STF diz que está “vigilante” e que ataques a Corte são “desprezo pela democracia”

A Suprema Corte "mantém-se vigilante contra qualquer forma de agressão à instituição", disse Luiz Fux, como presidente do STF

Foto: STF

Jornal GGN – Sem mencionar as declarações dos alvos da Operação sobre Fake News, nesta quarta-feira (27), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) interino, Luiz Fux, afirmou que ataques à Corte são um “desprezo pela democracia”.

A fala foi transmitida na abertura da sessão do STF de hoje. E alertou que a Suprema Corte “mantém-se vigilante contra qualquer forma de agressão à instituição”.

“Este Supremo Tribunal Federal, no exercício de seu nobre mister constitucional, trabalha para que, onde houver hostilidade, construa-se respeito; onde houver fragmentação, estabeleça-se diálogo; e onde houver antagonismo, estimulem-se cooperação e harmonia”, apontou o ministro.

“O espírito democrático requer diálogo para que todos possamos viver como iguais”, completou. O texto que foi lido por Fux também contou com a assinatura do presidente da Corte, Dias Toffoli, que está internado por problemas de saúde.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  STF analisa afastamento de Chico Rodrigues na quarta, enquanto senadores tentam retardar o caso

2 comentários

  1. Estamos ferrados…
    Quando o STF fala em democracia é por que o sistema de “amansar” pagadores de impostos sem revolta corre perigo!
    Eles deviam falar isso enquanto a Dilma governava…
    De forma alguma é a democracia da igualdade entre pobres e ricos!
    No direito iguais entre brancos e negros!
    Milhares, milhões ficarão a beira do caminho!
    Vivemos na terra dos dois pesos e duas medidas!
    Praticado sem reservas por instituições de todos os níveis!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome