PF indicia Malafaia por suspeita de lavagem de dinheiro

 
Jornal GGN – A Polícia Federal indiciou o pastor Silas Malafaia, da Associação Vitória em Cristo, ligada à Assembleia de Deus, por lavagem de dinheiro. Em dezembro do ano passado, Malafaia foi alvo de um mandado de condução coercitiva no âmbito da Operação Timóteo, que investiga um esquema de corrupção em cobranças judiciais de royalties de exploração mineral. 
 
A PF suspeita que o pastor tenha ajudado na lavagem de dinheiro do esquema. Os investigadores querem esclarecer se Malafaia “emprestou” contas correntes de uma instituição religiosa com o objetivo de ocultar a origem ilícita do dinheiro. 

 
A operação prendeu o diretor do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM, ligado ao Ministério de Minas e Energia), Marco Antonio Valadares Moreira, e também cumpriu 29 conduções coercitivas, 4 mandados de prisão preventiva, 12 de prisão temporário e o bloqueio judicial de um total de quase R$ 70 milhões. 
 
De acordo com a PF, o diretor do DNPM, usava informações privilegiadas sobre dívidas de royalties para oferecer os serviços de dois escritórios de advocacia e de uma empresa de consultoria a municípis que possuíam créditos de Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM) com empresas de exploração mineral. Em 2015, os valores recolhidos a título de compensação chegaram a quase R$ 1,6 bilhão. 
 
Na ocasião, Malafaia ficou irritado com a condução coercitiva, publicado mensagens nas redes sociais e vídeo negando as suspeitas. Ele afirmou que as acusações eram uma “canalhice”. “Não sou moleque, não sou bandido”, afirmou. 
 
0gif-tarja-busca_avancada.jpg

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Regina Duarte diz que fake news sobre Marisa Letícia foi “crítica”

7 comentários

  1. e o idiota do menino moro estacionado no triplex

    Igrejas de crentes e pastore de bíblia de sovaco são OCRIM, são as mais bem azeitas lavanderias, em em nome daquele hipotético deus da “pecúnia non olet”.

  2. Pô! um pastor nas mãos da

    Pô! um pastor nas mãos da polícia! Mas que coisa heim! Mas êle é da máfia golpista, amigão e cabo eleitoral do serra! E prova disso é que ainda não está atrás das grades. Mas, tem muito que querem crucificá-lo, mesmo não sabendo se o mala está mais para Jesus ou para barrabás… Na dúvida, não temos madeira prá fazer a cruz, mas podemos colaborar com os pregos, a marreta e a mão de obra fica por conta do Cicatriz muito bom pregador kkkkkkkkkkkkkkk!… E que as outras lavanderias já coloquem as barbas de molho! estamos falando, por exemplo, do rr soares, do valdomiro santiago, do edir macedo, do papa… a fila é grande, não tem fim!

  3. HEHEHEHEHEH, PELO MENOS JÁ

    HEHEHEHEHEH, PELO MENOS JÁ ESTÃO “suspeitando” do ladrão . SE fosse Petista estaria ferrado.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome