Janot deve denunciar Temer hoje por quadrilhão do PMDB e obstrução de Justiça

Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN – O procurador-geral da República Rodrigo Janot deve apresentar uma denúncia com mais de 200 páginas contra Michel Temer ao Supremo Tribunal Federal até o final desta quinta (14), afirma o jornal Folha de S. Paulo.
 
Com o mandato na Procuradoria Geral da República terminando no próximo domingo (17), Janot decidiu denunciar Temer por dois crimes: obstrução de Justiça e formação de organização criminosa. Antes, havia expectativa de fatiamento das acusações.
 
O crime de obstrução de Justiça é fundamentado com base na delação da JBS, acrescida de depoimentos de Lucio Funaro. O operador do PMDB teria confirmado em seu acordo de colaboração com o Ministério Público que vinha recebendo dinheiro de empresários aliados do governo Temer para ficar calado.
 
Já a parte da denúncia sobre organização criminosa deve contar com o relatório da Polícia Federal divulgado parcialmente há alguns dias, apontando Temer como membro importante do chamado “quadrilhão” do PMDB. 
 
A denúncia contra Temer deverá ser remetida à Câmara dos Deputados. Dois terços dos parlamentares devem concordar com o processamento do presidente no Supremo.
 
Dessa vez, o cenário tende a ser mais favorável a Temer, pois a denúncia chega num momento em que a delação da JBS é colocada em xeque. Ontem, o ministro Gilmar Mendes já deu sinais de que pode provocar na Corte uma discussão sobre anular todas as provas geradas a partir do acordo.
 
O escândalo que fragilizou a delação da JBS nasceu de um grampo em Joesley Batista e Ricardo Saud. Os executivos da empresa conversam sobre o papel do ex-procurador Marcelo Miller nos bastidores da negociação do acordo. Miller é citado como “ponte” para chegar a Janot. Os empresários falavam em controlar a Procuradoria e fingir que eles não estavam entendendo os planos políticos da instituição.
 
Miller agora é investigado e foi afastado do escritório onde estava atuando como advogado, após pedir exoneração do Ministério Público. Ele quer que Janot também seja interrogado pelo Supremo.
 
Na segunda (18), assume o lugar de Janot a procuradora Raquel Dodge.

3 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Celso Paulo da Silva

- 2017-09-14 21:22:03

Entre outras coisas que este

Entre outras coisas que este golpista-entreguista-sabotador do janot esvreveu na denúncia contra o temer é que ele, o proprio jano(jo) é contra a anulação do golpe. Nada mais aproriado pela coerência incoerente deste louco. Anular o golpe é, antes de tudo, admitir que houve golpe. E isso significa admitir que apoiou o golpe. E isto, essa canalha, canalha , canalha jamais vai aceitar. Sonho com o dia em que este caboclo dos quintos dos infernos será escrchado pubicamente em todos os lugares que frequentar. Até naquele muquifo que ele foi tomar uma gelada com o advogado do jbs.

Maria Luisa

- 2017-09-14 14:26:39

Corre, Lola, corre!

Eu acho que Janot merece um grande bota fora da Procuradoria. E para Rodrigo Janot, nada? Claro que sim!! A delação de Joesley Batista!!!!!!!!

J.J. Lopez

- 2017-09-14 12:17:36

Mídia Suja

O pouco caso a complacência da Globo, da FSP do Estadão da JP da Band com as acusações que são feitas a Michel Temer são vergonhosos. Imaginem se Dilma estivesse sendo acusada de 10% do que está sendo essse cidadão o que não estaria acontecendo a essa altura no país.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador