PF não vê obstrução à Justiça por Dilma em nomeação ao STJ


Foto: Agência Brasil
 
Jornal GGN – Ainda está nas mãos da Procuradoria-Geral da República (PGR), mas a Polícia Federal já tomou outra conclusão oposta ao documento de fevereiro deste ano, quando acusava os ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-ministro Aloizio Mercadante de terem obstruído a Justiça.
 
“A nomeação de Lula caracteriza obstrução de Justiça. […] O conjunto probatório (contra Dilma, Lula e Mercadante) foi suficiente”, dizia o delegado da PF Marlon Oliveira Cajado dos Santos, há seis meses. A peça enviada à época não era um indiciamento formal, mas um relatório da PF enviado ao ministro Edson Fachin, relator do caso no Supremo Tribunal Federal (STF), sugerindo que os três fossem denunciados criminalmente por obstrução de Justiça e que Mercadante fosse, ainda, imputado pelo crime de tráfico de influência.
 
“No tópico ’embaraço à investigação mediante a nomeação de Luiz Inácio Lula da Silva para a chefia da Casa Civil da Presidência da República’, também acreditamos haver suficientes indícios de materialidade e autoria do crime […] atribuível à Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva, uma vez que ambos, de forma consciente, impuseram embaraços ao avanço das investigações da Operação Lava Jato contra o ex-presidente Lula em razão da sua nomeação para o cargo de ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República”, completava.
 
Para a Polícia, as provas colhidas já eram suficientes para sustentar um eventual indiciamente e uma denúncia por parte da Procuradoria-Geral da República (PGR). O delegado pedia também que eles respondessem pelas acusações na primeira instância da Justiça, uma vez que nenhum dos três possuía mais foro privilegiado.
 
Agora, em outra frente de suposta obstrução, a PF considerou que não houve a tentativa de atrapalhar as investigações. Isso porque após a delação premiada do ex-senador Delcídio do Amaral, que acusava Dilma Rousseff de ter nomeado o ministro Marcelo Ribeiro Navarro Dantas, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), como outro passo para travar as investigações, a PF teve que levantar indícios que sustentassem o depoimento de Delcídio.
 
Entretanto, até o momento, não foi possível concluir que a acusação do ex-parlamentar é verdadeira. Em novo relatório enviado ao Supremo, a Polícia Federal indica que não há indícios.
 
Além de Delcídio, o ex-chefe de gabiente Diogo Ferreira também afirmou aos procuradores que Navarro teria sido nomeado para o STJ com o compromisso de favorecer empreiteiros presos na Operação Lava Jato em recursos. O ministro Francisco Falcão também foi arrolado, de que estaria ajudando na nomeação de Marcelo Navarro para um suposto esquema de obstruir a Justiça, em 2015.
 
Entretanto, não há indícios, provas ou imputações nas diligências da PF que comprovem tais acusações, relacionadas a Navarro e tampouco a Falcão, o que representa, também, uma declaração de que Dilma Roussef não tentou obstruir a Justiça, segundo narrou Delcídio.
 
O documento foi enviado à Suprema Corte nesta segunda-feira (21) e o ministro Edson Fachin encaminhou nesta terça à Procuradoria-Geral para análise. Por isso, cabe ao órgão do Ministério Público Federal (MPF) se posicionar se haverá a continuidade das investigações ou se o caso será arquivado, o que depende, posteriormente, de decisão do ministro relator.
 
 
 
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Ex-secretário de Saúde do RJ tem bens bloqueados

4 comentários

  1. Crime, castigo ou impunidade

    Crime, castigo ou impunidade é tudo uma qustão de time e conjuntura.

    Agora pouco importa se Dilma obstruia ou não a justiça à época, “eEles” já tiraram dela e de nós tudo o que queriam.

    Só restaram dela e tambem de nós o bagaço da laranja.

    Mas o que eles não sabem ou não levam em conta, é que tambem do bagaço se produz energia, como a brasa que resiste embaixo das cinzas, do borralho, e mantem a fenix aquecida enquanto se recupera para voltar a voar. 

  2. ela VOLTA JÁ JÁ. 
    em brasilia

    ela VOLTA JÁ JÁ. 

    em brasilia sentem e já é comentado nos corredores – canalhas se mijam de medo.

     

    carminha quer poder voltar à sua facul prum rolezinho….precisa corrigir o impeachment sem crime antes. sabe q como apoiadora “diboista” do golpe, tá suja. vão apontar,

    janota quer férias com a cartolina….mas ninguem mais ta por ali pra bater a fotinha.

    babou o golpe.

     

    Linda! tamo junto!

     

    Bravos permanecem ao lado dos justos. Aos canalhas restam os covardes .

    Até a vitoria, sempre!

  3. Essa poliça é uma cretinice

    Essa poliça é uma cretinice atrás da outra. Até porque, não vi nenhuma ação poliçal contra a nomeação do ex-des-ministro do temerista-GOLPISTA-bandido-ladrão para o stf, com a aprovação desse senado imundo e emporcalhado, o douto desmoaesado está lá obstruindo oficialmente a justiça e nium poliça enche o saco dele. Haja paciência.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome