Moro tira tornozeleira eletrônica de primeiro delator da Lava Jato

Jornal GGN – Idolatrado por ser o “simbolo do combate à corrupção” no Brasil, nas palavras do procurador da República Deltan Dallagnol, o juiz federal Sergio Moro mandou tirar a tornozeleira eletrônica do primeiro delator da Lava Jato, o ex-diretor da Petroras Paulo Roberto Costa.

Segundo a Folha desta quinta (30), Costa livra-se de um “pesadelo” porque a tornozeileira o obrigava a ficar em casa, pois necessitava ser recarregada na tomada a cada quatro horas, e às vezes, por falhas, gerava conflitos com a Polícia Federal. Agora, sem o equipamento, o delator não precisa mais ser monitorado pelos agentes federais.

De acordo com o jornal, “os procuradores queriam que ele continuasse com a obrigação de voltar para casa à noite, mas o juiz recusou o pedido.”

Costa agora só precisa cumprir mais três anos de serviço comunitário para ver-se completamente livre de qualquer sanção da Lava Jato. Ele já estava em regime domiciliar desde outubro do ano passado, em sua casa na região serrana do Rio de Janeiro.

Para ficar livre da prisão em regime fechado, bastou que o delator, que foi pego com 25 milhões de dólares numa conta na Suíça, devolvesse R$ 100 milhões e mais alguns produtos comprados com o dinheiro da propina – como um iate e um carro de luxo.

Costa é um dos principais delatores da Lava Jato, ao lado de Alberto Youssef. Esse também já tem data para sair da prisão: o próximo dia 17, segundo Moro. Ele estará liberado para andar pelo seu condomínio, apesar de ter de passar um temporada com a tornozeleira.

11 comentários

  1. Minha panela de pressao foi

    Minha panela de pressao foi comprada a algum ponto dos anos 80.  Ficou parada 5 anos aa espera de pino e bolinha novos, que finalmente minha esposa trouxe do Brasil ha poucos meses.  So que agora ta com um furo…  ja deu o que tinha que dar, tirei as pecas e ja joguei fora.  Ja a da minha irma ela ja tinha quando eu cheguei aqui em 80(!) e tambem ficou parada esperando pino e bolinha 5 anos.  Ainda ta indo mas eh pikinininha.  A outra panela de pressao a gente usa  como panela normal, nunca deu pressao e nao tem conserto.

    Isso tudo pra dizer pra voces que menos de 4 horas depois de comprar uma panela de pressao na internet por 8 dolares, ja tinha FBI se plantando no meu caminho bem intrusivamente.  Eu literalmente nem bati o olho, ja sabia que ele estava atraz de mim -lembram se?  Eu sou medium.

    A gente cansa de injustica brasileira, ok?  Ja basta ser tratado como mao de obra escrava por esses filhos da puta por aqui.

  2. Escárnio absoluto

    Prezados,

    Tenho ‘batido’ com força, sem dó nem piedade, nesse canalha,corrupto, criminoso contumaz que tem se mostrado o juiz sérgio moro. Os tolos, idiotas, ingênuos e incautos que o bajularam e incensaram, indo na onda da manipulação criminosa do PIG/PPV devem agora estar envergonhados. Mas há muitos INCLAMEs que se mostram arrogantes e auto-suficientes, que se acham e se pensam bem informados acompanhando apenas o noticiário publicado pelo PIG/PPV; estes persistem no erro e costumam culpar a vítima, se o criminoso pertencer ao espectro político e ideológico que defendem; não falo isso teoricamente, mas observando o comportamento, atitude e falas dos INCLAMEs ao meu redor.

    Paulo Roberto Costa é criminoso confesso, desviou milhões da Petrobrás, está rico e agora livre para usar a fortuna que amealhou não apenas com o trablaho, mas por meio de crimes. Para Paulo Roberto Costa, Pedro Barusco e outros delatores muito premiados o crime compensa. O mesmo juiz que libera PRC da tornozeleira eletrônica mantém preso e sem julgamento Antônio Pallocci, manteve preso por meses e sem julgamento João Vaccari, condenou José Dirceu, SEM PROVAS, tanto na AP-470 como no ano passado. Esse torquemada é o que determinou o seqüestro judicial do ex-presidente Lula no dia 4 de março de 2016.

    Com tudo isso ainda há pessoas que têm o desplante de defender a Fraude a Jato e publicar artigos dizendo que o PJ tem papel apenas adjacente e coadjuvante na trama golpista. Quanto escárnio e atentado à inteligência dos brasileiros! A palavra paredão tem vindo a à minha mente cada dia com mais freqüência; dá para imaginar as razões, não é mesmo?

  3. Não compensa?

    Delação premiadíssima e contra-argumento de que o “crime não compensa”. Para alguns, compensa muito.

  4. É hoje que o cagüeta premiado só chega amanhã

    O dedo-duro foi semi-punido. Basta. Pior seria a impunidade total.

    Ele já deve estar pronto prá prepara outra quadrilha, roubar muito, dedurar os comparsas e ser premiado com a impunidade e com a lavagem do seu dinheiro sujo.

  5. Só falta assinatura vitalícia da Netflix

    Os delatores, bem acomodados em suas mansões, coberturas e casas de praia estão rindo da cara de certa parcela das classes média e rica burralda que foram às ruas com uniforme da CBF e bateram panelas nas varandas gourmets.

    Os “rapazes de Curitiba” (apud ministro Barroso) estão fazendo papel de otários e tem plena consciência disso.

    Mas o que está em jogo é a inelegibilidade do Lula.

    Se este é o novo paradigma ético instaurado pela lava jato, estamos perdidos.

  6. Creio que Moro andou lendo

    Creio que Moro andou lendo Raimundo Correa e fez uma pequena adaptação do poema As Pombas. Poderíamos sugerir que trocasse as pombas por urubus espiões ou mensageiros da cela.

    Vai-se a primeira pomba despertada…
    Vai-se outra mais… mais outra… enfim dezenas
    De pombas vão-se dos pombais, apenas
    Raia sanguínea e fresca a madrugada…

    E à tarde, quando a rígida nortada
    Sopra, aos pombais de novo elas, serenas,
    Ruflando as asas, sacudindo as penas,
    Voltam todas em bando e em revoada…

    Também dos corações onde abotoam,
    Os sonhos, um por um, céleres voam,
    Como voam as pombas dos pombais;

    No azul da adolescência as asas soltam,
    Fogem… Mas aos pombais as pombas voltam,
    E eles aos corações não voltam mais…

  7. E o Moro quando vai começar a

    E o Moro quando vai começar a cumprir a pena dele?

    traição da patria e espionagem, quanto tempo de cadeia da?

  8. Impunidade: o Calcanhar de Aquiles da Lava cascai sujo a jato

    O calcanhar de Aquiles da Lava a Jato é punição simbólica ou impunidade total do Cagüeta premiado bem como a lavagem do produto sujo dos seus crimes.

    Qual o efeito pedagógico da pena aplicada aos delatores premiados tanto para a sociedade quanto para eles próprios? Isso dissuade alguém de entrar para o mundo do crime?

  9. Justiça do aliado.

    Aqui já vi menções sobre “justiça do inimigo”. Isto poderá se caracterizar como justiça do aliado ? Laniência com amigo-colaborador? MyGod.

  10. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome