Seminário do Ibeji discute papel do TCU no enfrentamento da corrupção

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Damares Alves não gasta um centavo com políticas LGBT

4 comentários

  1. O TCU é hoje um “encarecedor da corrupção”.

    O TCU é incompetente, tendencioso e parcial. Perde a maior parte de suas ações na justiça contra as empresas e muitas vezes causa mais prejuízo que os combate. Quer exemplos? O Aeroporto de Goiânia, oi paralisado pelo TCU que apontou superfaturamento (tipo valores acima das “suas planilhas de preços médios” na terraplenagem – ele usou erradamente referências de preços de estradas – DNIT para pista de aeroporto – qq engenheiro medíocre sabe que não são serviiços compatíveis, pois estrada tem outros parametros de qualidade, inferiores aos necessários para uma pista de pouso de gandes aviões – não estamos falando do aeciopporto não).

    Bem no final das contas o Aeroporto que estava cotado em 120 milhões, está sendo finalizado quase 10 anos (isto mesmo quase 10 anos de atraso), ao custo de mais de 200 milhões e com o aval agora do TCU, em nova licitação. Quem vai bancar o PREJUÍZO de 10 anos sem o aeroporto novo e adequado funcionar? E quem paga a a conta de não se ter um hospital pronto a tempo? Nada acontece com seus todo poderosos “técnicos” e conselheiros que mutias vezes por razões políticas mesquinhas ou escusas atrasam obras fundamentais (Procurem ver o Sr José Jorge se vangloriando de atrasar e praticamente sepultar o projeto do Trem de Alta Velocidade entre Rio-SP).

    Quando mais buricracia, mais intrincada rede de desvios e MAIS CARO sai para a população, pois menos transparente ficam as relações.

    O cerne de tudo começa nas doações empresariais para campanhas e partidos – DEVOLVE GILMAR.

    • Alias me lembro de ver no blog uma gravação

      da participação do tal José Jorge, hoje do TCU mas foi ministro do fhc, explicando sua posição sobre o TAV.

      Senti uma vergonha terrível de uma pessoa tão despreparada ter tanto poder: o nível da argumentação era tão rasa que parecia conversa de boteco na 6ª feira depois do 10º chope.

  2. Estou sempre a me perguntar

    Estou sempre a me perguntar por onde andava o TCU que não fazia auditorias na Petrobrás para ter apontado, de pronto, e muito antes dos escândalos, alguma irregularidade nos processos de prestação de contas. TCU é um órgão auxiliar do Poder Legislativo, e tem por função fiscalizar as contas de todos os órgãos e empresas do Estado. No corpo funcional existem profissionais qualificados, concursados – e que concurso difícil – para o Serviço Externo, para as devidas fiscalizações. Como podem ter passado em branco tantas irregularidades nos negócios da Estatal sem que o TCU tenha verificado? Perunta que não quer calar.

     

    PS: Neste momento João Vaccari deve estar sendo interrogado na CPI do Congresso. Ele terá direito à companhia de um advogado, e a ficar calado. Mas a oposição já considera que ele poderá voltar para ser acareado com Barusco, que foi quem o apontou como recebdor de alguns milhões. Tomara que ele fique bem caladinho, e deixe aqueles imbecis se digladiando como exibidores, que são.

  3. Por aqui qualquer combate à

    Por aqui qualquer combate à corrupção será inútil enquanto não for investigado a fundo o extraordinário poder que o alto tucanato tem sobre a mídia e o judiciário.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome