STF aprova lista tríplice com nomes para ocupar vaga de ministro do TSE

Nomes mais votados são de Tarcísio Carvalho Neto, Carlos Horbach e Carlos Mário Velloso Filho, e serão submetidos à aprovação de Bolsonaro

Mandato e Tarcísio Vieira de Carvalho Neto acaba, mas ele pode ser reconduzido ao cargo. Foto: Justiça Eleitoral

Jornal GGN – Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) aprovaram nesta quinta-feira (9) a lista com os três nomes que compõem a lista dos mais votados para ocupar a vaga aberta pelo ministro Tarcísio Vieira de Carvalho Neto, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O magistrado encerrou seu primeiro biênio no Tribunal hoje.

Pela tradição, a expectativa é que Carvalho Neto seja reconduzido ao cargo para os próximos dois anos. A decisão está nas mãos do presidente Jair Bolsonaro, que também tem o poder de escolher ou não um dos três nomes votados para a listra tríplice produzida pelos membros do TSE.

Carvalho Neto foi conduzido pela primeira vez ao cargo pelo ex-presidente Michel Temer, substituindo o mandato da então-ministra Luciana Christina Guimarães Lóssio. Na época, na lista constavam também os nomes dos advogados Sérgio Silveira Banhos e Carlos Bastide Horbach.

Na votação para a formação da lista tríplice atual, Carvalho Neto e Carlos Horbach receberam 10 votos cada. O advogado Carlos Mário Velloso Filho, conhecido como Camário, recebeu 7 votos, completando a lista. Outro advogado, Fabrício Juliano Mendes Medeiros, teve quatro indicações e ficou de fora.

Bolsonaro irá escolher pela segunda o novo ocupante de uma vaga aberta no TSE. Em abril, ele nomeou o jurista Sérgio Silveira Banhos como ministro titular do Tribunal que é composto por sete ministros, sendo três integrantes do STF, dois integrantes do STJ e dois advogados indicados pelo presidente da República.

O nome de Banhos foi escolhido a partir de uma lista tríplice, composta também por Grace Mendonça, ex-advogada-Geral da União e Carlos Horbach.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome