Conserino desacata Conselho Nacional do Ministério Público

Jornal GGN – O promotor de Justiça Cássio Roberto Conserino, do Ministério Público do Estado de São Paulo, diante da decisão do Conselho Nacional do Ministério Público de suspender o depoimento do ex-presidente Lula e de sua esposa Marisa Letícia, no que se refere ao tríplex do Guarujá, que supostamente pertenceria à Lula, leu uma nota sobre o posicionamento da entidade. A nota recebeu a assinatura de Conserino e dos promotores Fernando Henrique de Moraes Araujo, José Reinaldo Guimarães Carneiro, José Carlos Guillem Blat, e nela a afirmação de que o MP-SP apresentará informações ao CNMP para reverter a decisão e seguir com a investigação. Sentindo-se, na nota uma provocação a Lula, de que “ninguém está acima da lei”.

Diz a nota que “os promotores de justiça condutores da presente investigação criminal levarão informações e documentos ao CNMP, a fim de obter urgente revisão e reversão da decisão proferida, para que possam cumprir o objetivo de apurar os graves fatos envolvendo pessoas que se consideram acima e à margem da lei”.

Além disso, não faltaram ataques ao deputado Paulo Teixeira (PT-SP), que entrou com a liminar responsável pela suspensão do depoimento de Lula. A nota afirma que Teixeira pediu providências em nome alheio, sem ter procuração para isso.

Com a palavra o CNMP

O Conselho Nacional do Ministério Público também divulgou nota explicando o fato e o ato. Em decisão monocrática do conselheiro Valter Shuenquener, foi deferida, parcialmente, medida liminar para suspender a prática de qualquer ato pelo promotor de Justiça do Ministério Público de São Paulo, Cássio Roberto Conserino, relacionado ao Procedimento Investigativo em questão, até que o plenário do Conselho delibere sobre a alegação de ofensa ao princípio do Promotor Natural na questão.

A medida suspendeu, então, os depoimentos do ex-presidente Lula e de sua esposa, Marisa Letícia, que ocorreriam nesta quarta, dia 17. O conselheiro determinou que o promotor de justiça e o procurador-geral de Justiça do MP/SP prestem informações no prazo de 15 dias.

Leia também:  A estreia de Guilherme Boulos na Folha, por Gustavo Conde

O relator afirma ser o papel do Conselho aferir se o MP está observando sua tarefa administrativa de distribuir procedimentos de investigação, dentro outras prerrogativas, “o princípio constitucional do Promotor Natural”. E complementa dizendo que “não tem o objetivo de blindar nenhuma pessoa de qualquer investigação, mas a de averiguar se o devido processo legal está sendo respeitado”.

O conselheiro não considera recomendável a manutenção dos depoimentos sem que antes o Plenário do CNMP possa apreciar essas alegações de ofensa.  “A manutenção do ato poderia, acaso se entenda, em momento futuro, pela falta de atribuição do referido membro e da necessidade de livre distribuição do feito, até mesmo ensejar uma indesejável nulidade no âmbito penal”.

A nota informa que a decisão veio após análise do pedido de providências requerido por Paulo Teixeira, deputado federal pelo PT, que alegou que o Procedimento deveria ter sido distribuído à 1ª Promotoria Criminal ou, no mínimo, ter-se procedido à sua livre distribuição, “uma vez que há outro procedimento que trata de assuntos correlatos em tramitação na 5ª Vara Criminal de São Paulo”, que engloba a 1ª Promotoria.

Shuenquener conclui que a suspensão cautelar foi a medida mais adequada.

Na próxima terça-feira, 23 de fevereiro, na 4ª Sessão Ordinária, a liminar deverá ser analisada pelo Plenário do Conselho Nacional do Ministério Público – CNMP.

Com a palavra os advogados de defesa

A defesa do ex-presidente Lula da Silva e de sua esposa Marisa Letícia enviou na tarde desta quarta-feira, nota a respeito do pronunciamento do Promotor Cássio Roberto Conserino, do MP-SP. Leia a nota na íntegra.

Nota     

A respeito da nota lida na data de hoje (17/01/2016) pelo Promotor de Justiça Cássio Roberto Conserino, do Ministério Público do Estado de São Paulo, criticando a decisão proferida pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) no Pedido de Providências nº 1.00060/2016-42, do CNMP, formulado pelo Deputado Federal Paulo Teixeira (PT), que suspendeu a tramitação do Procedimento Investigatório Criminal (PIC) nº 94.0002.000727273/2015-6, em trâmite perante a 2ª. Promotoria de Justiça da Capital, esclarecemos, na condição de advogados do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e de sua esposa, a Sra. Marisa Letícia Lula da Silva, o seguinte:

Leia também:  Como frear o assédio judicial ao jornalismo independente?, por Leda Beck

Violação ao princípio do promotor natural. O promotor de justiça Cassio Roberto Conserino não instaurou o procedimento investigatório criminal de ofício (sem provocação), como alegou em sua nota. A instauração se deu em 25/08/2015, a partir de Representação Criminal (Notícia de Crime) formulada por Waldir Ramos da Silva em 19/08/2015. Essa representação foi direcionada aos Promotores de Justiça Cassio Roberto Conserino, José Reinaldo G. Carneiro e Fernando Henrique de Moraes Araújo. Portanto, o caso não se enquadra no §4º, da Resolução 13/06 do CNMP, citado por Conserino, justamente porque não houve instauração de ofício. Houve Notícia de Crime que deveria ser distribuída na forma do §3º do mesmo ato normativo, que prevê: “§ 3º A distribuição de peças de informação deverá observar as regras internas previstas no sistema de divisão de serviços”. E as regras internas do Ministério Público de São Paulo, em especial o Ato Normativo nº 314-PGJ/CPJ, de 27 de junho de 2003, estabelece em seu art. 3º, §4º, que a “decisão de instauração do procedimento administrativo criminal caberá ao Membro do Ministério Público a quem a ‘notícia criminis’ for distribuída, segundo as regras ordinárias previstas no sistema de divisão de serviços”.

Antecipação de juízo de valor. Não é verdade que “apenas foram divulgados fatos e informações de interesse público, sem que isso possa gerar qualquer suspeição dos promotores de justiça condutores da investigação”. Na edição nº 2462 da revista Veja, que começou a circular em 23/01/2016, o promotor de justiça Cássio Roberto Conserino concedeu entrevista afirmando, de forma peremptória e inequívoca, que “Lula e Dona Marisa serão denunciados”. E prossegue: “Vamos oferecer denúncia pelos crimes de citei, sem prejuízo dos crimes federais que esse caso também contempla”. Por seu turno, em entrevista concedida à rádio Joven Pan em 24/01/2016, Conserino afirmou: “As provas testemunhais, documentais e circunstanciais, nos dão guarida para fazer essa análise, de uma possível denúncia”. Houve, portanto, clara antecipação de juízo de valor em procedimento investigatório não concluído, no qual o ex-Presidente Lula e sua esposa sequer tinham sido ouvidos. Tal conduta viola o disposto no art. 8º da Resolução nº 23/2007 do CNMP, segundo a qual em procedimentos investigatórios o membro do Ministério Público deve se abster de “externar ou antecipar juízos de valor a respeito de apurações ainda não concluídas”.

Leia também:  Justiça nega pedido de adiamento do Enem

Obediência à lei. O ex-Presidente Lula e seus familiares atenderam a todos os pedidos feitos pela Justiça e pelos órgãos de investigação até a presente data. Não temem qualquer investigação desde que conduzida por autoridades imparciais no exercício de suas atribuições legais, ou seja, uma investigação que não esteja acima da lei.

Nova antecipação de juízo de valor e afronta à autoridade do CNMP. A nota lida pelo promotor de justiça Cassio Roberto Conserino nesta data, ao insinuar que o ex-Presidente se consideraria “acima e à margem da lei” implica em nova antecipação de juízo de valor, deixando clara a parcialidade que inspira a sua atuação no caso concreto. Também mostra que Conserino resiste à autoridade e competência do CNMP ao sustentar que a decisão liminar proferida não passou de um erro de seu eminente Conselheiro prolator.

Cristiano Zanin Martins e Nilo Batista

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

63 comentários

    • Ainda bem…

      Ainda bem que existe um “Barroso” lá e um “Shenquener” acá para aplicar a lei como se deve e de forma imparcial.

      Fosse o Judiciário feito só de “Barbosas” e “Moros”, a inquisição já estaria reestaelecida no Brasil, assim como a Pena de Morte sem julgamento.

      Só néscios, descerebrados, tolos e babacas criticam as ações de Barroso e Shuenquener, assim como as Lewandovsky e demais membros do judiciário que se mostram legalistas e imparcias…

    • E por que não?

       

      E por que não?

      […] Gilmar lá… Conserino acá […]

      O teu repértório de babaquices é inesgotável! Que coisa, hein?:

  1. No dia que promotores e pf se
    No dia que promotores e pf se voltarem contra os Marinhos e caciques do Psdb, eu volto a acreditar que suas ações são voltadas a denunciar crimes e prender culpados.
    É, teoricamente, inadmissível não haver investigação contra Aécio Neves em relação a Lava-jato, não haver investigação contra políticos no caso do metrô e a história do helicóptero com 500 kg de cocaína ter virado fumaça, ninguém preso e o veículo devolvido aos donos.
    O ministro da justiça tem que sair. Que se investigue todos. A situação está beirando o ridículo.

  2. Um novo Moro estaria sendo

    Um novo Moro estaria sendo gerado nas entranhas do Judiciário?

    Esse aí é que pensa que está acima da Lei e q a LEI É ELE!!

    Não respeita nem as normas internas,imagina a Constituição!!!!

    Vamos ver os próximos capítulos da novela”PALADINOS DA MORALIDADE”

    Produção: Goebells de Televisão

    Co-produção:(Moro)listas Independentes do Brasil S/A

    Produtor Executivo:Fiesp/EUA/PSDB

  3. “os promotores de justiça

    “os promotores de justiça condutores da presente investigação criminal levarão informações e documentos ao CNMP, a fim de obter urgente revisão e reversão da decisão proferida, para que possam cumprir o objetivo de apurar os graves fatos envolvendo pessoas que se consideram acima e à margem da lei”

    Já condenaram antes de investigar.

  4. O que leva um promotor a se

    O que leva um promotor a se expor a esse ponto, dinheiro, status, ambição política….o tempo dirá

  5. Acho que nunca li em nenhum

    Acho que nunca li em nenhum pais um ex-presidente ser desacatado dessa maneira como o Lula.

    Comparando com os EUA existem muitos reacionarios que odeiam o Obama, mas nao chegam a desrespeitar a pessoa e muito menos fazer acusacoes sem provas.

    Aqui o Lula eh capaz de ser chamado pra depor por qualquer promotor sem ter ao menos uma prova! Para promotores e juizes o Lula eh tratado como eles tratam as suas faxineiras.

     

  6. Moro morro de morrosidade

    Esse Conserino sem conselho achou que foi consentido a sua aberração. Moro se deu de novo.

  7. Que absurdo! Os mesmos

    Que absurdo! Os mesmos estrelinhs, que vivem babano atrás dos holofotes e câmera da Globo, agora querem um estado de exceção. Sr. Blat é aquele das carteiradas. Acho a necessidade do STF dar um basta ou produzir uma grave crise, em nome de aventureiros. 

  8. de novo esse blat ??? esse

    de novo esse blat ??? esse promotor aí é figurinha carimbada, em várias eleições aqui em SP ele aparecia com um caso (acho que era Cabesp) pra prejudicar o PT

     

    o ministério público brasileiro foi uma das piores tragédias que já se abateram sobre o Brasil, é um câncer

  9. São Paulo se levanta em armas

    São Paulo se levanta em armas para defender um promotor folclórico que quer aparecer de qualquer forma.

    Esse filme já passou em 1932.

  10. A defesa de Lula deveria

    A defesa de Lula deveria interpelar esses procuradores para que esclareçam quem é que eles acham que se considera acima da lei. Virou palhaçada agora.

  11. não sei como o mpf pauiista

    não sei como o mpf pauiista pode julgar qualquer coisa se tres de seus

    membros já se declarararam contra lula sem sequer ouvi-lo….ou ouvir a defesa..

    é o esrtado de exceção..

    .se eu quero é porque tem de ser como eu quero – diz esse mpf paulista….

  12. MP/SP:  partidário,

    MP/SP:  partidário, atucanado, achando-se acima da lei e da Constituição Federal, emitindo juízos antes de oitivas e carecendo de punição exemplar.

    Acham que o Brasil inteiro é a geléia institucional em que São Paulo se transformou? É isso?

    Acham que somos todos idiotas leitores da Veja, Estadão e Folha e que podem fazer o que bem quiserem?

    Acham que podem gastar dinheiro público para as suas estripulias político/partidárias ao arrepio das normas do próprio MP sem nenhuma reação?
     

    Já passou da hora de enquadrar essas figuras sinistríssimas na lei. 

    Essas figuras do MP/SP contribuem para a insegurança jurídica, criam bolsões de ódios, desacreditam o Ministério Público como um todo e podem provocar tragédias em função disso. Imagine-se uma batalha campal em frente ao Fórum da Barra Funda com feridos e mortos? De quem seria a responsabilidade que não do MP/SP e do tal promotor midiático?

    Soltar nota contra a decisão do CNMP é atitude de absoluta insubordinação funcional passível de sanção sim, uma vez que o CNMP é órgão de controle do Ministério Público. Ou alguns (muitos) integrantes do MP acham que estão acima do ordenamento jurídico nacional, quero dizer, acima das leis?

    O que querem essas figuras sinistras pagas com enormes salários às nossas custas? 

    Convulsionar ainda mais o país?

     

     

     

     

     

     

  13. Esse Conserino acha que engana a quem, quando diz?

    “ninguém está acima da lei”.

    O povo simples e analfabeto do Brasil, sabe e sempre soube que a elite não cumpre lei, nem reponde por seus crimes.

    A vantagem do povo pobre, é que não precisa ter cara de pau para proferir mentiras.

  14. está lá está cá

    Realmente fica dificil de levar a sério este pais ainda mais São Paulo, o plaboy do MP vai para “revista veja” tem seus quinze minutos de fama e antes mesmo de avisar ao interessado comunica que o interrogatório é apenas pró-forma pois já vai indiciar.

    Nosso amigo Pompeu pelo visto concorda, né mesmo? e  o De Grandis que esqueceu as pastas no arquivo, concorda também Pompeu? Depois  não entendem porque tomam água de volume morto.

     

  15. Ese promotorzinho, a quem

    Ese promotorzinho, a quem falta um pedaço do cérebro, além de pecar contra o princípio do promotor por prevenção e por distribuição, também o faz por falta de competência “ratione materiae”, uma vez que não lhe cabe propor ação sobre a matéria objeto da pretensa investigação. A competência é da Seção Judiciária Federal de São Paulo.

  16. comportamento dos mais desordeiros…

    mesmo conhecendo cada uma das regras, presumo, o promotor(?) decidiu humilhar Lula e esposa justamente com a que ofende todas as outras regras,

    com a regra da desordem, acreditando, talvez, que ninguém se apresentaria para instituir a ordem

    como foi noticiado que já aprontou outras, estamos diante de um Promotor de Justiça ou de um desordeiro?

  17.  
    É preciso uma nova

     

    É preciso uma nova constituinte para acabar com esse poder ilimitado dos MPs. Os MPs da forma que se encontram hoje é fator constante de instabilidade para o País. 

    É preciso um novo medelo de MP para o Brasil.

  18. Se ele tem as “tais provas”,

    Se ele tem as “tais provas”, QUE FAÇA USO DELAS!

    Seria o caso de PENALIZAR O PROCURADOR caso as AFIRMAÇÕES DELE SE DEMONSTREM VAZIAS!

    PROVAS!

    PROVAS!

    PROVAS!

    E tudo que ele disse caberia como uma luva para os marinhos….

    Ele está atrás da pessoa errada…

  19. acredito que nada tem…

    só um amontoada de opiniões publicadas por veja, folha, band, globo, gilmar, cunha, moro

    o coletivo que ele diz que representa estava lá também: 2 ou 3 de somos todos moro

    mas já foram ronaldo, já foram cunha, já foram militares, já foram cia, enfim

    são tão midiotas que já foram quase tudo e não permaneceram em nada, sempre à espera de novas opiniões publicadas

    cambada de infelizes, doentes, sempre apegados às convicções dos outros

  20. Discordo

     

    Ao ver diariamente a Constituição de Ulisses, sendo jogada na lata do lixo por fascistas travestidos de “promotores” (MPF/MPE) discordo do srs  Conserino, Fernando Henrique de Moraes Araujo, José Reinaldo Guimarães Carneiro, José Carlos Guillem Blat!

    Quem realmente “está acima da lei” hoje no Brasil são os palhaços prepotentes! Deveriam se olhar no espelho!

    Na verdade esses palhaços não passam de um bando de covardes que sempre se lascaram para o povo!

    Afinal,  algum palhaço acobertado pela imprensa vigarista, está preocupado em cumprir a LEI que juraram cumprir, a Constituição?

    QUE SE LASQUEM TODOS VOCÊS, e fiquem sabendo desde já!

    O BRASIL DEMOCRÁTICO IRÁ RETIRAR TODO PODER DO MONSTRO IRRESPOSÁVEL e INIMPUTÁVEL!

  21. http://cbn.globoradio.globo.c

    http://cbn.globoradio.globo.com/comentaristas/merval-pereira/MERVAL-PEREIRA-MOMENTO-DA-POLITICA.htm

    Merval estava hoje DESCONSOLADO com a audacia do Deputado Paulo Teixeira, como ele teve a audacia de ir ao Conselho Nacional do Ministerio Publico, ele dveria ir à Justiça paulista, segundo o douto jurista Merval. Ele ficou possesso porque o depoimento de Lula foi suspenso, como assim? Ele estava ansioso esperando o depoimento e o escracho, a bilis escorria pelo bigote, ele sempre que determinar os acontecimentos, TEM QUE SER ASSIM COMO EU QUERO, não foi assim, meus sais por favor, vou desmaiar….

  22. Quem “se considera acima da

    Quem “se considera acima da lei” eh canalha regiamente pago.  Nao eh Lula, Conserino:  eh voce.

  23. Promotorzinho na pressa em

    Promotorzinho na pressa em aparecer correu lamber o rabo da Veja e da rádio ku klux pan.

  24. Informações?

    Quem é a pessoa que formulou a Representação Criminal?

    (…) a partir de Representação Criminal (Notícia de Crime) formulada por Waldir Ramos da Silva em 19/08/2015. (…)

  25. PARA ELE ERA MAIS QUE

    PARA ELE ERA MAIS QUE JUSTIÇA, DEMONSTROU PERTUBAÇÃO EMOCIONAL!

    E continuou desferindo raiva como se as coisas fossem passionais…

    Estava babando como um cão raivoso…

    Justiça NÃO PODE SER PAIXÃO PARTIDÁRIA…

    O que ele prometeu aos outros…

  26. O Brasil já está cansado!

    O Brasil já está cansado (JÁ DEU) desse inimputáveis do MP (Federal e Estadual)

    Tenho absoluta certeza que o Congresso Nacional, dará um basta para a irresponsabilidade desses inimputáveis!

    Perguntem a qualquer prefeito, de qualquer cidade, de qualquer partido, sobre os inimputáveis irresponsáveis do MP?

  27. Sugestão para os nossos

    Sugestão para os nossos parlamentares, a promulgação da seguinte lei:

    Alteração do Código Penal:

    Dos Crimes Contra a Ordem Democrática

    Art. Constituí crime o magistrado ou membro do MP que utilizar de suas prerrogativas para fazer política em favor ou em prejuízo de facção partidária.

    Pena: 10 a 15 anos de reclusão.

    Parágrafo Único: Incorre na mesma pena aquele que investido de funções jornalísticas, promover o assédio e a perseguição de determinado movimento político partidário, de partidos políticos ou lideranças políticas, com o claro objetivo de prejudicá-los, ficando ressalvado o exercício normal da profissão de informar e praticar os atos normais do exercício do jornalismo.

     

    • excelente sugestão;;;.
      mas

      excelente sugestão;;;.

      mas como se sabe, com ese congresso atual, nada se fará neste sentido,

      uma vez que todo  os partidos, exceto o pt, obviamente, se beneficiam dessa

      perseguição absurda contra o parfido dos trabalhadores.

  28.  
    Amigos e amigas desta

     

    Amigos e amigas desta conspícua Casa Cibernética,

    perdão pelo ‘fora de pauta’,

    BOMBA! EXTRA! SENSACIONAL…

    FHC confessa que mantem contas no exterior – a auto-delação ocorreu logo em seguida à publicação da entrevista concedida pela jornalista Mírian Dutra à colega Natuza Nery da ‘Folha’

    Definitivamente, ‘O Príncipe da Privataria DEMoTucana’ esta absolutamente ‘desMOROlizado’!

    $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

    FHC usou empresa para me bancar no exterior, afirma ex-namorada

    17/02/2016

    (…)

    FONTE [LÍMPIDA]: http://www1.folha.uol.com.br/poder/2016/02/1740563-fhc-usou-empresa-para-me-bancar-no-exterior-afirma-ex-namorada.shtml
     

  29. Não é gratificante quando

    Não é gratificante quando podemos pegar uma frase dita por nossos adversários e aplicá-la de volta contra eles mesmos?

    Então, parafraseando o procurador da Lava Jato, Carlos Fernando Lima, meu recado ao promotor Cássio Roberto Conserino é: “o choro é livre em nosso país”.

  30. Promotorzinho

    É apenas um promotorzinho que adora aparecer. Talvez na próxima “entrevista” (que deveria ser proibida a juízes, membros do MP e delegados na ativa) ele apareça com uma melancia pendurada no pescoço. Sujeitinho medíocre!

  31. La loi c’est moi

    Nossos ilustres operadores do Direito estão cada vez mais fazedores do próprio direito. Exemplos como este, além do juiz (político?) Moro e seus colaboradores do MPF demonstram que o direito legislado e codificado ruma para a lata do lixo. Até os mais básicos ensinamentos de processo são pervertidos com os mais rasteiros dos argumentos, como acontece com a competência e a prevenção para direcionar ao juiz natural, conduzido pelo promotor natural. Se há algo que foge ao natural, é o promotor correr para o esgoto da Veja e outros canais a céu aberto e antecipar a denúncia.

    Se o promotor está entediado com falta de serviço, dê um passeio de metrô pra arejar as ideias e aproveite pra merendar no meio do caminho, antes de passar pelo rodoanel. Aproveita também para ler os livros de processo penal do Prof. Capez que não costumo recomendar, mas vejo alguma familiaridade no seu caso.

    Ps. Há quem diga que os intercâmbios tem estragado nossos estudantes e estes doutores cumpriram o estágio no interior do Texas. Eu desconfio que foi por alguma delegacia em uma cidadezinha do Chaco, que é mais familiar ao que está acontecendo.

  32. além de sem noção, esse

    além de sem noção, esse consentino é um perigoso ditardorzinho, que prejulga e ainda quer ter razão  

  33. “Acima e à margem da lei”

     à margem da lei. Quando estudei um pouquinho de Direito, o Promotor que dava aulas fazia questão de doutrinar que “à margem da lei” é MARGINAL. Aquele a quem as leis não alcançam, não deve, não importuna. Assim sendo, tresloucado é este promotorzinho de m#[email protected] Como pode chamar alguém de marginal sem um julgamento justo, sem uma defesa justa. Estamos na balbúrdia jurídica.

  34. Casa da mae Joana

    Quando esse tipo de promotor “anão” cospe na cara desse CNMP é que a coisa ta feia, tipo casa da mae Joana, pode afrontar a vontade e ninguem é punido.

    • Reforço de caixa

      O que esse promotor queria, já conseguiu: notoriedade, marketing de graça. Vai ser convidado a dar aula em faculdade privada para filhos de coxinhas, depois vai ser paraninfo em formatura de outros coxinhas, depois vai dar palestra bem remunerada para outras levas de coxinhas… Tudo grana, grana e mais grana. Ao mesmo tempo, angaria fãs que vão querer ser iguais a ele quando crescerem. É assim que a espécie se reproduz.  

  35. Venceremos…

    Não tenhamos medo. Não levaremos nada no caixão, a não ser as boas obras feitas durante o curto tempo de vida. “A vitória não está no fim de cada jornada, e sim em cada curva do caminho que percorremos para encontrá-la.” Quem não deve não necessita apavoramento. O que tiver de acontecer vai acontecer. Duvida?

  36. Que é A Lei?

    Quando o procurador fala que “..ninguém está acima da lei”, pode estar pensando que ele é a própria Lei? Acredito que muitas vezes algumas pessoas se confundem com a função que exercem, esquecendo que esta é temporal. 

    • Essa é uma das frases mais

      Essa é uma das frases mais mentirosas ditas “Ninguém está acima da lei”, ainda mais vinda de um membro do MP que sabe muito bem que isso é uma grande mentira.

  37. Que é A Lei?

    Quando o procurador fala que “..ninguém está acima da lei”, pode estar pensando que ele é a própria Lei? Acredito que muitas vezes algumas pessoas se confundem com a função que exercem, esquecendo que esta é temporal. 

  38. Imagina o que o apoio da

    Imagina o que o apoio da mídia provoca num sujeito medíocre como esse conserino, ele se sente o todo poderoso, a CF e a lei passam a ser mero detalhe. Afinal, ele está à serviço da Globo, que na cabeça do brasileiro e de um “Membro do MP” simplório como esse promotor é praticamente o Diário Oficial.

    Como já foi dito inúmera vezes, essa onda em muito se assemelha ao nazi-fascismo. Muitos não sabem ou esquecem que Hitler e Mussolini eram herois em seus paises, ovacionados, estavam acima da própria lei. Eles evocavam o ressentimento e o lado besta das pessoas, que juravam segui-los até a morte. E como eles acabaram depois da tragédia? Mortos e negados por aqueles mesmos que os idolotravam!!!!!

  39. Noveleiro

    Esse banana metido a justiceiro, alienado por natureza, quer holofotes e já os teve, porém fominha como é, quer mais nem que para isso tenha que fazer a historia correr na linha de raciocinio do “pequeno promotor que teve coragem de enfrentar o poderoso Lula”. Novelas piegas, credo. 

  40. essa frase sintetiza a

    essa frase sintetiza a essencia do que é o pompeu….

    não porque ele critica o governo popular e seus representanrtes,

    mas ´porque  quem o conhece dwesrte blog  sabe que não era assim….

    ele é antigo comentarfista deste blog…

    mas não tinha essas atitudes ameçadoras, tinha frases mais coerentes..

    .claro que é deselegante classificá-lo agora de gagá por ter mudado….

    a questão é mais profunda, mas ele sequer saca, por conveniencia

    e dificuildades talvez de auto-analisar-se…

    se ele mudou é porque a vida dele deve ter sido uma falácia, uma mentira,

    deselegantemente, uma merda…

    se não evoluiu de uma posição de quilíbrio para uma posição

    mais humana e compreensiva do mundo,

    é porque o passado dele deve condená-lo…

    e isso ele não quer aprofundar, né seo pompeu?

     

  41. e o uol, comprovando o

    e o uol, comprovando o conluio  do mpf paulista com grande mídia, deu manchete no dia com

    essa frase esdrúxula, estapafúrdia e criminosa dessef famigerado consentino.

  42. Uma correção ao promotorzinho.

    Uma correção ao promotorzinho. Realmente ninguém está acima da lei, somente os tucanos.

  43. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome