Imóveis de Youssef encalham e vão a segundo leilão por metade do valor

Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – Os imóveis que faziam parte do patrimônio milionário do doleiro Alberto Youssef e que receberam autorização de Sergio Moro para irem a leilão acabaram encalhando e, agora, vão participar de uma segunda rodada de vendas, por metade do preço estipulado pela Justiça.

Em setembro, Moro autorizou o leilão de imóveis de Youssef apreendidos na Lava Jato. No entanto, com apenas um imóvel vendido, as propriedades vão a 2ª praça com 50% do valor da avaliação judicial. As ofertas estão disponíveis até o dia 30 de outubro no site do Canal Judicial. O leiloeiro responsável é o Afonso Marangoni.

Estão disponíveis 73 apartamentos do Hotel San Diego Express Aparecida, localizado na cidade de Aparecida (SP), com lances iniciais de R$ 60 mil cada. Na 1ª praça, um dos apartamentos foi vendido por R$ 120 mil.

Imóveis em Salvador também estão à venda, como oito partes ideais do Web Hotel Salvador, com preços iniciais de R$ 52.274,26.

Os lances podem ser realizados por meio do portal Canal Judicial (www.canaljudicial.com.br) do grupo Superbid, maior plataforma de leilões online da América Latina, através do gestor Marangoni Leilões. Mais informações pelo telefone (41) 3306-4382.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Os inimigos são os mesmos, as contradições são históricas, por Francisco Celso Calmon

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome