Mais uma cobrança à Ouvidoria da CBN, com resposta

Sobre a primavera de Manaus.

Enviei mensagem para a CBN, para a Diretora Executiva de Jornalismo, Sra. Mariza Tavares, que respondeu-me ter confiança na justiça do Amazonas para resolver os eventuais excessos nos conteúdos produzidos por sua afiliada local. Reproduzo minha mensagem e a resposta da CBN:

De: Marcio Ferreira

Para: Ouvidoria – Radio CBN

Enviada em: sábado, 12 de novembro de 2011 11:10

Assunto: Marcio Ferreira envia mensagem para Fale Conosco CBN

Mensagem:

Já enviei mensagem antes, mas repito, ante o embaraçoso silêncio da CBN. Moro em Niterói, no Rio de Janeiro, e sou apenas um dos que deixaram de ouvir a CBN pela perda de credibilidade da imprensa praticada por essa rádio, decorrente de sua escabrosa atuação em Manaus. O caso da médica Bianca Abinader, que alcançou repercussão nacional, principalmente no Rio e em São Paulo, envergonha a imprensa brasileira. É incrível como a poderosa Rede Globo, muito maior que um simples jornalista, permite que essa perseguição prossiga com sua cumplicidade. Que o jornalista o faça por conta próprio, até entendo. Agora, a Rede Globo deixar essa coisa vil ir ao ar, sob as ondas de sua rádio, e também em blog da CBN, isso é ridículo. Não sou especialista em marketing, mas não preciso ser, para compreender o efeito daninho que isso está causando à CBN. Tomara alguém de juízo tome a decisão de por fim a essa demonstração de covardia pública. Tomara vocÍ s voltem a fazer um jornalismo de verdade.

 

de Mariza Tavares

Diretoria Executiva de Jornalismo – SGRSP [email protected]

para Marcio Ferreira <[email protected]>

data 13 de novembro de 2011 06:34

Assunto: Marcio Ferreira envia mensagem para Fale Conosco CBN

enviado por cbn.com.br

Caro Marcio, temos certeza de que a Justiça amazonense saberá decidir exemplarmente a respeito de eventuais excessos nos conteúdos locais produzidos pela afiliada.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador