Gilmar diz que julgamento do HC de Lula “não foi bom” e aponta caminho para defesa

Foto: TSE

Jornal GGN – Em Lisboa para um evento jurídico do IDP, Gilmar Mendes avaliou que o julgamento do Habeas Corpus de Lula “não foi bom” porque não produziu nenhum resultado pacífico sobre a revisão da prisão em segunda instância. Embora exista maioria virtual no Supremo Tribunal Federal favorável a mudar a jurisprudência sobre execução provisória de pena, a maioria da Corte negou o recurso que garantiria o direito a Lula de aguardar em liberdade o desfecho do caso triplex.

“(…) Nos amarramos a detalhes, nos fingimos de espertos e criamos um grave problema. Não foi bom”, disse Gilmar Mendes, nesta quinta (5), segundo relatos do Estadão.
 
O ministro indicou à imprensa brasileira que cobre o evento do IDP que a defesa de Lula deveria pedir, ainda na tarde de hoje, a inclusão na pauta do Supremo das duas Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADCs) que tratam do trânsito em julgado da sentença penal condenatória, de relatoria de Marco Aurélio Mello.
 
Na visão de Gilmar, o julgamento do HC de Lula deveria ter sido suspenso até que essas duas ADCs fossem debatidas, para evitar decisões incoerentes (permitir-se que o ex-presidente seja preso agora para, depois revisar a jurisprudência). 
 
“Acredito que isso (julgar o HC separado das ADCs) se deveu a uma certa estratégia da presidência para evitar que o problema se manifestasse nesse contexto, só que o problema cresceu e, diante da condenação do Lula, desse habeas corpus, muito provavelmente vamos ter um recrudescimento”, argumentou.
 

8 comentários

    • Gilmar não é defensor de

      Gilmar não é defensor de Lula, o troll que caiu aqui de paraquedas sabe muito bem disso. Ele usa o Lula para defender os tucanos, foi pra isso que o FHC o colocou no STF. Ele quer fingir coerência já que mais pra frente farå de tudo para livrar os amigos tucanos e temeristas da prisão. 

  1. Realmente, ter o Gilmar – que

    Realmente, ter o Gilmar – que é ligado ao queridíssimos pedidores de uns trocados para a JBS – “defendendo” o Lula é realmente estranho…

    Mas o Gilmar defendendo direitos constitucionais é sinal de fim dos tempos…. vixe…

  2. Caro Nassif
    Não acredito no

    Caro Nassif

    Não acredito no Gilmar.

    A farsa, que se chamou julgamento, é para recair só, e tão somente sobre o Lula.

    Estamos num golpe. A nova ordem, em construção, é para atingir o Lula, PT, movimentos sociais etc etc

    Cada dia, tem que ficar mais visivel, o endurecimento, esse foi o papel do capitão do mato, do dito exécito do Brasil, assim como da morte da Mariella, entre outras, não repercutidas.

    Gilmar é golpistas.

    Saudações

  3. Muito discurso, nenhuma ação.

    Muito discurso, nenhuma ação. Ontem, não só ele, como o Lewando, o Mello, o balinha toffe e o decanoemcano podiam ter pedido vista do processo e, lá mesmo, no plenário, ter avisado: só volto com a apreciação do mérito deste HC depois que ínclita, preclara e acocorada presidentA pautar os ADCs. Nenhum deles fez: deixaram se cumprir o pior para o dito estado ex-democrático de ex-direitos. Podiam e não fizeram: são cúmplices. Afinal, a dona carmencita, sabem as antas, nem ao menos consegue julgar no ex-cnj as suspeições contra o desMoronado. Diria o outro: ou são muito burros ou muito sem vergonhas e, burros, não são.

  4. Gilmar Mentes é super

    Gilmar Mentes é super previsível = se a lei favorece os amigos, ele é a favor dela. Se essa mesma lei começa a ameaçar os seus amigos, ele é contra. Como essa decisão contra o Lula pode respingar nos seus amigos, Gilmar vai pra cima com tudo. É claro que se não houvesse lei da ficha limpa, GM seria favorável a Lula ir preso pra não atrapalhar o plano do PSDB de chegar à presidência novamente. E ele só está contra a prisão de Lula por temer que esse ato possa despertar o povo de verdade e aí a coisa fugir ao controle dos golpistas. Afinal, o mais importa já foi obtido = LUla não disputará 2018 e ponto final. 

  5. Se esses caminhos não levarem

    Se esses caminhos não levarem à democracia, ainda resta a Tomada da Bastilha. Parece que estão duvidando da consciência e capacidade do povo mais prejudicado com as decisões que a elite vem tomando.

  6. Só uma coisa: Gilmar,

    Só uma coisa: Gilmar, claramente e Rosa Weber, menos porque em duas oportunidades, neste e no julgamento do José Dirrceu mostrou que não  é sua opinião que vale, mas do colegiado. Se na votação das ADs prevalecer sua opinião, repetida inúmeras vezesm de que respeita 5º da Constituição, quando expressa que o réu no Brasil só será considerado culpado após a sentença condenatória transitar em julgado. Ambos Ministro, sabemos todos,  têm antecedentes confusos, mas não esquecer no julgamento dessa questão, podem representar o 5º e o 6º votos, que se cuprirem, é a vitória de milhares de encarcerados, que têm condições de aguardar a pena em liberdade. Quem quer pegar galinha não diz xô! É bom lembrar.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome