Paulo Preto estuda delação premiada, afirma Mônica Bergamo

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Jornal GGN – Paulo Preto, o operador do PSDB em esquemas de desvios de recursos em obras viárias de São Paulo, “passou a estudar a sério a possibilidade de fazer um acordo de delação premiada”, afirma a jornalista Mônica Bergamo nesta quarta (9).
 
Segundo a colunista, a velocidade com que informações sobre contas secretas na Suíça chegam aos investigadores brasileiros tem preocupado a defesa do ex-diretor da Dersa.
 
De acordo com Bergamo, “documentos que estão chegando ao Brasil provariam que o engenheiro era o titular” dessas contas e, caso consigam rastrear a distribuição dos recursos naquele País, Paulo Preto ficaria em desvantagem e o acordo poderia não ser do interesse das autoridades.
 
“O abalo da família também estaria pesando em suas reflexões. A decisão de falar, no entanto, ainda não foi tomada. Se isso ocorrer, diz um amigo próximo, será ‘de uma hora para a outra’ e sem recuo”, acrescentou.
 
Paulo Preto foi preso pela Polícia Federal no início de abril, sob a acusação de ter comandado, na Dersa, um esquema que desviou recursos de programas de habitação voltados para as famílias desalojadas em função das obras viárias no Estado de São Paulo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Wassef reaparece e Flávio quer suspender julgamento de foro no Rio

9 comentários

  1. #

    Cuidado tucanalhas! O Paulo Afrodescendente já avisou: “não se deixa um amigo ferido no campo de batalha”.

    Principalmente se o “campo de batalha” for a cadeia.

     

     

  2. Cético.

    Palocci teve torcida. Até o PHA entrou nesta até ele se transformar em Pulhocci. Ele não disse de onde veio o dinheiro barato para aquela rede de tevê cujo nome me nego a declarar. 

    Não acho que o PP vá declarar o grosso. Não mesmo.

     

  3. De forma espontânea, serena e
    De forma espontânea, serena e gentil Paulo Preto dirá que o PT, Haddad e Lula são os verdadeiros responsáveis pela corrupção em São Paulo que, aliás, surgiu dutante as administrações do PT. Antes ninguém sequer sabia o que era corrupção. Um horror!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome