Haddad diz que há chance de condenação de Lula ser revista em 2019

Foto: Reprodução

Haddad espera que STJ julgue recurso de acordo com as provas: "se não tem, tem que ter a coragem de absolver"

da Rede Brasil Atual 

Ex-prefeito de São Paulo comemorou parecer do Ministério Público para que recurso da defesa do ex-presidente seja apreciado pela 5ª turma do STJ

São Paulo – O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) destacou como “primeira boa notícia” a decisão do Ministério Público Federal (MPF) favorável a que o recurso apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, contra a sua condenação, seja julgado pela 5ª turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Haddad visitou Lula nesta sexta-feira (28), em Curitiba, acompanhado do ex-prefeito de Osasco, na Grande São Paulo, Emídio de Souza. 

“Ontem, tivemos a primeira boa notícia. O MP reconheceu o direito do presidente Lula de ter o seu recurso apreciado pela turma do STJ, e não por um único ministro. Significa dizer que existe uma chance efetiva da sentença condenatória ser revista pelos cinco ministro que compõem a turma”, afirmou Haddad aos militantes da Vigília Lula Livre, nos arredores da sede da Polícia Federal, após visita ao ex-presidente. 

“Existe agora essa chance de essa sentença ser revista, o que pode fazer com que o nosso presidente esteja conosco em algum período do próximo ano, quando o recurso vai ser apreciado”, disse Haddad. Ele atacou como “muito frágil” a sentença do ex-juiz Sérgio Moro e o agravamento da penadecidido pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

“A gente quer que o processo seja analisado de acordo com as provas apresentadas. Se tem prova, condena. Mas se não tem, tem que ter a coragem de absolver”, afirmou Haddad, que disputou o segundo turno das eleições 2018 contra o presidente eleito Jair Bolsonaro. Segundo ele, Lula é mantido preso “como troféu” do novo governo. 

Sobre o futuro governo Bolsonaro, Haddad afirmou que é preciso conscientizar as pessoas sobre as ameaças aos direitos civis, sociais, trabalhistas e ambientais representadas por medidas que estão sendo anunciadas que, segundo ele, “não vão produzir o resultado esperado”. “Estão colocando pais contra professores, a população contra a classe artística, o produtor de alimento contra o indígena. Democracia é conciliação, e não criar oposição onde não tinha.”

Leia também:  Queiroz depositou 21 cheques para Michelle Bolsonaro, no total de R$ 72 mil

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

6 comentários

  1. Ingenuidade

    Parece que ele se recusa a enxergar a realidade. Provavelmente o STJ irá julgar o recurso de Lula e condená-lo em 3a. instância, pois a existência de provas no processo já se mostrou ser desnecessária para sua condenação pelo PJ. Aí sim, o caminho estará livre para o ilustre STF julgar e declarar a ilegalidade da prisão após condenação em segunda instância, sem o trânsito em julgado. Ou alguém acha que o douto Toffolli teve um rompante de coragem para pautar este julgamento para abril/2019 apenas para corrigir a ilegalidade da república de curitiba e TRF-4?

  2. acreditar na justiça depois

    acreditar na justiça depois de tanta infamias cometidas pelo conluio midático-parte do judiciário e mpf-  parece até piada, mas a esperança  é a última que morre como diria o grande filósofo popular do botecoo da esquina…

    na época da ditadura, enfrentada com arte e poesia, o poeta paulo  cesar pinheiro esperava que a emoção sobrevivesse na canção mordaça….

    tinha outra, Pesadelo, inesquecível.

    .. a resistencia tinha mesmo de pregar pela emoção…

    agora a pregação da  resistenciat em de ser  para a reconquista da razão, uima manera racional que explique essa loucura bolsignara muito infame, cara…..

    supõe-se que a racionalização se recupere e a razão vença essa ignorancia que pélo jeito vinga…

  3. acreditar na justiça depois

    acreditar na justiça depois de tanta infamias cometidas pelo conluio midático-parte do judiciário e mpf-  parece até piada, mas a esperança  é a última que morre como diria o grande filósofo popular do botecoo da esquina…

    na época da ditadura, enfrentada com arte e poesia, o poeta paulo  cesar pinheiro esperava que a emoção sobrevivesse na canção mordaça….

    tinha outra, Pesadelo, inesquecível.

    .. a resistencia tinha mesmo de pregar pela emoção…

    agora a pregação da  resistenciat em de ser  para a reconquista da razão, uima manera racional que explique essa loucura bolsignara muito infame, cara…..

    supõe-se que a racionalização se recupere e a razão vença essa ignorancia que pélo jeito vinga…

  4. Desserviço
    Bancar a poliana neste momento é um desserviço. Levar esperança vã a uma parte da militância só ajuda a desmobilizar. A gente tem mais é que morrer de raiva deste judiciário abjeto e desde já mobilizar o pessoal no BR e no exterior. Lula é preso político.

  5. Operação Fenix

    “A esquerda, no Brasil, só se reune na cadeia” — ditado popular

    Nassif: chego a pensar que o dasArabia tá usando do pó forneceido por Aecim. Dizem, tem talco e caulim. Porque só assim pra entender falas como essa de que “vê luz no fim do tunel” pro SapoBarbudo. Até o tunel tiraram, que dirá da luz. E o pior é que fica dando falsas esperanças a operários e pobres e nordestinos e religiosos (fora do círculo do Templo) , que têm esperança de vê-lo, pelo menos, respondendo ao processo em casa.

    A cama foi bem arquitetada por EliotNessTupiniquim. Essa de mandá-lo pra cana para ser ministro, genial. Lógico, o serviço de ineligência dos VerdeOlivas e da CIA tiveram participação fundamental. Verdadeiros cérebros da operação. E com a participação dos Sabujos do Príncipe de Paris, foi como faca na manteiga.

    À época, recomendei fosse mantida a candidatura do MelianteOperárioNordestino e deixasse que daBala e seus terroristas (sob o manto do ÇupremuEleitoral de Rosinha) faturassem. Pelo menos não tripudiariam dizendo “derrotei-os nas urnas”. Enfraqueceriam os avivados do Templo e os Gogoboys. Deixariam os do bando PSDB/DEM/PPS+detritos_de_maré_baixa sem rumo. Os da EstrelaAmarela participariam de qualquer geito. A deles é de outra forma de botim. Tanto que seu premier já veio cobrar parte da fatura.

    São falas assim que fazem com que os 56 milhões de sicários e agora governantes, que têm faca e quijo, deitem e rolem por cima dos 91 milhões de descamisados. A resistência tem de seguir outro rumo, oposto e proporcional às balas que vêm…

    A única esperança e ver naufragar, num só lançe e com administração desastrosa, os VerdeOlivas, os Avivados doTemplo (junto com o ApóstoMaldito e sua trupe), os Gogoboys, os do Judiciário, o Congresso ladrão e esses empresários safados (inclusive banqueiros). Terra arrasada.

    Renasceremos das cinzas. Mas não com discursinho chochos e sem sentido.

  6. Simmmmmmmmmm

    E vaii a revisão vai ser anunciada pelo Papai Noel e pelo Coelhinho da Páscoa e assinada pela Fada do Dente!

    Tem hora em que o velho ditado funciona: em boca fechada não entra mosca!

    Haddad tem que ter consiencia que ele não fala só  para a militancia!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome