Parentes de Flávio Bolsonaro e Queiroz são alvos de Operação, nesta quarta

Parentes da mãe do filho mais velho do presidente e o ex-assessor Queiroz receberam equipes de investigação na manhã de hoje

Foto: Divulgação

Jornal GGN – O Ministério Público do Rio de Janeiro realizou, na manhã desta quarta-feira (18), mandados de busca e apreensão em endereços de ex-assessores do filho do presidente, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), incluindo o ex-PM Fabrício Queiroz. Também foram alvo da Operação parentes da ex-esposa do mandatário e mãe de Flávio, Ana Cristina Siqueira Valle.

A investigação é a que trata de lavagem de dinheiro e desvio de dinheiro público no gabinete de Flávio, quando ele era deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio. Entre os crimes que teria sido cometido dentro do escritório do filho do presidente, a chamada “rachadinha” é a principal suspeita, que consiste na coação de servidores e funcionários para devolver parte das remunerações aos parlamentares.

Fabrício Queiroz, o ex-chefe de segurança do filho do mandatário, e seus familiares foram alvos da Operação, além dos familiares do filho mais velho do presidente. Tanto a capital do Rio de Janeiro, quanto outras cidades, como Resende, no sul do estado, receberam as equipes de policiais e investigadores.

Em abril deste ano, o Tribunal de Justiça do Rio autorizou a quebra de sigilo fiscal e bancário dos ex-assessores de Flávio, após o ex-Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) ter apontado uma movimentação financeira “atípica” nas contas de Queiroz, no valor de 1,2 milhão, entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017.

Os investigadores apontaram que diversos saques e depósitos eram feitos em dinheiro vivo na conta de Queiroz, em datas próximas aos vencimentos e pagamentos de servidores da Assembleia Legislativa do Rio. Á época, o ex-PM justificou que recolhia parte dos salários de servidores para contratar “assessores informais”.

Leia também:  Wassef agora diz que escondeu Queiroz para evitar seu assassinato

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome