Sepúlveda Pertence compõe defesa de Lula

Para ex-ministro do STF, perseguição de Lula é “a maior desde Getúlio Vargas”; magistrado tem perfil conciliador e trânsito nos tribunais superiores 
 
sepulveda_pertence_foto_ana_nascimento_abr.jpg
(Foto Ana Nascimento ABr)
 
Jornal GGN – O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Sepúlveda Pertence, fechou acordo para compor a equipe de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A confirmação foi feita por ele mesmo à Folha de São Paulo, nesta terça-feira (06) após a posse do ministro Luiz Fux na presidência do Tribunal Superior Eleitoral.
 
O magistrado declarou ao jornal que Lula “é um velho amigo” e que é “apenas mais um dos defensores” do ex-presidente completando que o petista está sendo submetido a uma “perseguição”. “A maior desde Getúlio Vargas”. 
 
Estratégia
 
Sepúlveda tem melhor trânsito nos tribunais superiores e, apesar afirmar não saber se será possível reverter a condenação de Lula com recursos no Superior Tribunal de Justiça e no Supremo Tribunal Federal, pontuou que está acostumado com as instâncias superiores “há mais de 50 anos”.
 
Segundo apuração da Folha, desde que sofreu condenação no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), aliados e membros do PT próximos a Lula estudavam um novo reforço para sua equipe de defesa com o ex-presidente se recusando a abrir mão do atual advogado, Cristiano Zanin Martins, que hoje comanda a equipe. 
 
A decisão da Primeira Turma 
 
O STF negou na semana passada um pedido de habeas corpus em caráter provisório. A defesa fez um novo pedido, dessa vez encaminhado ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato que tem negado esse tipo de liminar. A esperança é que o caso seja avaliado na 2ª turma da Corte, com ministros de perfil mais garantistas ou que o assunto seja debatido no plenário do Supremo para mudar o entendimento sobre prisão após condenação em segunda instância.
 
Nesta terça-feira (06), ao avaliar dois pedidos de habeas corpus após condenação em segunda instância, a 1ª Turma do STF manteve por 3 a 2 o entendimento de que uma pessoa sob julgamento deve começar a cumprir pena de privação de liberdade após condenação em segunda instância. Votaram nessa posição Alexandre de Moraes, Luiz Fux e Luís Roberto Barroso. Ficaram vencidos Marco Aurélio e Rosa Weber. 
 
A confirmação do posicionamento da ministra, aliás, que já votou contra a prisão de réus antes de esgotados os recursos em instâncias superiores derrubou a especulação, aventada desde o final de semana pela imprensa, de que teria alterado seu entendimento. Uma notícia boa para a defesa de Lula.   
 
 

8 comentários

    • Idiota Coxinha.

      O idiota Coxinha acaba de dar fundamento para se pedir a suspeição da Carmem Lúcia e não do advogado. Mas supeição da Carminha ele não quer, né?

  1. Na boa mano… como todo

    Na boa mano… como todo advogado criminal pós-golpe e Lava Jato “com o com tudo” (Cristiano Zanin incluído) Sepúlveda Pertence será apenas o novo flanelinha do processo penal medieval duvidoso contra Lula. O se omitiu e ajudou a criar o bandoleirismo penal dos juízes.

    Quando os juízes se transformam em pistoleiros incontroláveis, as vítimas de perseguições criminosas não precisam de advogados/flanelinhas. Elas precisam é de tanques, baterias de mísseis, frotas navais modernas, divisões de infantaria e esquadrilhas de caças e bombardeiros.

    • Poderia ser até o papa que não vai mudar o “entendimento”

      Eu iria recomendar a defesa de Lula chamar o “Rocket Man” da Corea do Norte para ver se ele manda para bem longe o judiciario inteiro de uma so vez.

  2. A questão não é juridica

    Sepulveda Pertence é um cidadão e um advogado muito respeitado, posicionou-se e militou contra o golpe desde o começo.

    Entretanto, estou totalmenrte descrente que o caminho jurídico possa colher qualquer resultado benéfico ao presidente Lula, de forma que seus direitos possam ser minimamente respeitados.

    Está claro que a questão não é jurídica, mas política. 

    Claro que todos os recursos e defesas ao presidente Lula devem ser mobilizados da forma mais firme e consistente possível.

    Mas entendo que as esquerdas deveriam fazer de tudo para mobilizar o maior número de pessoas nas ruas, e conduzir movimentos de greve no país. Repito, a questão é totalmente política, e conduzida de forma muito baixa.   

  3. A única maneira do Lula conseguir ser absolvido na Lava Jato e p

    A única maneira do Lula conseguir ser absolvido na Lava Jato e poder se candidatar seria se filiar ao PSDB!

    Fora isso, não vai mudar absolutamente nada!

  4. Barco Naufragando

    Agora, depois do barco quase naufragando,contratam um advogado de prestígio? Sempre achei a defesa do Presidente Lula muito precária! Quem sabe agora  a situação melhora!

  5. Tarde demais

    Esperaram a situação chegar ao incontornável pra colocar o medalhão. Agora é tarde. A condenação de Lula já é fato. O objetivo da Lava-Jato sempre foi esse, e não vão recuar agora.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome