Prefeito tucano perde ação para filho de Lula em primeira instância

 
Jornal GGN – O ex-vereador de São Bernardo do Campo (SP) Marcos Cláudio, filho do ex-presidente Lula, venceu em primeira instância uma ação movida pelo hoje prefeito da cidade, Orlando Morando (PSDB), por difamação.
 
Segundo informações da Folha, na segunda (9), a juíza Marta Oliveira de Sá, da 5ª Vara Criminal de São Bernardo, considerou improcedente a ação penal iniciada porque o petista disse que Morando aprova o modo como a Polícia Militar opera em protestos.
 
A juíza afirmou que Marcos Cláudio não teve intenção de ofender a reputação do tucano e que a publicação, “apesar de incisiva e contundente, constitui mera irresignação de caráter político-partidário”, anotou a Folha. Ela também lembrou que na época do fato, o filho de Lula ainda era vereador e, portanto, tinha direito à liberdade de expressão inerente ao mandato.
 
Além disso, segundo a juíza, Morando é uma “figura pública” e “não deve tomar como ofensa pessoal todas as revoltas, indignações e inconformismo dos cidadãos relacionados a questões político-partidárias”. Quando acionou a justiça, o tucano ainda era deputado estadual.
 
O hoje prefeito disse que vai recorrer.
 
Neste processo, Marcos Lula é defendido por Cristiano Zanin Martins.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  MP estuda novas regras para fiscalizar e ter o controle externo de polícias

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome