Pasta de Sergio Moro teve conhecimento da operação que matou miliciano

Polícia Civil do Rio pediu auxilio a Secretaria do Ministério da Justiça, para enviar policiais federais e helicóptero.

Jornal GGN – O Ministério da Justiça de Sérgio Moro tinha conhecimento da operação do Bope do Rio que matou o ex-capitão Adriano da Nóbrega. A pasta foi consultada pela polícia do Rio com um pedido de ajuda, para enviar policiais federais e helicóptero.

O pedido, segundo o Painel da Folha de hoje, teria partido de órgãos de inteligência. Quando a Polícia Federal pediu à polícia civil do Rio que formalizasse o pedido, a entidade teria recuado.

Entretanto, a secretaria do Ministério da Justiça teve conhecimento da Operação, que agora se sabe envolveu 70 policiais do Bope. A Polícia Civil do Rio, autora do pedido, respondeu à Folha que “a parte operacional foi realizada pela Polícia Civil da Bahia.”

A pasta de Sergio Moro, por sua vez, disse que não se envolveu com a operação e que “não haveria nenhum motivo para disponibilizar helicópteros e policiais para a captura de apenas um foragido com esconderijo identificado”.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  As desculpas sem nexo de Moro, para o inquérito contra Lula

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome