PT pede mobilização para garantir que liberdade de Lula seja cumprida


Foto: Reprodução
 
Jornal GGN – Logo após o ministro Marco Aurélio Mello determinar a soltura de todas as pessoas presas em segunda isntância, a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, comemorou a medida que inclui o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Com isso, a Justiça é feita no Brasil”, disse a parlamentar, durante coletiva de imprensa.
 
“Nós estamos felizes porque se restabeleceu o preceito constitucional. A decisão do ministro Marco Aurélio é extremamente importante para o processo legal brasileiro e para a defesa da Constituição. Essa ação direta é de 18 de abril, foi ingressada pelo PCdoB, e desde lá nós esperávamos uma decisão do Supremo”, introduziu a presidente do PT, durante uma coletiva feita logo após a notícia da decisão de Marco Aurélio.
 
Gleisi lembrou que a medida, referente a todos os presos após sentença de segunda instância, inclui o ex-presidente Lula: “É uma decisão que alcança o presidente Lula e, portanto, nós tomamos já todas as medidas judiciais cabíveis para a soltura do presidente. Já entramos com um pedido de alvará de soltura e estamos abrindo mão do exame de corpo de delito para que o presidente possa ser liberado ainda hoje”, informou, na tarde de hoje.
 
Ainda assim, a senadora resslatou que o PT e a defesa do ex-presidente está “acompanhando de perto o desenrolar na Vara de Execuções Penais”. Em comunicado divulgado nas redes sociais, a senadora também destacou a importância da mobilização popular para fazer valer a medida judicial.
 
“É um direito do Lula deter a liberdade. A melhor coisa que nós podemos fazer é intensificar a nossa campanha nas redes sociais, falando com as pessoas, que o Lula seja livre já, ou seja, que a Vara de Execuções Penais cumpra a decisão do ministro do Supremo”, informou.
 
A parlamentar teve a cautela de lembrar que essa decisão de Marco Aurélio poderá ser revertida no Plenário do Supremo, mas que acredita que a análise do STF não se dará de maneira imediata. “Portanto, a campanha é importante, para que a gente não tenha nenhuma situação atravessando essa decisão do Marco Aurélio e que a gente consiga tirar Lula de lá ainda hoje”, completou.
 
Assista à coletiva:
 
 
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Desvios na Saúde do Rio chegam a secretário de Doria, Alexandre Baldy

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome