“Sistema particular de informações” de Bolsonaro pode estar relacionado a caso Queiroz

Em entrevista dada à Jovem Pan para tratar do vídeo, Bolsonaro afirmou que policiais são suas fontes de sistema de informação particular

Jornal GGN – A declaração de Bolsonaro na gravação divulgada nesta sexta (22), de ter um “sistema particular de informações”, reforçou suspeitas sobre o vazamento do caso Queiroz. Isso porque em entrevista dada à Jovem Pan para tratar do vídeo, ele mesmo afirmou que policiais são suas fontes particulares.

A declaração foi considerada “um tiro no pé por advogados criminalistas e ministros de cortes superiores”, apontou o Painel da Folha, neste sábado (23). Porque aumenta as suspeitas sobre o caso Queiroz, quando as autoridades investigam a denúncia feita Paulo Marinho, que acusou que Bolsonaro recebeu as informações antecipadamente por um vazamento de dentro da Polícia Federal (PF).

 


Leia mais sobre o vídeo da reunião ministerial de 22 de abril:

Moro x Bolsonaro: Leia a transcrição do vídeo da reunião ministerial divulgada pelo STF

Bolsonaro disse que se não puder trocar chefe de Segurança do Rio, demitiria ministro

Bolsonaro quer “todo mundo armado” para reagir a quem pensa diferente dele

Confira trecho em que Weintraub defende prisão do STF, ataca China e minorias no Brasil

Bolsonaro: “Se essa cambada chegasse no poder em 64, a gente tava fodido”

Salles pede votação de legislação em meio à pandemia

Bolsonaro mostra que usará Forças Armadas contra STF ou Congresso, para não ser afastado por “filigranas”

Guedes e Novaes defendem privatização do Banco do Brasil

Em vídeo, presidente da Caixa chama Witzel de ladrão e diz que Band pede dinheiro

Bolsonaro evidencia intenção em militarizar Ministério da Saúde

 

3 comentários

  1. Sistema particular de informação de Bolsonaro: CIA, FBI, INTERPOL.
    Coadjuvantes: Delegados da Polícia Civil, Praças da PM, Comando da Força Nacional.
    Por onde acessam o presidente? Através dos filhos.
    Por trás de Bolsonaro, um jogo geopolítico pesado que precisa ser melhor explicitado. Nenhum golpe prosperaria no Brasil sem aval dos EUA.
    Por fim, Bolsonaro consolida, no Brasil, o modelo venezuelano de governo, assentado no controle do aparato repressivo estatal e paraestatal.
    Bolsonaro não vai cair, vai se perpetuar no poder como o chavismo na Venezuela, o Brasil vai seguir a trajetória de radicalização do regime de exceção e de colapso econômico tal qual o país vizinho.

    1
    1
  2. BOLSONARO, A VENEZUELIZAÇÃO DO BRASIL E A NOVA GUERRA FRIA
    Bolsonaro está em vias de consolidar, no Brasil, o modelo venezuelano de governo, assentado no controle das forças armadas, polícias, milícias e…… assim como o regime venezuelano conta com apoio dos serviços de inteligência russos e chineses, Bolsonaro conta com o aparato da CIA, FBI e INTERPOL. Isto é, há um jogo geopolítico pesado por trás de tudo isso… estamos no centro da “Nova Guerra Fria”, que tende a durar décadas. O jogo de poder e interesses interno e externo, político e geopolítico, indica que Bolsonaro não vai cair, vai se perpetuar no poder como o chavismo na Venezuela. A outra semelhança é que o Brasil tende a seguir a mesma trajetória de radicalização do regime de exceção e de colapso econômico do país vizinho. Brasil não será para fracos nos próximos anos.

  3. Além dos policiais, pode haver o “gabinete” do Carlos operando sistema israelense de inteligência.
    Tudo é possível !!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome