Prisão da Lava Jato no Paraná abrigará detentos com coronavírus

A prisão da Operação Lava Jato no Complexo Médico Penal (CMP) de Pinhais, no Paraná, será a prisão dos detentos contagiados pelo coronavírus.

Foto: divulgação/SESP

Jornal GGN – A prisão da Operação Lava Jato no Complexo Médico Penal (CMP) de Pinhais, no Paraná, será a prisão dos detentos contagiados pelo coronavírus.

A decisão do Departamento Penitenciário do Paraná foi tomada por meio de portaria publicada nesta segunda (23). O espaço, que inicialmente recebeu investimentos para ser o Hospital Penitenciário do sistema prisional do Paraná, receberá os presos portadores do Covid-19 no Estado.

Assim, os presos da Operação Lava Jato serão encaminhados a outro espaço, ainda não divulgado, do CMP de Pinhais. Apesar de ter recebido investimentos para ser o Hospital Penitenciário, a galeria não conta com toda a estrutura para tal.

Na mesma portaria, o Depen-PR admite que não é adequado para “tratamentos médicos que demandem aparelhos para a manutenção da vida em momentos de crise como a deficiência em atividades cardiorrespiratórias”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Partidos de oposição entram com ação no STF contra MP de Bolsonaro

1 comentário

  1. E quando ela vai abrigar o moro, o dalanhol , a força tarefa da lava-jato, a erica marena, a lesbos e a camarilha do trf4?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome