Pedido de liberdade de Andrea Neves será julgado na próxima terça

Foto: Reprodução

Jornal GGN – O pedido de revogação da prisão preventiva de Andrea Neves será julgado pela primeira turma do Supremo Tribunal Federal na próxima terça (13). O ministro Marco Aurélio Mello, relator do caso, já encaminhou a demanda para o colegiado. A irmã de Aécio Neves está presa desde de 18 de maio, e quer que a prisão seja convertida em penas alternativas.
 
Segundo o Estadão, a defesa de Andrea “justifica que a prisão deveria ser revogada, pois ela é acusada pela Procuradoria-Geral da República apenas pelo crime de corrupção passiva, o que afastaria a hipótese de reiteração.” Além disso, “crime imputado [é] passível de concessão de liberdade provisória mediante fiança” e “a falta de referência, na denúncia, a fundamentos que autorizem a manutenção da custódia”.
 
Marco Aurélio alegou que está impossibilitado de rever individualmente a decisão do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo, que autorizou a prisão de Andrea no dia 17 de maio. Nesse tipo de caso, a decisão do ministro deve ser revista por mais de um colega de corte.
 
A primeira turma é formada pelos ministros Luiz Fux, Rosa Weber, Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes e presidida por Marco Aurélio.
 
Assine

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Defesa de Paes usa tese de Flávio Bolsonaro para pedir foro especial

8 comentários

  1. E está aberta a bolsa de

    E está aberta a bolsa de apostas. Qual o seu palpite? Eu vou continuar conectada  e ler as avaliações dos conhecedores dos ”cavalinhos ” que disputam mais esse páreo. Porque é isso que virou não é é? Uma corrida de bestas, de animais. Que usam antolhos e logo tem visão  limitadíssima.

  2. pobre vovó risoleta, aquela q

    pobre vovó risoleta, aquela q ganhou uma vaga no conselho de uma estatal quando o marido morreu para nos redimir, iria morrer de novo se visse a foto. E nem se fala se tb aésim tirar outra igual… Mas o me intriga é o q está por trás desse triste abandono do pobre do aésim. Será q ele perdeu utilidade qdo o processo q ele deu início lá na eleição da dilma chegou na hora de ser julgado?! Ele vai aguentar calado até uma prisão?! E a mana dele se for negado o pedido de soltura dela e o irmão continuar pimpão do lado de fora das grades? será q ela fica caladinha?! Cara, não posso perder essa série!

  3. Por muito pouco, essa mulher

    Por muito pouco, essa mulher não consegue eleger o seu irmão ( que é um cabeça de ameba). Ou seja, iria começar a transformar o Brasil de vez numa novo Colombia a enésima potência, pois imagina o sinal que traria pro submundo do crime saber que um país como o nosso tinha um presidente claramente ligado ao tráfico de drogas ( que diga Zezé Perrela). Só por isso, ela teria que passar uns 30 anos na cadeia. 

     

     

  4. Jorge Folena, cientista

    Jorge Folena, cientista político, hoje no auditório Banco Desenv.Minas Gerais: exige-se “não só uma constituinte exclusiva mas também um tribunal constituinte” para julgar os crimes dos golpístas de hoje.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome