Foragido e na lista da Interpol, Eike Batista dividiria cela com presos comuns

 
Jornal GGN – O empresário Eike Batista segue fora do Brasil, foragido da Justiça e procurado pela Interpol. Acusado de pagar mais de R$ 50 milhões em propina ao ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, Eike foi alvo de mandado de prisão preventiva em desdobramento da Operação Lava Jato, nesta quinta-feira (26).
 
O empresário viajou a Nova York, nos Estados Unidos, e negociava com a Polícia Federal o seu retorno ao Brasil. De acordo com a sua assessoria, Eike Batista se apresentará, em breve, às autoridades, de forma espontânea.
 
Entretanto, por ter dupla nacionalidade, filho de uma alemã e sendo considerado também alemão de cidadania, a Polícia Federal decidiu alertar a Interpol para auxiliar nas buscas e para a emissão de um mandado de prisão internacional.  A suspeita é que Eike pode fugir dos Estados Unidos para a Alemanha. 
 
Especialistas avaliam, ainda, que se o empresário conseguir chegar à Alemanha, a sua volta para o Brasil seria “muito difícil”, uma vez que o país tem o costume de não extraditar seus nacionais. 
 
“A Alemanha não extradita nacionais. O governo brasileiro até poderia tentar uma extradição por vias diplomáticas. Mas a repercussão negativa da situação carcerária no Brasil, com as rebeliões, pode ser um elemento contra”, afirmou Artur Gueiros, professor de direito penal internacional da UERJ e procurador regional da República, ao Estadão.
 
Ainda mais um fator aumenta as suspeitas de possibilidade de fuga. O empresário não possui diploma de nível superior, o que faria com que ele tivesse que ocupar uma cela com presos comuns, caso volte ao Brasil. 
 

10 comentários

  1. Conjugação do verbo

    Conjugação do verbo dividir

    Futuro do pretérito

    eu dividiria.

    Vcs sabem que o futuro do pretérito é uma farsa ?

    Imagina uma cena altruísta e se acontece torna-se egoísta.

    O mundo é uma troca de interesses—-legais ou ilegais.

    E.B. NÃO dividiria a cela.Por isso que fugiu.

    Em circunstância alguma isso acontecerá.

  2. Cela comum ? Tá.
    Já se pode

    Cela comum ? Tá.

    Já se pode esperar:

    Rebelião na carceragem de Bangu I. Advogados do pretenso réu pedem indenização de Us$33.235.717,43 para seu cliente uma vez que a “alimentação” servida é claramente incompatível com os critérios gastronomicos incorporados e usufruidos por parte de seu cliente e entram tambem com ação de reparação moral aludindo que o Kisuco sabor uva é servido com quantidade excessiva de água provocando assim excesso de gases no que pode conflagar uma rebelião por clara incompatibilidade do produzido pelos outros 713 que com ele dividem o espaço da cela projetada para abrigar 4 prisioneiros. Pede-se urgente deliberação de Habbeas Corpus.

  3. espirito da lei?

    Um sujeito especial é aquele com diploma de nível superior

    O Eike, que deu emprego a dezenas de PhD é um sujeito “comum”

    Acho que a aplicação da legislação teria que ter um pouco mais de bom senso.

  4. Carne para a matilha de hienas

    Prezados,

    Todo esse espetáculo envolvendo o ex-governador fluminense, Sérgio Cabral Filho, e o dublê de empresário, Eike Batista, nada mais é do que carne jogada à faminta matilha de hienas. Notem que na esteira desse dantesco espetáculo veio a lume também uma declaração do delegado aecista da PF, Igor Romário de Paula, afirmando que o ex-presidente Lula pode ser preso em 30 ou 60 dias, num típico caso de tortura emocional, quando a esposa de Lula, dona Marisa Letícia, encontra-se em coma induzido, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, após sofrer um AVC hemorrágico.

    Observem os leitores que apenas a cúpula do PSDB têm sido preservada pelas ORCRIMs institucionais. O traidor-golpista-usurpador-corrupto profissional, o verme michel temer, só não está sob tiroteio do PIG/PPV e da ORCRIM da Fraude a Jato porque ainda não terminou de realizar o serviço sujo; MT está cada vez mais pressionado, mas gilmar mendes trata de manobrar e dar as coordenadas ao mordomo, para que ele e alguns mais da quadrilha que tomou o Executivo Federal sejam poupados. É preciso perceber que o homem mais poderoso do Brasil neste momento inglório da História é o senhor gilmar mendes. MT está nas mãos de GM. Portanto aquela reunião entre MT, GM e o Angorá, na varanda e nos jardins do Palácio do Jaburu, deve ser vista como um encontro de mafiosos e o verdadeiro chefe não é MT, mas GM.

    Rodrigo Janot e seus 14 patetas também jogam carne para as hienas, ao fingirem-se indignados com a morte de Teori Zavascki num provável atentado, ocorrido no dia 19 de janeiro, que derrubou o avião em que ele e mais quatro pessoas viajavam de São Paulo a Paraty, pedindo celeridade na homologação dos acordos de delação premiada cuja relatoria estava com Teori. O que essa turma do MPF quer mesmo é tirar o foco e abafar o caso do provável atentado que matou Teori Zavascki. Notem que o assunto já desapareceu do noticiário e as investigações e perícias não foram concluídas. É claro que, nos bastidores, já está sendo sacramentada e selada a versão oficial de que foi apenas um ‘acidente’; a culpa será colocada no mau tempo, na ausência de instrumentação no ‘aeoporto’ de Paraty e, claro, no falecido piloto; o PIG/PPV já divulgou notícia de que Osmar Rodrigues, piloto super-experiente e habituado a voar naquela rota, estava “desorientado”, uma versão pouco convincente. De qualquer forma, a retirada de foco dessa tragédia (provavelmente um atentado) dá mais tempo para que as autoridades (PF, Marinha, Aeronáutica, MPF e peritos) elaborem uma versão oficial verosímil, sem inconsistências facilmente detectáveis. Esse filme não é novo e já o vimos outras vezes.

    A matança e o caos nos presídios não podem ser vistos como fatos isolados e/ou dissociados dos demais atos do bando golpista que tomou de assalto o GF e das ORCRIMs institucionais que lhe dão apoio e sustentação. A História está se passando na nossa frente; poucos têm a capacidade de interpretar corretamente os acontecimentos no momento em que ocorrem. Como já mostrou Luís Nassif, a Teoria/Técnica do Choque do Capitalismo de Desastre está sendo aplicada com grande eficiência desde que o golpe se consumou, em maio de 2016.

  5. Se eu fosse ele fugiria para a Alemanha, pois há dois perigos.

    Se eu fosse ele fugiria para a Alemanha, pois se ele for para uma prisão comum há dois perigos, ou ele vira refém dos outros e vai ser chantageado o tempo inteiro ou pior ele organiza o pessoal e aí mesmo que vão ver o que é crime organizado!

  6. Ai que batista

    Parece ser natural entre indivíduos que ostentam alto padrão de rendimentos a socialização mútua: clubes, recepções, casas de campo, de praia, jatinhos, helicópteros, hangares, marinas, restaurantes, festividades, viagens, casamentos, formaturas, batizados, “negócios”, etc.

    Uns ostentam mais, outros são mais discretos. Mas, certamente o círculo de amizades tende a ser constituído por indivíduos do mesmo padrão econômico onde cada um deve esbarrar com os demais com bastante frequência.

    Como no Brasil este estrato econômico é composto por muito poucas famílias, as alternativas para “igrejinhas” são muito restritas.

    Assim, vivemos uma situação no mínimo curiosa. Uma grande parte do PIB nacional se encontra presa ou em vias de se-lo. Outra parte do PIB, aquela que faz parte do PIG, hoje, não apenas regozija-se com o infortúnio dos primeiros, como também ajuda a colocar mais lenha na fogueira.

    Até ai, poderíamos pensar que tudo é bastante coerente. Os primeiros envolveram-se em mal-feitos pelos quais estariam pagando agora, enquanto os segundo seriam todos virgens de pés descalços cumprindo apenas o seu papel de fiscalização da moral pública.

    Bem… sabemos qua as coisas não são bem assim…

    Me pergunto, por quanto tempo os primeiros ficarão assando em fogo lento, vendo seus colegas de golfe e recepções gargalhando e se divertindo com a desgraça alheia, antes de partirem para um acerto de contas generalizado, derrubando as vestais de seu pedestal?

    O que Eike Batista, Marcelo Odebrechtt, Camargo Correia, e outros sabem de podre não envolve apenas personalidades do mundo político. Certamente deve envolver muitos dos seus atuais algozes e companheiros de PIB.

    Ainda que para o Moro, tais revelações não venham ao caso, ainda assim o sorriso desses vestais empalideceria. 

    Que tal pensarem em publicar livros? Autobiográficos, memórias, denúncias… A reputação desses senhores já foi perdida. Nada do que for publicado os prejudicará. Mas poderiam fazer um bem enorme para desmascarar essa tremenda hipocrisia que viceja por aqui.

    Caro Eike Batista, mão a obra… sugiro até um nome para o livro: “Ai que marinhos”.

     

     

  7. Curioso país que vivemos.

    Eike vai ter prisão preventiva decretada, porque alegadamente  não é uma pessoa comum, ( para deixar claro comum aqui significa sem poderes ), embora em todos os  outros quesitos ele seja   apenas uma pessoa comum. Por outro  lado a razão de sua prisão preventiva foi decretada porque , devido a seus poderes  poderia influenciar o andamento  da investigação. Isto é seus poderes incomuns  podem levá-lo a cela de presos comuns. Será que há uma questão de lógica ou a cela de uma  prisão de pessoas comuns é que é completamente ilógica é irracional?

  8. tendo cidadania alemã…..

    se for par a Alemanha, fica por la tranquilo……..a Alemanha não vai extraditar um cidadão alemão para ser preso no Brasil de jeito nenhum……sem chance…..

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome