Marco Aurélio autoriza quebra de sigilo bancário e fiscal de Romero Jucá

Do Jota

Por Livia Scocuglia

O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal, autorizou a quebra de sigilo bancário e fiscal do ministro do Planejamento Romero Jucá.

No processo, Jucá é investigado por suposto desvio de verbas federais em obras do município de Cantá (RR) entre março de 1998 até dezembro de 2002.

A Procuradoria-Geral da República suspeita que  o prefeito da cidade na época, Paulo Peixoto, teria organizado licitação superfaturadas e repassado ao ministro parte das verbas como comissão pela apresentação das emendas parlamentares.

O inquérito tramita em segredo de justiça no STF desde 2004.

O advogado do ministro, Antônio Carlos de Almeida Castro, afirmou que ainda não foi notificado e que todas as informações sobre o processo já foram colocadas à disposição da Justiça.

Jucá responde por seis processos no STF (Inq 2963, Inq 3297, Inq 2116, Inq 3989, Inq 4075). Esse número pode aumentar caso a Corte aceite o pedido da PGR para investigar o ministro sobre a construção da usina de Belo Monte (Inq 4150).

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  CPI para investigar Supremo é flagrantemente inconstitucional, diz Gilmar Mendes

7 comentários

  1. Esse é dos piores, integrante

    Esse é dos piores, integrante do governo Dilma em um dia no outro já estava virando a casaca, esse é o nivel do ministério degradado e degradante do temer, o traira-mór da nação.

  2. Esse é dos piores, integrante

    Esse é dos piores, integrante do governo Dilma em um dia no outro já estava virando a casaca, esse é o nivel do ministério degradado e degradante do temer, o traira-mór da nação.

  3. tranquilo, pero no mucho.

    Essa raposa ardilosa deve ter seus meios de ocultar as falcatruas praticadas e conta com o pouco empenho dos ‘investigadores’, mas vai que tenha ficado um rabinho de fora…

  4. Nassif: resultado no STF

    Nassif: resultado no STF –9×2. Não vou nem antecipar o “voto vencedor”, da lavra do ex aluno do inquilinO do jaburU, para não quebrar o encanto. E o ministro relator será vencido, novamente, acompanhado do voto solitário e corajoso do atual Presidente da Corte.

    Cada Pais tem a Corte Suprema que mercesse.

    Temos essa, por sua maioria.

  5.  
    TEM QUEM PRETENDA COBRAR DO

     

    TEM QUEM PRETENDA COBRAR DO COMBATENTE DA CORRUPÇÃO DOS OUTROS, COERÊNCIA. – ORA! O COMBATENTE ANTI-CORRUÇÃO, É  UM HIPÓCRITA., ELE NÃO É UM BURRO. AÉCIO, ZÉ SERRA, SÃO PROVAS  CABAIS DISSO.

    Romero Jucá, inegavelmente é um eficiente tocador de tarefas, assim como o baiano Gedel Vieira Lima. Dentre outros tantos, que no momento não lembro o nome. Via de regra, a intensidade laboral desses indivíduos os tornam conhecidos como excelentes “pau pra toda obra”, Se desmontarmos a sentença e examinar de perto as caracteristicas que os diferência dos demais normais, digamos assim. Não cuido se pra melhor ou pior. O fato é que estes indivíduos são tidos como verdadeiras topeiras. É provável, que, por suas características prefênciais, digamos assim, subterrâneas.

    Isso porque além de muito laboriosos serviçais, são bons cavadores de túneis. Erroneamente os indivíduos topeiras, são associados à cegueira, à ignorancia obtusa. Por certo, por preferir viver no subsolo. Ledo engano, nada mais falso. Isso provavelmente se deva aos olhinhos pequenos, iguais aos dos nossos atuais ministros da Junta Provisória. Agora: se existe uma notável semelhança entre as espécies que examinamos, a encontramos com fartura na presente junta golpista.

    Lá, encontramos alguns espécimes com características simillares ao da topera original. Subretudo, em dois dos articuladores da trapaça golpista. O Jucá e o Gedel. Eles são iguais à  “pessoa que mina (escavar) como topeira,  conspirando para subverter instituições.” Entrementes, concomitante às atividades elencadas adiante: desviar recursos, roubar, enriquecer em curto período, tráfico de influência, de gado, de dinheiro e sonegação, fazem parte do codidiano, é a adrenalina do ofício. E, como diz o moro, isso não vem ao caso.

    Orlando

     

  6. Como eu sonho !

    Em ver uns “gordos” do PMDB e PSDB na cadeia. Mas eles tem malha de proteção em todos os cantos do país e em todas as instituições podres da nossa republica.

    Só rezando mesmo.!

  7. Marco Aurélio autorizou,

    mas ele, o “investigado”, já declarou que está “absolutamente tranquilo, sem nenhum receio”… Claro, ele sabe que não sendo petista não corre qualquer risco. O Maluf, que é mais ou menos da mesma laia, está aí como prova viva disso: rouba tudo, todos e de todas as formas há mais de cinquenta anos e continua “livre, leve e solto”!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome