Inquérito contra Lula apela com exposições, falta de provas e ilações

 
Jornal GGN – A conclusão do inquérito contra Luiz Inácio Lula da Silva e dona Marisa sobre o apartamento triplex no Guarujá, indiciando-os por supostos recebimentos de R$ 2,4 milhões da OAS, mostra que força-tarefa da Lava Jato dispensou a delação do ex-presidente da empreiteira, Léo Pinheiro, sustentando a tese de propina com lógicas narrativas, sem comprovações materiais. Antes de se tornarem réus de Sergio Moro, as peças ainda precisam passar pelo Ministério Público Federal (MPF) que elabora a denúncia.
 
Os artifícios usados pelos delegados da Polícia Federal como provas de que Lula recebeu valores ilícitos foram o depoimento do ex-diretor da OAS Paulo Gordilho e fotos do político com executivos da empreiteira. As reformas no apartamento 164 do edifício Solaris foram calculadas com documentos, entre eles recibos, faltando, contudo, a comprovação de que foram provenientes de recursos ilícitos ou de favorecimento ao ex-presidente. 
 
Mensagens interceptadas de Léo Pinheiro e de Gordilho também foram usadas no inquérito, indicando que as reformas foram feitas, mas novamente sem sustentar as teses de ilegalidades.
 
MISTURA DE INQUÉRITOS
 
Apesar de tratar de inquérito específico sobre o apartamento triplex no litoral paulista, em todo o documento é forçada a relação dessas reformas com as realizadas no sítio de Atibaia, no interior de São Paulo. Em determinado trecho, o nome de Fernando Bittar, por exemplo, é levantado em uma sequência de ilações:
 
“Nesse cenário, seria razoável até que FERNANDO BITTAR recebesse as plantas do Sítio em ATIBAIA mas não se justifica que mesmo tenha recebido plantas de um imóvel ao qual assevera NÃO POSSUIR QUALQUER RELAÇÃO”, concluiu o delegado, ao analisar um email em que Paulo Gordilho envia a Fernando as plantas do triplex.
 
Em outro momento, sem introduzir contextos sobre a outra investigação sobre o sítio de Atibaia, o inquérito traz recibos da reforma feita na cozinha da propriedade, em nome de Fernando Bittar, dono do sítio, mas apreendidos em posse de Paulo Gordilho, o ex-diretor da OAS.
 
Isso, para a PF, mostra a relação de Gordilho com Fernando Bittar. O que advém dessa conclusão é que, para os delegados, consequentemente, Lula também conheceria o tal diretor da empreiteira. Neste momento, entra o trecho já aqui adiantado pelo GGN, em que o delegado expõe suas narrativas para tentar relacionar o sítio de Atibaia, o triplex no Guarujá com Lula e com Paulo Gordilho.
 
 
Contraditoriamente à conclusão final da Polícia de que o ex-presidente teria responsabilidade e seria receptor de favorecimentos exclusivamente no apartamento no litoral paulista, mais da metade do inquérito tenta incriminar Lula em fatores relativos ao sítio de Atibaia. 
 
 
TEORIAS
 
O delegado Márcio Adriano Anselmo dá grande importância ao fato de funcionários da OAS chamarem o ex-presidente de “chefe” e Dona Marisa de “dama” e “madame”. Para ele, isso seria suficiente para comprovar hierarquia de relação entre Lula e sua esposa com os executivos da empreiteira.
 
 
EXPOSIÇÕES COM FÁBIO LUIS
 
Para se comprovar que um determinado número de telefone é de Fábio Luis Lula da Silva, os investigadores fizeram questão de mostrar a foto que aparece registrada neste número no aplicativo Whatsapp:
 
 
Isso se tornou importante para os delegados para se chegar a uma outra conclusão, de que o “Amigo” citado em conversas entre Paulo Okamoto e Léo Pinheiro e com Marcos Ramalho, secretário do ex-presidente da OAS, é Lula.
 
 
E é na página 17 do inquérito que a Polícia Federal extrapola a tentativa de detectar provas para o indiciamento. “Os tópicos seguintes não guardam ligação direta com assunto tratado acima, mas demonstram proximidade de Léo Pinheiro com Fabio Luis Lula da Silva”, diz o delegado.
 
E a mensagem usada, assumidamente sem relação com a investigação, tampouco traz indícios de intimidade como tenta sustentar os investigadores. Foi um recado enviado pelo secretário de Léo Pinheiro, informando que ele deveria enviar um email para Fabio Silva. Sem mais especificações do tema que seria tratado neste email, nem outro qualquer detalhe adicional.
 
 
EXPOSIÇÕES QUE NÃO SUSTENTAM TESES
 
O início do seguinte documento, a segunda parte do inquérito, é aberta com fotos de Lula ao lado de Paulo Gordilho em um bar aparentemente de uma residência, tomando algo. Para a PF, as fotos comprovariam a intimidade de Lula com o executivo, o que não traz provas das acusações sustentadas no documento:
 
 
Ainda, quando prestou depoimento à PF, em condução coercitiva no famoso dia 4 de março, Lula não disse desconhecer o ex-diretor, mas afirmou que não se lembrava de Paulo Gordilho “por nome”. Ainda, nunca negou conhecer Léo Pinheiro. O que também conclui que todas as argumentações usadas pelo delegado para tentar comprovar que o ex-presidente mentiu se tornam ineficazes.
 
 
PAULO OKAMOTO É TAMBÉM INDICIADO
 
O primeiro momento em que Paulo Okamoto é citado ocorre na página 14 do indiciamento. É uma troca de mensagens de Léo Pinheiro e o ex-presidente do Instituto Lula, para dar sequência à lógica do delegado de que o tal “amigo” era Lula, uma vez que citam diálogos de encontros do executivo da OAS com o “amigo”.
 
A segunda vez, e considerada suficiente para indiciá-lo por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, é um documento que mostra Paulo Okamoto como contratante de uma obra feita pela OAS. Trata-se da autorização do ex-presidente do Instituto Lula de armazenar 10 containers do acervo presidencial.
 
Mas na visão dos investigadores, Paulo Tarcisio Okamoto foi o intermediador da interposição da OAS, comandada por Léo Pinheiro, “para ocultar valores pagos por esta ao Instituto Lula, em benefício direito de Luiz Inácio Lula da Silva”. 
 
CONCLUSÕES
 
Ao fim, o inquérito conclui que os 61 pagamentos mensais, que totalizam o valor de R$ 1.313.747,24, nas reformas feitas pela construtora OAS são de “vantagens indevidas”. As notas fiscais neste momento são apresentadas. Mas, novamente, sem documentação ou indícios que comprovem que seria “indevidas” ou que a origem do dinheiro seria de corrupção.
 
A acusação que se refere ao acervo presidencial de Luiz Inácio Lula da Silva ficou reservada a dois parágrafos das 59 páginas totais do documento:
 
 
A única possível indicação mostrada pela PF de que os recursos investidos na reforma do apartamento triplex, da cozinha do sítio de Atibaia e no armazenamento do acervo presidencial de Lula eram supostamente ilegais é porque a OAS é “beneficiária direta do esquema de desvios de recursos no âmbito da PETROBRAS investigados na OPERAÇÃO LAVA JATO”. Nada além.
 
Por todas essas sustentações lógicas com evidente falta de documentação probatória, o delegado finaliza indiciando:
 
– Léo Pinheiro por corrupção ativa, falsidade ideológica e lavagem de capitais, por efetuar pagamento de vantagem indevida pela OAS nas reformas do apartamento no Edifício Solaris, no Guarujá, e nas despesas de armazenamentos de bens de Lula, o chamado acervo presidencial.
 
– Paulo Gordilho por corrupção ativa e lavagem de capitais, por ter feito os pagamentos solicitados por Léo Pinheiro.
 
– Lula por corrupção passiva, falsidade ideológica e lavagem de capitais, por “receber vantagem indevida” dessas reformas.
 
– Dona Marisa por corrupção passiva e lavagem de capitais, por também receber “vantagem indevida” dessas reformas.
 
– Paulo Okamoto por corrupção passiva, falsidade ideológica e lavagem de capitais, por “receber vantagem indevida” no acerbo presidencial.
 
 
Leia também:

 

22 comentários

  1. Cada vez mais me parece que

    Cada vez mais me parece que as provas nao interessam mais …

    Existe todo um ensaio pra dar ar de legalidade e prender Lula para que ele nao se torne candidato em 2018.

    O golpe contra a Dilma ja esta concretizado. O proximo vai ser o Lula, com uma campanha midiatica, protestos e mais protestos plantados, a volta de coxinhas na Paulista e no fim a sua prisao.

    O PMDB e o PSDB sabem que jah pisaram na m**** e nao tem mais caminho de volta a nao ser radicalizar mais o seu discurso pra se manter no poder. Espero que essa toda convulsao que vai surgir nao tenha um final tragico.

     

    • Só discordo num ponto

      Não vai haver essa de protestos de coxinhas: encerrado o impeachment, Lula será rapidamente preso.

      Vão eliminar qualquer resistência, quanto antes prenderem Lula mais rápido o desmoralizam e o anulam. E também precisam de uma nova bandeira, pra desviar a atenção deles mesmos…

  2. O antipetismo é capaz de

    O antipetismo é capaz de produzir montanhas de malefícios ao País para cumprir seu objetivo de perseguir o PT e suas lideranças.

    É  ridículo e descabido esse indiciamento!…Puramente político!…

  3. Ou seja: NENHUMA PROVA contra Lula

    Prezados,

    Conforme já comentei, é muito provável que o juiz e criminoso sérgio moro já tenha redigido a sentença e condenção do ex-presidente Lula. Afinal, para ele toda a ORCRIM da Farsa a Jato, Lula é o culpado desde o início. O que eles buscam é uma narrativa, capaz de alimentar a sanha do PIG e convencer a opinião publicada de  que Lula e familiares cometeram algum crime. Estão tendo um trabalho imenso. E até agora, como mostra eta excelente reportagem, mesmo dando saltos e piruetas, misturando casos sem relação, apresentando investigações e denúnicas em juízo que não o natural (afinal sérgio moro só terá serventia plena se encarcerar o ex-presidente Lula), não conseguiram  uma mísera prova objetiva de que Lula ou algum familiar tenha cometido qualquer dos crimes de que estãosendo acusados. Mas quando a PF, o MP e o PJ se associam em ORCRIM, qualquer narrativa farsesca, que apresente alguma verosimilhança, pode ser usada como base para indiciar, denunciar e condenar, desde que seja alguém do PT ou da Esquerda, mas sobretudo Lula ou algum familiar dele.

    Não podemos esquecer que foi sérgio moro o redator daquele voto lido por rosa weber no julgamento da AP-470, para condenar SEM PROVAS, o José Dirceu. Aliás, sérgio moro cometeu outro crime quando antecipou ao jornal OESP, em 25 de abril de 2016, uma outra sentença de condenação contra o mesmo José Dirceu, a qual só foi prolatada 28 dias depois, em 23 de maio.

     

  4. “Inquerito” de “forca tarefa”

    “Inquerito” de “forca tarefa” escrito por delegados de merda!  Briliante!  Porque eu nao pensei nisso antes?

  5. Apenas indícios e ilações

    Apenas indícios e ilações nada mais, prova que é bom nadica de nada. 

    Mas isso não quer dizer nada no Brasil de hoje basta a globo fazer uma semana de jornal nacional expondo Lula e a condenação é certa em certo judiciário de uma certa republiqueta de bananas.

  6. O puliça tem um atenuante.

    Para que não se diga que só se faz críticas ao árduo trabalho político partidário que os delegados de puliça vêm desenvolvendo, pode-se observar duas vertentes dessa obra de ficção. Por um lado, causa perplexidade que cada minuto de diligências, veículos e servidores públicos mobilizados e cada hora despendida na elaboração dessa peça de ficção dramática de qualidade discutível, centrada no objetivo de gerar factóides políticos associados a interesses PRIVADOS, são custeadas com dinheiro PÚBLICO.

    Por outro lado, para o fato de o delegado de puliça não respeitar os princípios exigíveis, na forma da lei, relacionados à necessidade de juntar provas às alegações que fundamentas as acusações, há o fator atenuante para a falha do delegado de puliça presente no fato de que, a partir de 2012, o STF criou jurisprudência para, não só aceitar acusação sem provas como também para que as acusações sem fundamentação possam ser reconhecidas como indícios, ou “provas tênues” que possam justificar condenações a penas de reclusão, artificialmente majoradas (1), definidas em sentenças encomendadas, baseadas apenas na “…literatura juridica…” da Ministra (SIC) Rosa Weber (2).

    (1) https://www.youtube.com/watch?v=9KU1TS9KqYA

    (2) 

    “O último julgamento de exceção e o fim de uma farsa”

          http://cartamaior.com.br/?/Coluna/O-ultimo-julgamento-de-excecao-e-o-fim-de-uma-farsa/29577

    Interessante notar que, nesse artigo, o Miola ainda acreditava  que esse teria sido o último julgamento de exceção!!

    Com telação ao voto (?) da Ministra (SIC) Rosa Weber, apesar de não contemplar a menção expressa à tal literatura do Direito, são escandalosas as declarações de que há confissão de operação de dinheiro de caixa dois por parte de Delúbio Soares, mas nada em relação a Zé Dirceu. Ela sustenta a sua decisão pela condenação do Réu Zé Dirceu no fato de que ELA não pode acreditar que não houve a participação dele na movimentação assumida por Delúbio!!! Há indícios de que ele, Zé Dirceu, teria alguma relação com a formação da soma de dinheiro de caixa dois assumida pelo Delubio Soares, que ela entendeu suficiente para condenar Zé Dirceu e mais uma balaiada de gente arrolada na fraudulenta denúncia.

    https://www.youtube.com/watch?v=bYPkbtlBky4

     

  7. Típico de ditadura

    Os messiânicos procuradores e delegados se esforçam para conseguir provar o improvável. Como na República das Bananas tudo é feito por combinação, não interessa se é verdade ou não, vale o interesse que se tem. Feito isso vamos por o Lula na cadeia o mais rápido possível. Antes que ele possa contaminar o povo com seu entusiasmo.

    É o que nos tornamos: um DITADURA da República Bananeira!

  8. A inversão é completa. Quem

    A inversão é completa. Quem são os bandidos nesse caso ? Lula ou os “Federais” ? São uns pândegos ! Os denunciados nas delações seletivas estão todos no Congresso Nacional e no atual Governo Golpista. Se querem trabalho sério…basta indiciar os “beatificados” do Janot e de certo  juiz “pacificador ..visto pelo Comandante Ética do EB”…

  9. Mais uma coincidência

    O texto acima não traz nenhuma novidade, uma vez que já é de conhecimento geral que não há qualquer prova contra o Lula no que toca a qualquer das acusações de que ele é vítima – triplex, sítio, obstrução da justiça. Mas é claro que é um texto importante, útil e didático para os leitores.

    Mas o mais interessante, pelo menos para mim, e embora não nos deva espantar, é a incrível coincidência (mais uma…) de esta notícia surgir na semana em que as discussões acerca do impeachment ocorrem no Senado. Só mais uma coincidência… só que não.

  10. Alguém tinha dúvida que os

    Alguém tinha dúvida que os “homens de bem de curitiba” iria fazer essa palhaçada antes da semana decisiva do golpe?Tá garantido os  manchetões do final de semana. Esse é o nosso judidiário imparcial. Repito IM-PAR-CI-AL. Valha-me Deus. sepulcros caiados é essa nossa justiça e a nossa mídia. belos e cheirosos por fora e podres por dentro!

  11. Lula

    Se o povo fosse para rua,sem medo de perder seus empregos que ja correm perigo,seria mais difícil de prender Lula.mas por enquanto quem está nas ruas são pessoas polítizadas, que saem do seu trabalho, ou da sua faculdade, e vão panfletar, fazer passeata, se apresentar ao povo com cartazes, até em estádios da Olímpiada, onde foram retirados.Chegam a 50 mil pessoas, no Rio de Janeiro, talvez 1 milhão no país, mas é bem pouco perto dos 200 milhões que aqui vivem.

  12. O conto do vigário. Ou a

    O conto do vigário. Ou a armação para levantar a bola do fascista.

    (o inquérito tem como objeto o Triplex.)

    Esse indiciamento é tão estapafúrdio que parece que estão levantando a bola para que o Moro rejeite ESTA denúncia ou absolva Lula e Marisa e derrube a versão de que ele, Moro, persegue Lula. 

    Caso Moro condene Lula com base nesta aberração estará assinando atestado de incompetência e parcialidade.

  13. Duplo twist carpado aplicado ao inquérito policial…

    Duas concidências:

    1) O julgamento final do impeachment.

    2) As alegações da defesa do Lula de não ter acesso ao inquérito policial conforme determina a Súmula 14 do STF.

    Súmula Vinculante 14

    É direito do defensor, no interesse do representado, ter acesso amplo aos elementos de prova que, já documentados em procedimento investigatório realizado por órgão com competência de polícia judiciária, digam respeito ao exercício do direito de defesa.

    Então deram o salve geral na PF: manda qualquer coisa contra o Lula, urgente!

     

    • Inquérito

      O delegado carrega nas tintas por Lula não ter reconhecido o nome do engenheiro da OAS mas no próprio inquérito o engenheiro ao conversar com o filho informa que só se encontrou com Lula uma vez:

      Todo mundo conhece o Lula mas o Lula não conhece todo mundo e é perfeitamente normal que ele não lembre o nome de uma pessoa com quem conversou uma vez na vida. Talvez se fosse apresentada uma foto…

      A má vontade com a PF trata o ex-presidente contrasta em muito quando se trata do FHC. Este também carregou várias carretas do acervo presidencial e aparentemente ninguém foi perguntar quem pagou pelo transporte e pelo armazenamento.

      Na verdade não existe nenhum crime em receber estes “favores”. Crime haveria se houvesse uma contrapartida do Lula pelos favores e isto não ficou demonstrado.

      E convenhamos: para considerar chefe de um esquema criminoso que desviou bilhões da Petrobras um cara que recebeu o pagamento da armazenagem do acervo presidencial, algumas reformas num sítio e outras reformas num apartamento (neste caso jamais usufruido) ainda falta muito.

      A Dilma tem que mandar seu acervo para a PF com uma recomendação de um bom uso republicano do material.

      O Temer não precisa se preocupar, aí tá tranquilo tá favorável

  14. A Puliça Fedemal…
    A Cráci

    A Puliça Fedemal…

    A Cráci média começa a sentir em seus negócios e empregos a merda que fizeram. Em Porto Alegre e em Salvador os parentes racistas enrustidos emburrecidos começaram a reclamar do tempos de Temer… Sabem que andaram para trás em apenas 4 meses. Em janeiro de 2015 eu avisei que “ferrar a Petrobrás ferraria todo mundo”! Ouvi piadinhas contra a Esquerda… Rarrarar Estou feliz por isso e pelo aumento de 41,47% (em verdade são exatos 70%) nos próximos 35 meses sobre os Proventos e GAJ. Otários, racistas, lambe rabo dos ricos traidores… Que se ferrem, mesmo! Com os aumentos vamos para a Europa. Valeu Temer!

  15. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome