Justiça manda prender ex-vereador do PT e filho por agressão em frente ao Instituto Lula

Do Brasil 247

A juíza Débora Faitarone, da 1ª Vara do Júri da Justiça Estadual de São Paulo, determinou nesta sexta-feira, 11, a prisão preventiva do ex-vereador de Diadema Manoel Eduardo Marinho, conhecido como Maninho (PT), e o seu filho Leandro Eduardo Marinho, acusados de agredir um homem em frente ao Instituto Lula, no dia 5 de abril.

Carlos Alberto Bettoni, de 56 anos, foi agredido depois de xingar petistas que deixavam o prédio do instituto, onde pouco antes estavam reunidos com o ex-presidente.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  COVID-19: modelo de Mandado de Segurança requerendo o exame, por Fábio de Oliveira Ribeiro

14 comentários

  1. Se defender de agrassões de

    Se defender de agrassões de fanáticos fascistas não pode.

    Atirar em ônibus d acaravana do Lula, no acampados em defesa do Lula em curitiba, no instituto Lula e agradir militantes de esquerda pode.

    É isto que esta juíza de merda está dizendo?

  2. Convenhamos que a Justiça

    Convenhamos que a Justiça brasileira transformou-se numa cloaca nazista. Quem atirou na caravana do Lula está solto. Quem atirou com arma de 9 mm no acampamento está solto. Quem quebrou os equipamentos de som está solto.

    A estrela que nos distingue (porque voto no PT e defendo o programa do partido) e nos transforma em cidadãos sem direitos na justiça brasileira(com letra pequena mesmo) é a vermelha. A diferença é de cor.

  3. Juiza viu espancamento.

    Essa juiza é tão corrupta quanto os corrptos que elea julga, pois ela viu espancamento no caso e aceitou a denuncia e mandou prender pai e filho por espnacarem o bebãdo que foi expulso do local com empurrçao e se desequilibrou batendo a cabeça no caminhão que passava. UMA BANDALHEIRA JURÍDICA QUE MERECE SER INVESTIGADA, POIS NENHUMA IMAGEM MOSTRA MAIS DO EMPRURRÃO E DESEQULIBRIO DO NEFASTO BEBADO QUE FOI AGREDIR VERBALMENTE AS PESSOAS QUE ALI ESTAVAM.

    PARTIDARISMO POLÍTICO NO JUDICIÁRIO É CRIME FEDERAL. EXONERAÇÃO E DEMISSÃO DE GENTE ASSIM É O QUE DEVE ACONTECER, POIS ESSA GENTE DEVE OBEDECER A CONSTITUIÇÃO E NÃO SEU AMIGOS POLÍTICOS. A Dra Eliana Calmon designou esse tipo de gente do judiciário pelo nome de BANDIDOS DE TOGAS.

     

  4. Eles foram ofendidos e repeliram uma injusta provocação. A isso

    Eles foram ofendidos e repeliram uma injusta provocação. A isso se dá o nome de legítima defesa, prevista no artigo 25 do Código Penal, o que se configura em uma das hipóteses de excludente de ilicitude prevista no artigo 23 do mesmo diploma, senão vejamos:

    “Art. 23 – Não há crime quando o agente pratica o fato:

    (…)

    II – em legítima defesa;

    (…)

    Art. 25 – Entende-se em legítima defesa quem, usando moderadamente dos meios necessários, repele injusta agressão, atual ou iminente, a direito seu ou de outrem.”

    Essa juíza está agindo de má fé. É um absurdo essa decisão. Isso é um exemplo pronto e acabado do estado de exceção, é o fascismo em estado bruto. 

    • Data vênia.

      Para se entender corretamente o que você quis dizer é preciso acrescentar:

      A defesa para ser legítima não pode ultrapassar aquilo que é aceitável para conter (apenas conter) a injusta agressão.

      No caso de ofensa a honra (injúria), é considerado legítima defesa a troca de injúrias (ver o artigo 140 e seguintes).

      Se houvesse agressão física por parte do xingador, valeria trocar agressões, na medida exata para conter a injusta ameaça ou agressão.

      Dois contra um não é a exata medida de justa retaliação.

      No entanto, caindo no tribunal do júri as coisas podem acabar ficando mais fáceis, porque os julgadores são leigos, ou seja, os jurados.

      Linha 1 da defesa: Alegar o preter dolo, ou seja, teve a intenção de agredir (empurrões), provocado pelos xingamentos (atenuante), mas a morte se deu de forma culposa (sem intenção).

      Linha 2 da defesa: Homicídio privilegiado, quando matamos após uma forte provocação, que não é justa causa para legítima defesa, mas é considerada como um fato relevante que levou o agente a praticar o crime.

      Sua tese da legítima defesa é furada, não cabe aqui, um cara xingando contra um grupo de pessoas não é ameaça/agressão grave e injusta o suficiente.

  5. Estão ficando insanos. Isso é

    Estão ficando insanos. Isso é animalesco. O que a Vara do Júri da Justiça Estadual tem a ver com isso? Baseado em tipo de competência? É mais do que absurdo, é loucura!

    • Reposta.

      Preliminarmente, o delito considerado era de lesão corporal seguida de morte, mas foi oferecida a denúncia por homicídio, e ambos pronunciados pelo tribunal do júri, de quem é a competência para processar os crimes contra a vida.

  6. Nunca vi se decretar

    Nunca vi se decretar preventiva num caso desse, os investigados poderiam destruir mesmo que tipo de prova….

    Uma coisa  está mais do que clara: todo o decrépito poder judiciário trabalha em uníssimo com Moro,  Glxxxobo e demais lavajeiros nessa perseguição implacável ao PT e filiados…..

    Isso me lembra de quando os EUA, depois da invasão ao Iraque, caçavam os integrantes do Partido Baath que, como se sabe, era secularista e tinha pendor anti-imperialista, sem querer aqui querer estar comparando Sadam a Lula, até mesmo porqrue Lula é e sempre foi democrata.

    O imperialismo não brinca em serviço e, pelas bandas de cá, mercenários e lambe-botas de plantão é que não faltam…

    A luta pela libertação de Lula tem que se dar como parte da luta pela independência deste pais….independência contra esta classe dominante sovina, má, corrupta, escravista e colonial: o povo tem que fazer uma coisa que nunca fez neste pais: rebelar-se….

    • Em que planeta você vive?

      Existem 60 a 70% de presos, dentre os quase 1.000.000 de confinados, e boa parte dele está em cárcere por decreto de prisão preventiva.

      O artigo 312 do CPP em sua essência (“para garantir a ordem pública”) permite a interpretação pelo juiz do que se considera tal ordem.

      Não estou defendendo a prisão dois dois, obviamente, mas há muita gente presa por motivos muito menos graves.

      É só dar um passeio nas varas criminais pelo país.

      O problema da esquerda é justamente esse, achar que o fascismo penal começou agora…nada, ele só adaptou os alvos!

  7. Ou nos revoltados , ou
    Ou nos revoltados , ou sucumbiremos todos.

    Essa escalada de arbítrio do judiciário contra o PT e Democratas já passou do ponto.

    Até os escravos se rebelavam contra às chicotadas. Estamos precisando criar uns Quilombos para resistir às ofensas do judiciário.

  8. Bolinha de papel

    Vivemos diariamente a farsa da bolinha de papel na cabeça do Serra, convertida em tijolo pela cobertura da rede Globo. Vivemos isso diariamente, com cada noticia. Não podemos deixar de acreditar na democracia (que parece existir apenas dentro de nós), pois, eles esperam que a gente cometa algum erro para nos colocar a culpa, converter a bolinha em tijolo, e suspender as eleições. Temos cada vez mais gente esclarecida e o apoio aos golpistas está caindo. Vamos virar o jogo da opinião pública com calma, mediante esclarecimento gradativo e, nesse ínterim, no plano institucional, vamos montar as chapas e tentar encher o congresso de parlamentares de esquerda.

  9. “O policial militar Danilo
    “O policial militar Danilo Keity Matsuoka, inocentado pela morte do pichador Ailton dos Santos, 33, na Mooca (zona leste de São Paulo), na última quarta-feira (22) pela juíza Débora Faitarone, do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo), já havia sido absolvido sumariamente pela mesma juíza em 19 de outubro de 2017 por outra morte”

  10. Justiça….

    “A Justiça não deve ser usada para a vingança. Até porque o chicote pode mudar de mãos”. Mas é maravilhoso como explica o Brasil. temos a Justiça, o Estado que o partido no poder quer que tenhamos. Constituição? Para que serve este monte de ‘nada’ mesmo? Lesão Corporal virou Tentativa de Homicidio, com prisão antes de qualquer julgamento. O Brasil é surreal. Mas para os revoltados apenas por interesses ideológicoe partidários, lembremos também, aqueles dois rapazes que tatuaram uma frase na testa de um bandido costumaz, que vivia de crimes pela região. Ali, ainda muito pior, pois Lesão Corporal Leve tornou-se o que a vontade ideológica através da decisão de um juiz. Então um crime qe não dá prisão, deu cadeia desde antes mesmo do julgamento. E dizem não entender a Latrina/2018? É isto que Progressistas criaram nestes 40 anos Redemocratas sob uma farsante Constituição Cidadã.    

  11. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome