globo é o samba de

    O juiz da globo é o samba de uma nota só. Aliás, o judiciário inteiro. O Marcos Valério teria muito a falar, mas é sobre Eduardo Azeredo, o Néscio e a curriola tucana aqui de Minas Gerais. 

    • o juiz…

      Onde está a Lava Jato agora que “já fez sua tarefa”? Agora que já destruiu décadas de trabalho e reputação das maiores empresas brasileiras? Cabe a pergunta: para quem está servindo tudo isto? Para o Brasil? Todo o Poder Judiciário e o combate à criminalidade à corrupção se baseia numa única vara da Justiça Federal de Curitiba? 

  9. Moro já está desmoralizado,

    Moro já está desmoralizado, pela simples preseguição implacável ao Lula.

    Quando der ordem para prisão, se houver, não terá o impacto desejável.

    Será o mais do mesmo.

    Está perdendo a graça.

  10. Num futuro próximo…

    Colega de Lula em 1966, o empresário aposentado José, transformado em réu na Lava Jato por qualquer coisa que não tenha nada a ver com a Petrobrás, será ouvido pelo juiz federal Sergio Moro, em Curitiba, nesta segunda (12/09/2025).

    José deve dar mais elementos para a ação da força-tarefa contra o ex-presidente Lula, que supostamente teria conhecimento do extravio de duas porcas, três parafusos e um martelo, conforme detectado por um inventário patrimonial emitido à época e vazado esta semana com exclusividade para a Revista Óia.

  11. Esclarecido!..

    Esse caso do Celso Daniel já está ais do que esclarecido!….Pura perseguição de Moro a Lula!….

  12. Lava mal e porcamente

    Dizem que:

    O juíz Choro encontrou um descendente de Joaquim Silvério dos Reis, que afirma que o Temer e FHC não são admiradores de seu ancestral, mas, ……… que algum nordestino, destes analfabetos e ganhador de bolsa família, e partícipe da inconfidência teria contribuido financeiramente para a eleição de Lula.

    O juíz Choro deve fazer uma “cruzada” para saber se o enforcamento de Tiradentes teve participação de Lula. Um comerciante declarou que Lula comprou uma corda em seu estabelecimento, que ele não se lembra quando, pois já faz algum tempo. Já procuram por um terrorista, alcaguete Aleijadinho e devem coloca-lo na masmorra e aí ele fala, se não puder desenha ou esculpe.

    Última hora: O MPF desmentiu a busca de provas de que Lula foi responsável pela morte de Tiradentes, afinal Tiradentes era um destes patriotas de merda e devia mesmo morrer. Não deve ter relação com Lula.

    Em todo caso, foi pedido o exame de balística da bala que matou Getúlio, e se Lula possui alguma arma de fogo.

    Mais última hora ainda: O MPF desementiu esta notícia, pois Getúlio também era um patriota de merda.

     

  13. Moro tem ou não conta no

    Moro tem ou não conta no exterior? Afinal, como pretende sobreviver  nos próximos anos neste país? Pelo  que faz ,com esmero e dedicação,não vai sobrar muita coisa,pelo menos para manter  o nível de 70mil reais  por mês. O país  ,de seu futuro lar,até dá para adivinhar qual seja, aquele o qual  reverencia e cultua com extrema devoção cívica.

  14. Se delatar o Lula sairá livre

    Se delatar o Lula sairá livre com toda certeza.

    Provas. Ora, isto não vem ao caso.

    O Lula mandou matar o Celso Daniel, isto se não matpu pessoalmente.

  15. Lula é o maior brasileiro que

    Lula é o maior brasileiro que já existiu. É simples assim. Isso é que os atemoriza. E vou além. Se Lula se candidatar em 2018, nada vai segurar a onda. Será o Brasil da esperança vencendo o Brasil do ódio. “Sem medo de ser feliz”. 

  16. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome