Com nova formação, CNMP deve punir Dallagnol

Dallagnol que já acumula 16 representações deve ter os seus casos retomados pelos novos integrantes do CNMP

Jornal GGN – A nova formação do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) está sendo como um risco ao procurador Deltan Dallagnol. Isso porque o coordenador da força-tarefa de Curitiba deve ser, pelo menos, “advertido” pelo Conselho por suas atuações polêmicas.

A informação, do Painel da Folha, é que Dallagnol que já acumula 16 representações deve ter os seus casos retomados pelos novos integrantes do CNMP. Um dos casos recentes teve a paralisação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, que acatou a um pedido do procurador e travou a análise do processo, que estava pronto para o julgamento.

Entretanto, com a repercussão negativa, os demais ministros do Supremo devem contrariar Fux. Dallagnol seria julgado na última terça-feira (12) por ofensa a ministros do Supremo, em uma representação que foi assinada pelo próprio presidente da Corte, Dias Toffoli.

A declaração que levou ao processo foi quando o procurador disse que as decisões do STF são um tipo de “leniência” a favor da corrupção e que Toffoli, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski eram uma “panelinha” dentro do Supremo.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Thompson Flores deveria ser afastado do caso do sítio de Atibaia

7 comentários

  1. O “grande gênio” dos procuradores, que usa e manipula o MP para colocar em prática um projeto de poder, pagará por seus crimes? Sei não…
    Uma coisa é certa: A punição ou a não punição desse moleque, servirá de norte para os demais procuradores orientarem o seu comportamento.
    É bom que o CNMP tenha isso bem claro.

  2. Em qualquer país decente, este merdinha já teria sido demitido e preso, mas aqui na república das bananas o corporativismo e o compadrio deixam criminosos de todo tipo impunes.

  3. Impressionante, este procurador pratica acobertamento/profissional previsto nas normas da OAB, usando cargo público e comete crime contra a nação, comprometendo uma eleição nacional com milhões de votos, com 16 denúncias acumuladas contra ele, levando o país ao abismo político/financeiro.
    E, o Ministério Público esta pensando se vai adverti-lo.
    NÃO É POSSÍVEL!
    Este cara deveria ser demitido e preso.

  4. Fazer insinuações a respeito de ministros do STF foi o menor dos crimes cometidos por este larápio.
    Os maiores foram os crimes lesa pátria cometidos e levados a cabo por orientação estrangeira que liquidaram com as empresas e projetos nacionais.
    Por este crime não deveria haver perdão.
    A pena seria o fuzilamento. Seria só o primeiro.

  5. Nassif: piada logo de manhã? Desde quando esse pessoal atira no pé? Espirito de Corpo ativo só se altera quando querem desviar o assunto, mascarando outro, maior. Quando muito um pito no GogoboyAvivado. Isso porque deu mole e se enroscou com as denúncias do Intercept. Será um mártir da maioria da classe. E só…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome