Moro tenta “chegar” em Lula desde o Mensalão, revela Onyx

Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – O ministro anunciado da Casa Civil Onyx Lorenzoni disse, em entrevista a um programa da GloboNews, que sua relação com Sergio Moro existe desde 2005 e que, já naquela época, o então juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba – a única especializada em crimes de colarinho branco – pediu a atualização de duas leis que foram utilizadas pela Lava Jato para condenar e prender o ex-presidente Lula.

“(…) O pessoal de casa vai entender agora. A primeira [mudança em lei] que ele [Moro] pediu, em 2005, foi a atualização da delação premiada. Levou 7 anos para fazer. (…) A outra, a transformação do crime de levagem de dinheiro de crime acessório para crime principal, hoje [com pena] de 6 a 12 [anos de prisão], o que permite essas condenações volumosas em anos.”

“Foram [as duas leis] a diferença entre, no Mensalão, [o Judiciário] não ter chego no Lula e, no Petrolão, sim.”

A Lava Jato em Curitiba, sob a batuta de Moro, elaborou e deixou vazar uma série de acordos de delação premiada que atingiram Lula nos últimos anos. Há ainda casos de presos da Operação, como Léo Pinheiro, da OAS, e Antonio Palocci, ex-ministro da Fazenda, que aceitaram delatar Lula de maneira informal, ou seja, sem ter assinado acordo de cooperação com o Ministério Público. Palocci, nos últimos meses, conseguiu negociar o termo com a Polícia Federal e deixou a penitenciária após ter implicado Lula, sempre seguindo o script dos procuradores.

Leia também:  Defesa: The Intercept trouxe mais e não únicas provas de parcialidade de Moro

Com a lei da lavagem de dinheiro, Moro conseguiu construir uma condenação para Lula relacionamento supostos benefícios à OAS dentro do governo petista, com contratos na Petrobras, à formação de uma caixa 2 com o PT, de onde teriam saído recursos para a reforma de um apartamento no litoral paulista. Moro entendeu que houve, com a “atribuição” do triplex a Lula, crime de lavagem.

RELAÇÃO COM ONYX

Segundo Onyx, sua relação com Moro “vem de dezembro de 2005. Eu era subrelator das normas de combate à corrupção da CPI dos Correios e convidei o Moro, naquela época [para participar das discussões]. Ele trouxe uma série de contribuições, duas muito relevantes.”
 
Onyx disse ainda que desde 2005 vem “sofrendo perseguição por parte do PT”. Naquele ano, “o PT tentou cassar meu mandato para impedir que um fato que eu identifiquei de José Dirceu batesse no presidente Lula.” 
 
O ministro também disse que “a primeira pessoa que fez conexão entre Lula, Odebrecht e África fui eu.” A relação foi usada pela Procuradoria da República em Brasília para apresentar uma denúncia contra Lula, após avanços da Lava Jato sobre o Instituto Lula e a empresa de palestra do ex-presidente, a LILS.
 
Moro condenou Lula no caso triplex e, por conta da decisão, o ex-presidente foi preso e inviabilizado na corrida presidencial. Com a vitória de Jair Bolsonaro, Moro foi alçado ao centro do governo, assumindo o Ministério da Justiça. A imprensa diz que quem fez a ponte com o ex-magistrado foi Paulo Guedes, futuro ministro da Economia.
 
Onyx, contudo, mostrou na entrevista que tem relação com Moro há mais de 10 anos. Recentemente, ao ser questionado sobre a acusação de uso de caixa 2 na campanha do deputado, o ex-juiz respondeu que Onyx tem sua confiança pessoal e que já pediu desculpas pelo crime eleitoral. A declaração causou polêmica, mas Moro segue colocando a mão no fogo pelo colega de ministério.
 
https://www.youtube.com/watch?v=EebQorG_PNc

14 comentários

  1. O FDP só se esqueceu de dizer

    O FDP só se esqueceu de dizer que pra tudo precisam HAVER PROVAS, nexo CAUSAL – atos de ofício – e crimes – benefícios auferidos.

    EM nenhuma Justiça que se preste NINGUÉM pode ser condenado por “ato indeterminado de corrupção”, “ou “miriades delitivas”, ou ainda, processos não podem carregar “procedimentos HETERODOXOS” – ilegalidades, tortura, vazamernto, chantagem, violência, coação, agressão a defensor, réu e defesa, oportunismo político, escutas clandestinas etc – mesmo que pra finalidade legítima” (como até confessou FACHIN)

     

     

  2. Só essas leis não bastam

    Para Moro chegar até Lula, ele teve que conseguir COSTAS QUENTES.

    Se ele agisse sozinho, como conseguir condenar alguém com  delação  premiada sem provas materiais?

    Suas condenações cairiam por terra na primeira tentativa, cairiam antes de chegar ao TRF, ainda no MPF.

     

    A gande pergunta é: QUEM ESTÁ POR TRÁS DE MORO?

  3. Como já comentei várias vezes

    Como já comentei várias vezes este moro será conhecido como o  MAIOR FDP que já pisou nestas terras.

    Além do mais é um LADRÃO.

    Isto ficará provado por a + b  a partir de janeiro de 2019.

  4. Não foi de graça

    Pois é, vai se formando um mosaíco, melhor um teia de ‘favores’. Ocorre que em política não se faz ‘favores’ sem uma moeda de troca. A única opção é ter um ‘projeto político’,  ‘favores’ não levam 7 anos. Projeto político quem tem é o Moro, portanto, o projeto político não é de quem ganhou a eleição. Vamos aguardar.

  5. E MORO PRECISA RESPONDER TAMBÉM ISTO……

    QUEM MANDOU DAREM UM JEITINHO NO AVIÃO QUE MATOU TEORI?     QUEM FOI O MAIOR BENEFICIADO COM A MORTE DE TEORI?      QUEM HAVIA LEVADO UM PUXÃO DE ORELHAS DE TEORI POR TER GRAVADO CRIMINOSAMENTE A CONVERSA TELEFONICA ENTRE LULA E DILMA?     QUEM JAMAIS PODERIA LEVAR UM OUTRO PUXÃO DE ORELHAS SOB PENA DE SER AFASTADO DO CASO LULA?      E QUEM CONTINUOU A CRIMINOSAMENT DESCUMPRIR LEIS PARA CONDENAR LULA, COMO CONTESTADO PELA INTERPOL?     RESPONDE ESSA MORO……..SERÁ QUE VOCÊ, ALÉM DE CRIMINOSO É TAMBÉM ASSASSINO?          PROVA NÃO HÁ……MAS TEM GENTE QUE GARANTE TER CONVICÇÃO DE QUE VOCÊ DEU O TAL JEITINHO NO AVIÃO……SABOTAGEM……….

  6. Lojistas……simplesmente…

    Lojistas……simplesmente……

     

    Hoje é sexta……dia de bater bumbo e rodrem mais que pião…..felizes…..um dimdim a mais maldito nos bolsos…..a noite será

    pequena para os amigos do mafarrico…………. 

  7. Onix revela a constante perseguição do Moro ao LULA..

    Não era uma questão de “parcialidade” e sim,  de perseguição, mesmo.Ele agia como um “caçador” do ex-presidente LULA, disfarçado de juiz Presume-se que agentes das Forças Armadas estivessem em ação,desde há muito tempo.A sua sentença esdruxula que continha citações jornalisticas de ” O globo” pode ter sido encomendada pelo próprio Moro à familia Marinho, que também não suporta o LULA. Acredito que o ex-juiz se aliou aos Marinhos para condenar o LULA com conivencia do Ministerio Público. Talvez esse sujeito já vinha grampeando o ex-presidente de longa data.A vez dele vai chegar.Quem viver, verá…  

  8. O $érgio Moro fez por merecer o cargo que ocupará
    O Moro se empenhou para ocupar seu posto. Isto, sim, é meritocracia.
    Se todos os juízes trabalhassem tanto quanto o Moro, nao haveria corrupção e, consequentemente, ninguém seria obrigado a admitir os próprios crimes e pedir desculpas.

  9. Habilidade

    Lula teve muita sorte e habilidade para se esquivar no Mensalão 

     

    Mas não existe crime perfeito 

  10. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome